PSD | Cristóvão Norte toma posse e adverte

0
48
PSD-Comissão-Politica-Distrital

Com a tónica colocada nas questão “magna” da saúde, Cristóvão Norte arrancou para um segundo mandato, no passado domingo, como Presidente eleito da Comissão Política Distrital. Um mandato que pode bem ser o último se, como o próprio advertiu, não houver desenvolvimentos claros em relação ao Hospital Central do Algarve. “Estamos na política para realizar coisas. Se não as conseguirmos, temos de reflectir. Eu estou aqui para fazer e se não conseguir, vai ser tempo de outros tentarem. Sem o avanço do novo hospital darei o lugar a outros”, justificou o social-democrata.

Perante a surpresa de 150 pessoas, presentes numa iniciativa que serviu também para assinalar os 50 anos do partido, Norte fez notar que “quem diz as coisas, paga muitas vezes caro. Eu já paguei e não me arrependo. Pelo Algarve, por Portugal, para o defender, pagaremos o preço que for preciso”.

E a responsabilidade fica agora ainda maior, por termos um Governo AD:  “por termos ganho as eleições os problemas não desapareceram, continuam a ser muito graves. Nós é que temos de vencer os problemas, não é fazer de conta que deixaram de existir, como fez o PS”, explicou.

Analisando a actual situação política do País, o Presidente do PSD Algarve, também deputado à Assembleia da República, referiu que “Portugal está capturado por um PS que quer voltar ao Governo já amanhã e por um CHEGA que vota com o PS, pois sonha em substituir o PSD e para isso alia-se a quem tiver de ser, só para lançar o caos no sistema. É absurdo que na Assembleia da República o partido que tenha mais dificuldades em ver uma proposta aprovada seja precisamente o que venceu as eleições. Não é isto que os cidadãos querem; na democracia respeita-se o resultado.”

Num jantar animado, com a presença de representantes de todas as concelhias, também interveio Mendes Bota, eleito Presidente da Assembleia de Militantes. O histórico louletano levantou a plateia várias vezes, bem como Mateus de Brito, histórico fundador do PSD Algarve, a quem a assistência dedicou longo e sentido aplauso.

Atenção teve também Alexandra Gonçalves, candidata algarvia às Eleições Europeias, que na sua intervenção deixou compromissos e esperança numa Europa mais justa, mais forte, mais unida e integradora.

Usaram ainda da palavra Bruno Sousa Costa, vereador da câmara municipal de São Brás de Alportel e Rui Silva, presidente da comissão política local, que reafirmaram as bases do projecto do PSD para aquele concelho, que há 23 anos está nas mãos dos socialistas.

PSD Algarve