APENO premeia melhores Enoturismos Nacionais

0
66
Prémio-Nacional-Enoturismo

A noite foi emocionante, com entrega de prémios, magia e música. A gala da terceira edição do Prémio Nacional de Enoturismo APENO / Ageas Seguros 2024, considerado o evento de referência do setor, decorreu no dia 24 de Maio, em Santarém, na Quinta dos Anjos. O evento distinguiu as melhores empresas, práticas e projetos enoturísticos em Portugal  num formato criativo, divertido e elegante.    
 
Tal como tem vindo a acontecer desde a primeira edição, a Associação Portuguesa de Enoturismo (APENO)  organizou o Prémio Nacional do Enoturismo num formato diferenciador, onde as tradições locais sempre se evidenciam numa noite elegante e animada. Este ano, o evento realizou-se em Santarém, e contou com uma prova de vinhos da região Tejo, uma mostra de produtos regionais e também uma apresentação de fandango.

Após a homenagem às tradições locais, a cerimónia de prémios teve início e foi decorrendo ao longo da noite, apresentada pelo reconhecido mágico Mário Daniel, que surpreendeu o público com os seus truques de ilusão. Os vencedores dos prémios das 15 categorias foram:  Melhor Enoturismo de Portugal (Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo); Melhor Enoturismo Urbano (WOW); Melhor Profissional (Ana Vieira Soares); Melhor Estadia (Ventozelo Hotel & Quinta); Melhor Restaurante (Sal na Adega); Melhor Chef de Cozinha (Diogo Rocha); Melhor Sommelier (Ivo Peralta); Melhor Sala de Provas (Torre de Palma); Melhor Empresa Turística (ABREU VIAGENS); Melhor Projeto Inclusivo (Herdade do Rocim); Melhor Projeto Sustentável (Herdade da Malhadinha Nova); Melhor Loja (Garrafeira Nacional); Melhor Arte e Cultura (Bacalhôa); Melhor Inovação e Tecnologia (Casa Museu Interativa de Borba); e Melhor Hospitalidade (Herdade do Sobroso).

Além destas 15 categorias, a APENO entregou também 4 Prémios de “Mérito e Incentivo”, de forma a homenagear o esforço e as boas práticas das empresas ou personalidades que se tenham evidenciado pelo seu trabalho no setor. Os vencedores foram: Alexandra Maçanita, da FitaPreta;   Judith Martín, da Azores Wine Company; Miguel Leal, da ML Private Tours; e Vera Magalhães, da João Portugal Ramos.
Do painel de mais de 250 jurados fizeram parte reconhecidos jornalistas do vinho e do turismo, entidades oficiais do vinho e do turismo, chefs de Cozinha e sommeliers, e até mesmo os associados da APENO (organismos oficiais votaram em diferentes regiões da sua, e profissionais do setor e associados em pessoas e projetos alheios). 

«O Prémio Nacional de Enoturismo é o evento por excelência do setor e estamos muito orgulhosos por todos os anos conseguir surpreender. Além da entrega de prémios – e este ano houve novidades e boas surpresas que só revelam que temos muitos enoturismos de excelência – tivemos dança, magia e música a abrilhantar o evento», afirmou a Presidente da APENO, Maria João de Almeida. «Estamos igualmente orgulhosos de, em apenas quatro anos de existência, e na terceira edição dos prémios, termos conseguido a forte adesão dos nossos associados a esta festa, assim como das Entidades Regionais de Turismo, das Comissões Vitivinícolas, do Instituto da Vinha e do Vinho, da ViniPortugal, e dos Secretários de Estado do Turismo e da Agricultura, o que revela bem o trabalho sério que estamos a fazer, a visibilidade que estamos a ter e o caminho que queremos continuar a trilhar. Parabéns a todos os premiados que todos os dias trabalham para mostrar o melhor do Enoturismo nacional», remata.  

A noite, longa e animada, terminou com os convidados a dançar animadamente ao som do DJ RICCA.  «Foi uma noite memorável que Santarém nunca mais vai esquecer e que, seguramente, se realizará também noutras regiões do país. A ideia é descentralizar e fazer a gala perto de todos os que estiverem disponíveis para nos receber e apoiar», frisa ainda a Presidente da APENO.

Tendo a AGEAS Seguros como Main Sponsor do evento desde a primeira edição, o evento contou ainda com o apoio da ERT Alentejo e Ribatejo, a Câmara Municipal de Santarém, as Cidades do Vinho e AMPV, o Grupo Amorim, além de outras empresas envolvidas das mais diversas formas, como a Quinta dos Anjos, a Schott Zwiesel; Alug’Aqui, Gifts 4 Wine, GRACAL, Âncora Gold, MCoutinho, ORIGIN, Biosphere, Abreu Advogados, CVR Tejo, Yon Wine e LETRATEC. A gala de prémios contou ainda com o apoio institucional do Instituto do Vinho e da Vinha – IVV e da Revista EXAME como Media Partner. 

«O Enoturismo está a ganhar uma maior robustez no Ribatejo, com novos projetos e uma dinâmica que se sente nas adegas e produtores, aliada à grande qualidade de vinhos do Tejo. Foi também por isso que, desde a primeira hora, instámos a APENO a trazer a edição de 2024 do Prémio Nacional de Enoturismo para o Ribatejo, que este ano é também a Cidade do Vinho no nosso país, e foi um sucesso», diz José Santos, Presidente da ERT do Alentejo e Ribatejo.

Já para a Ageas Seguros, nas palavras de Hugo Julião, o Responsável de Marketing Canal e Digital do Grupo Ageas Portugal, «é, de facto, relevante para a Ageas Seguros fazer parte deste projeto desde a primeira hora. Apoiar o que de melhor se faz no Enoturismo em Portugal é uma honra para nós, aliado ao facto de estarmos a contribuir para que seja um setor protegido, seguro e inclusivo».

APENO