Escola Básica de Aver-o-mar vence prémio da ‘Fundação Galp’ e ganha €20.000 em painéis solares

0
950
Prémio-Fundação-GALP
  • Júri distingue a escola do distrito de Póvoa de Varzim que apresentou o projeto de sustentabilidade e eficiência energética “Apolo Up”.
  • Escolas de Aveiro, Faro e Setúbal vencem nos respetivos ciclos de ensino e são premiadas com cheque de ensino de €2.000 para continuar a jornada de sustentabilidade.
  • IV edição do Prémio Energy Up, competição nacional promovida pela Fundação Galp, apurou 81 candidaturas de escolas de Portugal continental e ilhas.

A Escola Básica de Aver-o-mar é a grande vencedora da quarta edição do Prémio Energy Up, o concurso nacional organizado pela Fundação Galp que desafia as escolas portuguesas a apresentar projetos e ideias que contribuam para a jornada da transição energética.

A escola do distrito de Póvoa de Varzim distinguiu-se entre as 81 candidaturas recebidas de todo o país com o projeto “Apolo Up”, que cruza múltiplas iniciativas pautadas pela sustentabilidade e inovação tecnológica. O objetivo do projeto consiste na criação de uma estação meteorológica ampliada, agora enriquecida com um sismógrafo, que eleva a capacidade de monitorização e resposta a condições ambientais e sismológicas.

Alunos e professores da escola receberam como prémio uma instalação de painéis fotovoltaicos Galp no valor de €20.000. A cerimónia de entrega de prémios decorreu no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, perante dezenas de crianças e jovens de todos os ciclos de ensino, representando as escolas finalistas dos distritos de Aveiro, Braga, Coimbra, Faro, Leiria, Portalegre, Porto, Setúbal e Viseu.

“Para nós, Galp e Fundação Galp, que trabalhamos com a convicção profunda de que a educação é uma das ferramentas mais poderosas para acelerar a transição energética, é muito gratificante assistir à concretização dos projetos que idealizamos e dos desafios que lançamos às comunidades”, referiu Ana Silveira, Diretora de Relações Externas, Comunicação e Impacto Social da Galp, momentos antes de ser conhecido o grande vencedor.

Além do Grande Prémio, o Prémio Energy Up atribuiu prémios para os melhores projetos por nível de escolaridade (1.º CEB; 2.º/3.º CEB; Ensino Secundário/Profissional) no valor de €2.000 para o 1.º lugar e de €1.000 para o 2.º e 3.º lugar. Estes prémios destinam-se a incentivar as escolas a prolongarem o seu investimento em prol da jornada de sustentabilidade e transição energética.

A Escola Básica da Conceição, Faro, venceu no primeiro ciclo com o projeto “200h de SOL”, onde construiu uma “Aldeia Solar” que despertou nos alunos a consciência para reduzir o consumo de eletricidade e de água e tornar assim a escola mais sustentável.

No segundo e terceiro ciclo, a Escola Básica Bernardim Ribeiro, Alcácer do Sal (Setúbal), venceu com o projeto “Agricultura de Precisão, Energia Limpa e Mobilidade Sustentável”, que visa melhorar a eficiência energética do seu espaço.

Finalmente, no ensino Secundário e Profissional, o vencedor foi a Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Aveiro, com o projeto “School Assistant”, onde otimizou o uso de energia através de estratégias como a programação de horários de funcionamento de dispositivos e a deteção automática de presença para acionar a iluminação, reduzindo assim o impacto e os custos energéticos.

Esta quarta edição apurou mais de 80 candidaturas provenientes de todo o país – um aumento face às 65 da edição anterior –, que foram avaliadas por um painel de jurados composto por representantes dos parceiros institucionais do prémio: ADENE (Agência para a Energia); APA (Agência Portuguesa do Ambiente); DGE (Direção-Geral de Educação); DGEG (Direção-Geral de Energia e Geologia); e também em representação da sociedade civil, dos media e das comunidades, a Quercus e o Observador, para além da própria Fundação Galp.

O Prémio Energy Up é uma das bandeiras do Projeto Educativo Future Up, através do qual a Fundação Galp mobiliza professores e alunos para uma transição energética justa, solidária e inclusiva. Desde 2010, o Future Up já beneficiou 2,2 milhões de estudantes e professores de norte a sul do País, continente e ilhas e mais de 21 mil escolas. Ao longo destes anos foram lecionadas mais de 5 mil aulas Energy Up envolvendo mais de 755 voluntários Galp.

No Biénio 2022/2024, o projeto educativo Future Up é cofinanciado no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia, um instrumento de apoio e desenvolvimento de projetos de eficiência energética aprovado pela ERSE. 

Eis os vencedores desta edição:

Grande Prémio: Escola Básica de Aver-o-mar, Póvoa de Varzim

1.º Ciclo Ensino Básico:

  • 1.º lugar – Escola Básica da Conceição, Faro
  • 2.º lugar – Jardim-Escola João de Deus de Ponte de Sor, Portalegre
  • 3.º lugar – Escola Básica do 1.º Ciclo n.º 3 de Sines, Setúbal

2.º e 3.º Ciclo Ensino Básico:

  • 1.º lugar – Escola Básica Bernardim Ribeiro, Alcácer do Sal (Setúbal)
  • 2.º lugar – Escola Básica Rainha Santa Isabel, Coimbra
  • 3.º lugar – Escola Básica Virgínia Moura, Guimarães (Braga)

Ensino Secundário e Profissional:

  • 1.º lugar – Escola Secundária de Oliveira do Bairro, Aveiro
  • 2.º lugar – Escola Secundária de Tondela, Viseu
  • 3.º lugar – Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Cister (EPADRC), Alcobaça (Leiria)

MPR