Entre prazeres e infelicidades...

Contos de Vidas
Tools
Typography


Este meu ultimo fim-de-semana ofereceu-me uma visita a S. Barnabé... de cogumelos quase nada vi, mas vos garanto que perdidos por aquele mato alentejano adentro eu senti-me puramente em espírito de aventura... e já faminta acabei por comer uma chouriça assada na brasa, coisa que já não tragava há mais de duas décadas.

Sinto que me estou deixando "corromper" por prazeres mais caseiros... será efeito da CRISE - DA - MEIA - IDADE?!

No feriado seguinte... aquele comemorativo duma revolta que eu ainda não estava lá... a minha vizinha Ludwiga já dá muito revoltada espetou finalmente uma faca  na barriga de seu namorado.

E de minha janela assisti ao vivo ao resultado arrepiante de mais um caso de violência doméstica.

O namorado português da Ludwiga foi socorrido logo ali por GNR + 112 + INEM e toda a assistência de vizinhos e não só... curiosos se interrogando uns aos outros como se fossemos todos actores dum C.S.I.

A Ludwiga foi algemada e transportada fora daqui...

Resumindo:
- A violência doméstica existe por todo o lado, umas vezes visível outras muito bem disfarçada!

- E não adianta rezar ou ir de joelhos a Fátima pra que ela acabe!!
- O ideal seria ajudar as vítimas no momento certo... antes que acontecesse o pior!!!

Mas como...? Nosso Mundo é composto humanamente de prazeres e infelicidades.


Filó

{sharethis}

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS