Praias e Agosto a Gosto

Tempo de Crónicas
Tools
Typography

Vindo Agosto o verão aproxima-se do meio com praias dos dois lados do Oceano repletas. Toldos e chapéus de aba larga ajudam a compor cenário no areal que por vezes se torna pequeno para multidões. No Algarve há possibilidades de assim acontecer diariamente, enquanto por cá o tempo não é tão seguro para que assim aconteça, pode chover e planos de ida à praia são adiados.

De uma ou outra maneira, para quem gosta de estar na praia na época alta no nosso hemisfério norte, deve aumentar cuidados no que toca aos ultravioletas emanados do astro-rei. O Sol da vida, o mesmo que queima. Reportagem recente daqui, disseram que ao que parece a maioria das pessoas não reparam a prazos de utilização dos produtos de proteção solar. Prazo acabado o efeito não será o esperado, e com consequências menos boas para o corpo.

Por corpo, esta semana no último dia do mês que passou fui à rotina médica que se repete em cada 6, 7, ou mais meses, conforme o médico julga necessário examinar o meu estado de saúde. Continua a dizer-me que tudo vai pelo melhor. Sinto-me afortunado por isso, e acrescento que o Diabo continue surdo e mudo quanto ao meu estado de saúde.

Voltando às praias, por aqui não são como as algarvias. As daqui falta-lhes areias de puro dourado, e riscam-se muito a inconvenientes derivado a bactérias, mas são praias e naturalmente que têm o seu valor. O escorrer das águas em infinitas distâncias de espuma, é mais uma particularidade que gostamos imenso de ver nas praias do Algarve, destino de escolha.

Hoje lembro quando era emigrante em França e passava as grandes férias de Agosto no Algarve, Terra onde nasci e fui crescendo. Era caso especial porque praticamente levava a maior parte do ano sem ver o mar de perto ou de longe. Embora criado no campo, também estive sempre um tanto familiarizado com as águas e paisagem marítima.

Mas voltemos a este Agosto de 2018, e a contar pelos calendários de eventos dos nossos lados do Atlântico, da animação deste mês além das praias, terá muita música. Do vocal aos teclados, botões, cordas, sopro e cantorias vão-se ouvir ao ar livre na rua, menos ou mais a gosto a satisfazer mentes de passeantes do público, de dia, mais à noite.

Como aí vem já o fim de semana, e por sinal o primeiro deste mês de Agosto, aqui vão votos para que em qualquer lugar e conforme as circunstâncias desde o sossego ao divertimento, seja bem passado.

Ireneu Vidal da Fonseca, Massachusetts E.U.A.PraiasAgosto

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS