Natal - Dezembro / Mês Único Todos os Anos

Tempo de Crónicas
Tools
Typography

Levados pelo ambiente festivo desta época, e como sendo o último do ano podemos considerar Dezembro como mês único. Certo que todos os meses têm as suas particularidades que lhes são atribuidas, sei lá, em termos de meteorologia ou de cultura a englobar artes, ou a recordar acontecimentos históricos, tanta coisa para enumerar para relatar em cada mês que compõem um ano.

Ainda assim Dezembro, o extraordinário o maior de todos. Tem a seu favor a ambiência natalícia a engrandecer estando por todo o lado, e mais ainda è a transição para Novo Ano que nos introduz na mente raiar de esperanças do sempre para melhor. Condão dos humanos que diferencia-se nas suas escolhas, bastante e naturalmente conforme as idades, as circunstâncias.

No mundo da emigração por vezes è preferível sair do habitual quanto a ir ao lugar que nos viu crescer. Andei muitos anos a pensar que teriamos de passar as grandes festas de fim e princípio de ano em Portugal, uma vez que haviam décadas que não o faziamos. Lá fomos e daí recordo que o Natal de 2017, e a passagem para este ano, foi esplendor por terras algarvias. Dos presépios, a engenhosiodade e brancura do de Castro Marim e a grandeza do de Vila Real de Santo António, ajudaram-me a ficar mais ciente das habilidades que existem nesses lugares ao sul a celebrarem o Natal.

Na cidade de Faro, quaze um ano depois fica bem lembrar essa noite da consoada partilhada com sabores próprios do Natal com boa disposição entre os convivas, graças à gentileza da Senhora Cristina. Em pleno dia de Natal ajuntamento famíliar foi dever cumprido. Sem dúvida Natal a não esquecer o do ano passado.

Dezembro mês único, de feição mais uma vez com todo o seu prisma natalício. Favorito para os eventos desta quadra tão dedicada às crianças. Das ornamentações desta época na rua pus dois veados metálicos rodeados de mini-lampadas. Nas portas de entrada os tradicionais enfeites de forma circular com laço vermelho. A Dona da casa decorou a sala com variedade ornamental. Bonito ver nesta altura ano após ano. Não pusemos grande árvore de Natal de estrela no topo, pensei que nestes campos há muitas aqui ao lado.

Características exemplares desta época de Cristandade em Dezembro, é bom lembrar nesta crónica. Consolar desafortunados da sorte, agasalha-los dar-lhes afeto. É tempo de mais solidariedade. Natal embala-nos com suas músicas. Alegres, emocionantes, e sentimentais pondo pessoas a sentirem-se mais perto.

Este mês único do ano, com tudo a encher de gente, vão comprando ofertas para oferecer em nome do Pai Natal. Papel e telefone regular até há anos eram os meios utilizados para muitas saudações desta altura e não só. Hoje e daqui pouco olha-se, ve-se cada vez mais dedinhos atarefados pelas dispositivos ligadas à net - a entrar - dentro ou fora de paredes - seja por onde estejam comunicam desejando Merry Christmas. Boas Festas!

Ireneu Vidal da Fonseca, Massachusetts E.U.A.BoasFestas

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS