Tempo de Crónicas | Trabalhos, do Espaço e Ambientes

Tempo de Crónicas
Tools
Typography

Tens muita sorte estares a trabalhar, é o que se diz frequentemente no meio desta crise que afeta o mundo, neste dito mármore azul visto lá do espaço que é o nosso planeta. Um paraiso em referência à vida nele existente porque as condições climáticas assim permitem.

Até ver não consta que haja vida em mais algum lugar da infinidade espacial. Recentemente como sabemos nos solos marcianos aterraram máquinas enviadas por nós terrestres muito na mira se há possibilidades, ambiente para viver no planeta vermelho.

Parece-me que a mais interessante missão é a da NASA, que tem como grande objetivo trazer rochas, matéria marciana para Terra. Da Lua já temos pedaços recolhidos por missões Apollo no século passado e expostos em vários lugares. Tive oportunidade de ver há anos no Museu e Livraria J.F.K. em Boston, e que técnicos deram-se ao trabalho de expor em vitrine. Se cá chegarem pedaços de Marte, quererêi ve-los mas pelos vistos terei de esperar até 2030.

A minha curiosidade do pelo além do nosso planeta vem da infância, usufruia de enorme vantagem do ambiente e limpeza dos céus do Algarve.Perguntava-me como é possível este firmamento circundante - está-me a lembrar do escritor Graham Lawton numa das suas introduções - eu tinha por hábito fixar olhares para o Sol e a Lua à noite, ambos eclipsados a valer quase tapam-se são do mesmo tamanho à nossa vista. Segundo a astronomia o Sol tem diâmetro quase 400 vezes maior que a Lua, mas encontra-se 400 vezes distante dela.

Destas coisas do espaço vindas lá de cima muitas pessoas lembram da trabalheira que houve nos meios de comunicação acerca dos extraterrestres, pareciam querer invadir a Terra em anos 50 e 60. Os objetos voadores de formas cilíndricas, rectangulares, enfim, teria sido bagunça nas news dessa altura. Acho que foi produto de imaginações e visão - de vez em quando vão falando de OVNIS.

Todavia nesta correia de agoras que é o tempo vivemos numa época extraordinária, com as ciências históricas diria bem a descoberto de mais saber do que nunca, nas quais estão geologia, biologia evolucionária, e cosmologia. Enquanto trabalhos de arqueologia poem achados a descoberto. Entre utensílios usam pinceis para limpezas, e com a história a rimar para tudo ficar melhor comprendido

Hoje a toda a hora para beneficiar o planeta aonde colocamos arraiais, trabalha-se em alternativas para menos poluir, reduzir, mudar hábitos de consumo, aí a coisa é outra. Muitos de nós habituados a um certo padrão de consumo sei lá por vezes sem falta, pensamos em ajudar a economia para haver mais emprego, esperemos que haja mas na direção de novas maneiras a reduzir  a nossa pegada ambiental.

Ireneu Vidal da Fonseca, Massachusetts EUACronicaEspacoAmbiente

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS