Banner Alto Página

Depois de Voltar Lembramos

Tempo de Crónicas
Tools
Typography

Uma das primeiras regiões visitadas foi irmos a Monchique, estivemos pelo jardim municipal, e andar em ruas de grandes elevações e descidas tornou-se atraente numa Vila com os seus re-cantos, onde não faltam frondosas árvores e como que abraçada pela Serra.

Nesse dia logo de manhã  disse que gostaria de ir a Aljezur, à tarde começamos a pôr a ideia  de lado - a Telma, insistiu e là fomos para Aljezur. No caminho a dada altura encostamos para tirar fotografias a belas vistas da serra de Espinhaço de Cão. Chegados a Aljezur, o rumo foi para a praia da Arrifana, bem classificada, e do alto, ficámos maravilhados com essa paisagem do Oeste algarvio.

De outra vez fomos para o Leste do Algarve, e o objetivo principal a bonita ilha de Tavira, aí to-mar banho em limpidas àguas nunca mais esqueçe e faz bem lembrar. Num restaurante, o al- moço de espetada feito com mestria, e  não faltando verdura foi uma delicia.

A preencher esse dia, Vila Real de Santo António não estava na agenda, mas acabámos por là ir, e estar junto ao Guadiana rejuvenescia-nos, enquanto andar nas encruzadas ruas da cidade     via-se bastanta gente de várias nacionalidades. De regresso paragem como que obrigatória na praia de Monte Gordo, e lá surpreendeu-nos maré alterada, melhor foi não afastar-mos do areal firme.

Nesta estadia no Algarve, subir ao cimo da torre da Sé em Faro, estava prometido, e ver o espólio museològico, direi da mini-catredral foi interessante, assim como os seus espaços exteriores.Muito salutar acho a escultura Faro no Coracão, em frente à doca, numa noite houve momen- tos em que as luzes dos flash dasmáquinas  fotográficas frequentemente refletiam-se no vermelho e preto deste simbolo, tão aprazivel para deixar-mo-nos fotografar.

Desta vez também as esculturas de Areia em Pêra foram uma prioridade. Sem dúvida fantàstico evento,e quanto mais o tema deste ano Idolos, evidentemente um mundo de areia com tanta figura admirada e influentes ao longo dos tempos. Passeia-se , olha-se toda essa Arte acompanhados de sonoridade musical, suposto durar até 25 de Outubro.

Desta ida ao Algarve, como habitualmente houve convivio com gente amiga e familiares.Dias antes de vimos a Adilia e o Álvaro levaram-me com a Maria a saborear uma boa sardinhada que   ficou-nos inesquecivel. E do jantar na véspera da partida para os States, acrescento que a ementa esteve bem completa com o suplemento da vivacidade e simpatia da Gisela.

Por agora fica-nos as saudades, e mais a ideia de que nunca è demais recordar tudo o que de   bom tem o nosso Algarve.         
                         
Ireneu Vidal da Fonseca   
Massachusetts
U.S.A.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS