Banner Alto Página

Em Maio e não só

Tempo de Crónicas
Tools
Typography

A contar pelos outros anos, neste mês poderão haver dias com temperaturas a rondar 86 fahrenheit, equivalentes a 30 celsius. Vai-se desenvolvendo a luxuriante paisagem natural deste lado do Oceano. Penso que se Thomas Gainborough fosse vivo, e por cá viesse, seria tentado a pintar, e retratar belezas naturais e figuras, que poderiam passar em galerias, e expor-se em museus.

Nesta altura, com a natureza a mudar de tonalidade, a reflexão solar ajudada pela brisa nas águas dos rios, nos lagos, ou em mar, diferencia-se como que num visual de preciosidades, e que na expressão musical, leva-me a considerar como que solos de piano.

Direi, que Maio, também è daqueles meses com Data e Marca. O 1º de Maio. O mês de Maria. O Dia da Mãe, e como o conhecemos hoje, foi ideia da metodista Anna Jarvis, em 1907, em memória para com sua mãe. Nos Estados Unidos, celebra-se no segundo domingo de Maio.

Mas não só, o Dia da Mãe dá para muito negócio no mundo, com a compra de presentes. Parecido è o Dia do Pai, celebrado no terceiro domingo de Junho, na América. Consta que em 1910, Sonora Louise, homenageou seu pai pelo reconhecimento do seu trabalho após ter enviuvado, criou-a, e toda a irmandade sozinho. Daí, mais de meio século depois, em 1972, o Dia do Pai foi oficializado.

Por agora, com o continuar do mês de Maio, nos quintais há mais grelhadores, recomeçam as assadas na rua. E eu que não o diga, com descendentes a gostarem das assadas feitas pelo papa, que não se cansa de falar-lhes do Algarve. A Terra das origens.

O clima de cá, com as temperaturas ideais que estão a vir para a jardinagem, vai entusiasmando muita gente nos seus arranjos. E o corte dos relvados, para não ir a matagal, faz-se mais amiúde nesta faze de crescimento da relva.

Ireneu Vidal da Fonseca 
Massachusetts
U.S.A.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS