Banner Alto Página

Crónica: Ano 2017, novas esperanças!

Tempo de Crónicas
Tools
Typography

Logo pela manhã, os fãs do primeiro mergulho do ano, corriam com entusiasmo para a água, sabe-se lá quanto fria estava pelo menos aqui pela Nova England, com gente aguentando nessa magnífica proeza de ano novo mesmo de segundos que fosse. Dizem que refresca as ideias.

Com mais um ano, lá iremos acreditando que amanhã será melhor que no passado. Tudo está no horizonte, é aquele raiar de esperanças que nos faz viver - new year-new smile, crenças nos sonhos que se podem transformar em feitos, como que no saltitar da vida, nem só nos mais novos.

Já agora, a prosseguir a crónica, sabem aquela do estudante C, que não deve esquecer que do que sabe, é semente que na continuidade vai crescendo. Do escuro exteriorizando para a brancura, neste ano de 2017, acreditando positivamente.

Haja fé, e da fé que lhes falo não é a religiosa, porque isso é outra coisa - não se pense que tudo vai ser um mar de rosas, quando se melhoram hábitos, e transforman-se atitudes. Ter fé, também pode ser a da defesa para aturar a falta de compreensão. Os mais pessimistas dizem que o mundo está cheio de gente negativa.

Novas esperanças, também estão no sossego de vivência de muitos(as) com suas leituras a desenvolver a imaginação - ou do gosto para ouvir músicas a pôr-nos bem, desenvolvendo os afetos.

Vamos contando que o 2017, será como os outros anos, com momentos menos bons, que poderão surgir. Segundo analistas, até podem ser degraus para sucesso encarando as coisas com inteligência. Ao mesmo tempo, não esquecendo que o espírito humano não tem idade, assim podemos andar mais confiantes com o futuro.

Ireneu Vidal da Fonseca

Massachusetts E.U.A.

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS