Saudades, prevenção e alegrias de verão

Tempo de Crónicas
Tools
Typography

No mundo da emigração portuguesa, como sabemos é no Verão que muita gente vai à Terra que os viu crescer. Aliviam-se saudades à muita alegria, e o Algarve não é exceção com muitos dos seus emigrantes que estão pelos mais diversos países.

Aproveitam o tempo de férias de verão, para não só ver a família, mas conterrãneos, verem-se ao vivo, confraternizarem.

Indo até ao Algarve, não podemos esquecer, ter em consideração que pelos mais variados lugares do Barlavento, e Sotavento algarvios, o nosso bom clima poderá diferenciar-se. As aragens costeiras não são as do campo, ou da Serra. Por vezes podemos ser surpreendidos, mesmo de verão é conveniente andar prevenidos com suplemento de agasalho, para nalgum momento até poderá ser útil para manter a boa disposição.

Ainda do mês de Setembro do ano passado continua-me bem gravado na memória, a falta de prevenção ter cuidados na praia, muito tempo exposto aos ultravioletas e sem usar protetor. Das queimaduras na pele, os seus efeitos desconfortantes demoraram semanas a passar.

Mas é como tudo, em princípio os climas, os lugares, não têm culpa dos seus visitantes não se prevenirem, evitarem as exposicões prolongadas ao muito calor, ou agarrarem frieza. O certo é que essas magníficas terras do Sul de Portugal, são sempre muito atrativas para permanecer. Já se sabe que entretenimento também à bastante, mesmo sem ser na chamada época alta, tanto faz - do meu lado, as saudadezínhas pela terra das origens penso alivia-las lá mais tarde em tempo de menos balbúrdia como se costuma dizer.

Em qualquer altura e muito aqui para a crónica, são os comtemplares do pôr do Sol, ou olhar-mos as belas madrugadas com a sua luz de verão, fazem-nos bem ao corpo e à alma. E quanto mais para quem está no estrangeiro, alegrias, sentimentos de quem lhes dera ficar podem vir à tona, irão contribuir para mais saudades futuramente e com vontades para voltar.

Ireneu Vidal da Fonseca, Massachusetts E.U.A.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS