Ciclismo | Sousinha é “Rei dos Trepadores” em Loulé

Desporto
Typography

Diogo Sousinha venceu de forma brilhante a classificação da montanha na "Volta ao Concelho de Loulé" disputada este fim-de-semana nesta região algarvia.

Na etapa inaugural, o júnior da Academia Joaquim Agostinho / UDO saiu vitorioso dum intenso sprint para a primeira meta da prova e amealhou 4 pontos que o lançaram para uma acesa disputa pela classificação na categoria com António Morgado da equipa Bairrada. Entre os 155 ciclistas em representação de 16 equipas portuguesas e 8 espanholas que se apresentaram à partida para esta 1ª etapa, destaque para a epopeia vivida no final por Mário Hipólito. O atleta da equipa de Torres Vedras cruzou a linha final com 32 minutos de atraso, depois de uma irremediável avaria mecânica o obrigar a percorrer os dois últimos quilómetros descalço e com a bicicleta ao ombro. O longo e caloroso aplauso que recebeu durante este percurso foi o prémio mais do que merecido pelo ato de resiliência e no final referiu que foram os quilómetros mais "brutais" da sua vida, adiantando ainda que "sentir este apoio do público é algo que não consigo descrever. Esta foi a maior prova que podia ter dado por amor à modalidade."

A 2ª etapa desta volta ao mais extenso e populoso concelho do Algarve voltou a ter Diogo Sousinha como grande protagonista. Após um início de etapa bastante movimentado, o ciclista Nazareno conseguiu sair numa fuga com 8 elementos, para depois se destacar e cruzar isolado a contagem de montanha de 1ª categoria no Alto da Picota. Manteve-se a solo na frente da corrida até cerca do quilómetro 60, conquistando ainda as metas instaladas em Freixo do Seco e Querença, que lhe garantiram a consagração como "rei dos trepadores" da carismática prova algarvia.

Apesar de se ver envolvido numa queda nesta última etapa, que o atrasou e afastou de posições mais cimeiras, Diogo Pinto foi o atleta mais regular da equipa torriense em toda a competição, alcançando a 25ª posição. Diogo Dias em 28º, Daniel Jorge (35º), Diogo Sousinha (55º) e Gonçalo Santo (95º), ajudaram a Academia torriense a posicionar-se como a 5ª melhor equipa em prova.

UDOCiclismoEquipaTorriense CiclismoGoncaloFino CiclismoMarioHipolito

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS