GNR: Operação FRONTEX - GNR deteta migrantes na Ilha de Samos

Internacionais
Typography

No âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteira e Guarda Costeira (FRONTEX), a Guarda Nacional Republicana (GNR), através da Unidade de Controlo Costeiro (UCC), no dia 13 de junho, detetou uma embarcação com 58 migrantes, junto ao cabo Prasso, na ilha de Samos – Grécia.

Durante uma ação de vigilância, os militares da GNR que constituem a equipa Termal Vision Vehicle (TVV), detetaram a existência de uma embarcação suspeita no mar, proveniente da Turquia em direção ao Cabo Prasso. De imediato, os militares entraram em contacto com as autoridades Helénicas, que operavam embarcações naquela área, com o intuito de verificar o tipo de embarcação em causa. Foi possível verificar que se tratava de uma embarcação de borracha, transportando 58 pessoas, de diferentes nacionalidades, tendo as mesmas sido resgatados.

A deteção dos migrantes foi possível através de uma câmara térmica de formação de imagens em tempo real, equipamento que oferece capacidades de observação em condições de ausência total de luz e de visibilidade degradada.

Esta operação europeia visa prevenir, detetar e reprimir casos de imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes fronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas no mar através de missões de busca e salvamento, onde a Guarda tem uma força destacada desde o mês de abril.

Fonte: GNR-DCRPGNRUCCFrontex

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS