"Eurocidade do Guadiana" Pronta para a Livre Circulação entre Portugal e Espanha

Internacionais
Typography

A partir de 1 de julho, com a abertura da fronteira entre Espanha e Portugal, os residentes e visitantes da Eurocidade do Guadiana poderão retomar suas atividades transfronteiriças, respeitando as medidas de segurança e o distanciamento social.

Desde que a fronteira entre os dois países que compõem a Eurocidade do Guadiana foi encerrada em 16 de março, os moradores dos municípios que a compõem, Ayamonte no lado espanhol e Castro Marim e Vila Real de Santo António no lado português, viram reduzido o território em que tradicionalmente exercem suas atividades sociais, comerciais ou de lazer. Além do forte impacto sobre a economia, devido ao fato de que o comércio e os serviços dessas localidades serem principalmente nutridos pela transferência entre municípios, a vida social e familiar dos seus habitantes também teve um impasse sem precedentes nos últimos 120 anos.

Para comemorar a abertura das fronteiras, a presidente da Eurocidade do Guadiana e presidente do município de Ayamonte, Natalia Santos, juntamente com os presidentes das Câmaras de Castro Marim e Vila Real de Santo António, Francisco Amaral e Conceição Cabrita, irão reunir-se no Posto de Turismo da Ponte Internacional de Guadiana às 12:00 horas (hora portuguesa), num acto organizado pela AMAL, a Comunidade Intermunicipal do Algarve.

"Portugal é muito importante para nós em todos os sentidos, especialmente para a economia. Ayamonte é um município fronteiriço que tem como principal fonte de rendimento o comércio e o turismo, portanto, a abertura da fronteira é essencial para a economia local, no entanto, não podemos esquecer de manter todas as precauções e medidas de segurança para continuar lutando contra a pandemia ", disse Natália Santos.

Luis Romão, diretor da Eurocidade do Guadiana, acrescentou: "Para os portugueses, a abertura da fronteira é basicamente um retorno à normalidade. Além da parte económica, a convivência com Espanha faz parte da nossa cultura, das nossas tradições e da nossa identidade, sentimos falta dos cheiros, sons e sabores da Espanha".

A fronteira terrestre da Eurocidade do Guadiana será aberta amanhã, dia 1 de julho, embora o transporte fluvial entre os municípios de Ayamonte e Vila Real de Santo António ainda irá continuar interrompido devido a atrasos administrativos causados pela crise sanitária e espera-se que seja retomado nos próximos dias.

YMC AyamontePonteGuadianaEurocidadeEurocidadeGuadiana

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS