A Fundación Tres Culturas celebra o Dia da Europa conectando Espanha e Portugal

Internacionais
Typography

A Fundación Tres Culturas celebra o Dia da Europa conectando Espanha e Portugal através da criação de uma rota turística pelo Alentejo. A empresária espanhola Mar Villalba percorre em carro elétrico uma parte do Alentejo que inclui visitar uma seleção de empresárias portuguesas de 10 a 14 de maio de 2021.

Completam-se 71 anos desde que, em 9 de maio de 1950, Robert Schuman, Ministro francês dos Negócios Estrangeiros, anunciou o projeto de integração da União Europeia. A Fundación Tres Culturas do Mediterrâneo junta-se a este importante projeto de união e paz na Europa através de uma cooperação mais estreita entre países vizinhos como Espanha e Portugal.

No âmbito do projeto INTREPIDA plus, do qual a Fundação é coordenadora juntamente com os restantes sócios desta parceria, e com o apoio do programa Interreg POCTEP Espanha-Portugal, arranca uma atividade que conjuga empreendedorismo e turismo intitulada de Conexão INTREPIDA.

A empresária espanhola Mar Villalba, responsável pela Associação Mi Ruta Responsable, inicia a 10 de maio de 2021 uma viagem emocionante que, saindo de Sevilha (Andaluzia), permitir-lhe-á descubrir vilas e cidades fascinantes do Alentejo como Pedro do Corral, Redondo, Campo Maior, Arraiolos, Elvas, Cabeço de Vide, Marvão e Évora.

Este itinerário servirá de base à construção de uma rota turística pelo Alentejo onde integrará aspetos relacionados com a cultura e património histórico, além de visitar uma seleção de empresárias que oferecem produtos e serviços com o denominador comum de qualidade, inovação, tradição e empreendedorismo feminino.

Sob o título de Conexão INTREPIDA enquadram-se as cooperações que surgem entre as empresárias de ambos os países, tais como este itinerário que surgiu graças aos espaços de networking do I fórum empresarial INTREPIDA plus realizado em Sevilha durante o mês de outubro de 2020. Neste encontro, uma seleção de até 80 empresárias de Espanha e Portugal tiveram a oportunidade de se encontrar durante dois dias para trabalhar em possíveis acordos, aprender mutuamente e encontrar inspiração para a sua carreira profissional e pessoal.

Mar Villalba, que já publicou um roteiro turístico em carro elétrico desde Cortegana (Andaluzia) até Alejezur (Algarve), dirige-se agora ao Alentejo com uma forma de deslocar-se mais respeitosa para com o meio ambiente e onde se encontrará com as seguintes empresárias portuguesas: Manuela Marques da Olaria Bulhão (cerâmica),  Eduarda Tavares da Courela de Zambujeiro (Vinho do porto e azeite), Maria do Céu da Na Sombra do Alentejo (turismo sustentável), Alpendre (restauração), Isabel Diogo da Sempre Noiva (Tapetes de Arraiolos), Joana García da Queijaria Monte da Vinha (queijos), Ana Isabel Pereira da Horta do Muro (alojamento turístico), Paula Carvalho da Discover Alentejo (turismo e cultura), Ana Paula Leitão da Água Mole (cosmética natural), Catarina Machado da Mercearia de Marvão (gastronomia), Teresa Rita Mila Barrocas de Moinho de Pisões (alimentação), Ana Rita Guerreiro de Alentejo Natural (alimentação), Isabel de Mello da Quinta da Espada (alojamento turístico) e Delfina Marques da Capote’s Emotion (moda).

Esta seleção de empresárias é uma amostra do enorme potencial que tem a região do Alentejo, que juntamente com as regiões do Algarve e da Andaluzia estão presentes no projeto INTREPIDA plus através de todas as empresas já aderentes a esta iniciativa de cooperação transfronteiriça. O projeto INTREPIDA plus é a segunda fase de uma iniciativa criada em 2017 e que visa promover uma maior internacionalização das empresas geridas por mulheres situadas na Eurorregião (Alentejo, Algarve, Andaluzia). O projeto desenvolve diferentes ações que incrementam a visibilidade das empresas geridas por mulheres através de um guia digital para empresárias, visitas a empresas, fóruns de trabalho, B2B e diversos encontros que aproximam empresárias e cidadãos por meio de encontros INTREPIDA, promovendo assim um consumo consciente e responsável.

Cabe destacar nesta atividade específica o trabalho dos sócios do projeto no Alentejo: NERE  (Núcleo Empresarial da Região de Évora) e NERPOR-EA Núcleo Empresarial da Região de Portalegre. Além desses sócios a Fundación Tres Culturas conta com a Diputación de Huelva, a Mancomunidad Condado de Huelva e o Município de Faro no Algarve. O projeto INTREPIDA plus conta com financiamento europeu do programa INTERREG V A Espanha-Portugal (POCTEP).

Mais informações sobre o projeto INTREPIDA plus www.tresculturas.org/intrepida

Fundação Três Culturas TresCulturasMariaCeuIsabelTresCulturasEduardaZambujeiroTresCulturasMarVillalba

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS