Semana Europeia da Programação 2017, celebra 5º aniversário

Internacionais
Typography

De 7 a 22 de outubro, crianças, jovens, adultos, pais, professores, empresários e responsáveis políticos reunir-se-ão uma vez mais em eventos, salas de aula e bibliotecas, em toda a Europa e no resto do mundo, para aprender a servir-se da programação informática enquanto instrumento de criação.

A Semana Europeia da Programação é uma iniciativa levada a cabo por voluntários que promovem a programação informática e o pensamento computacional nos seus países, na qualidade de «embaixadores» da Semana da Programação.

Desde 2013, a Semana Europeia da Programação organizou mais de 33 000 eventos, que tiveram lugar em mais de 50 países, dentro e fora da Europa. Na edição de 2016, participaram quase um milhão de pessoas, das quais 46% foram raparigas ou mulheres.

Esta iniciativa procura demonstrar como é possível dar vida a ideias e encontrar soluções através da programação informática. Ao mesmo tempo pretende dar visibilidade à programação e motivar as pessoas à sua aprendizagem.

Todos podem organizar eventos no âmbito da Semana Europeia da Programação e todos os organizadores – escolas, organizações sem fins lucrativos, empresas, bibliotecas, grupos de programadores, etc. – podem adicionar esses eventos ao mapa no website codeweek.eu, que funciona como um catálogo de iniciativas.

Bruno Ferreira, embaixador português da Semana Europeia da Programação, explica: “O pensamento computacional é uma competência crucial para os desafios atuais da sociedade e do mercado de trabalho. Se pensarmos que, segundo um estudo do Fórum Económico Mundial, 65% das crianças que hoje entram na escola terão profissões que ainda não existem, é fácil de antever preponderância destas competências no futuro”.

No âmbito desta iniciativa foi ainda lançada uma petição para o reconhecimento dos Algoritmos como Património Cultural Imaterial da UNESCO.

Semana Europeia da Programação — Programe o seu percurso!

Todos podem criar com a programação. As escolas, crianças, jovens, pais, professores, empresas e programadores podem consultar os nossos recursos e começar a organizar o seu próprio evento. Os eventos podes ser registados no mapa da Semana Europeia da Programação em http://codeweek.eu.

  • Crianças, jovens e adultos: podem participar nas várias atividades propostas ou organizar eventos destinados a mostrar de que forma a programação pode ser um instrumento de criação.
  • Programadores: podem organizar workshops em escolas, laboratórios tecnológicos (hacklabs) ou centros comunitários.
  • Professores: podem dar aulas de programação, partilhar os seus planos de aulas, organizar seminários para os colegas e convidar os pais e encarregados de educação, que saibam programar, a partilhar as suas experiências e a participar no desafio CodeWeek4All.
  • Pais: podem incentivar os filhos a participar em workshops de programação.
  • Empresase organizações sem fins lucrativos: podem acolher workshops de programação, deixar que membros do seu pessoal deem formação, organizar passatempos lúdicos de programação para jovens ou patrocinar atividades relacionadas com a programação.
  • Qualquer pessoa que participe numa atividade deste tipo pode contar a sua experiência e motivar outras pessoas a participar!

Porquê aprender a programar?

Vivemos num mundo caracterizado pela rápida evolução da tecnologia. A nossa forma de trabalhar, comunicar, fazer compras e pensar alterou-se radicalmente. Para fazer face a estas mudanças e compreender o mundo que nos rodeia, precisamos não só de perceber o modo como funcionam as novas tecnologias, mas também de desenvolver as competências e capacidades necessárias para nos podermos adaptar a esta nova era. 

Aprender a programar ajuda-nos a perceber como o mundo funciona, a desenvolver ideias e a conceber, tanto para fins profissionais como lúdicos. Além disso, a programação torna-nos mais criativos e permite-nos colaborar com pessoas cativantes, independentemente de estarem perto de nós ou espalhadas por todo o mundo. É importante tornar a programação acessível a todos. A Semana Europeia da Programação visa cativar todos, independentemente da idade e do género. Em 2016, cerca de 46 % dos participantes nos eventos de programação eram do sexo feminino!

A programação é o passo em frente para as competências digitais, no trabalho e na vida

A economia e a sociedade atuais exigem que tenhamos, pelo menos, competências digitais básicas. Independentemente do seu modo de vida ou tipo de trabalho, as competências digitais e a programação são ou serão necessárias. Além disso, os profissionais das TIC são um pilar fundamental da força de trabalho moderna em todos os setores da economia europeia. A procura tem um crescimento anual de 3% e o número de licenciados em informática não tem a tem podido acompanhar. Como tal, e apesar do elevado nível de desemprego na Europa, muitos lugares para informáticos estão ainda por preencher. Se não fizermos face a este problema a nível europeu e nacional, poderemos deparar-nos com uma escassez de cerca de 825 000 profissionais das TIC em 2020.Bruno Ferreira

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS