CCV de Lagos na Cimeira Mundial de Museus e Centros de Ciência em Tóquio

Internacionais
Typography

O Centro Ciência Viva de Lagos (CCVL) participa na Science Centre World Summit que se realiza no Museu Miraikan (Museu da Ciência e da Inovação) em Tóquio entre os dias 15 e 17 de Novembro.

O tema desta cimeira, que se realiza cada três anos, tem como objetivo reunir profissionais de Museus e Centros de Ciência sendo o tema desta edição a promoção das relações mundiais para um futuro sustentável.

A representação do CCVL está a cargo do seu Director Executivo, Luís Azevedo Rodrigues, que para além de participar no Fórum de Diretores de Centros e Museus de Ciência, no dia 14, irá igualmente apresentar o trabalho que o Centro tem realizados junto da comunidade sénior, por intermédio do seu programa A Ciência Não Tem Idade. A comunicação “Senior Citizens and Science Centres - New Opportunities for Old Schoolers” integra a sessão dedicada ao Envolvimento de Vários Públicos, uma das várias sessões temáticas nesta Cimeira Mundial. Para além do CCVL, esta sessão integrará profissionais dos E.U.A., África do Sul, Japão Tailândia.

O Centro Ciência Viva de Lagos publicou esta semana na revista Spokes da Ecsite, a maior associação de Museus e Centros de Ciência da Europa, um artigo de análise do trabalho de comunicação de Ciência para cidadãos seniores.

Para além da apresentação do trabalho realizado pelo CCVL nos concelhos de Lagos e Silves, este artigo de fundo faz uma revisão de necessidades e oportunidades da chamada “Revolução da Longevidade”, alteração demográfica que se verifica a nível mundial, e da carência de se investir e trabalhar em comunicação de Ciência e tecnologia junto da comunidade sénior.

Para além desta incumbência social, de incrementar a literacia científica nomeadamente a literacia da saúde, o artigo, da autoria de Luís Azevedo Rodrigues e Sara Mira, ambos do CCVL, salienta também a janela de oportunidade que esta crescente faixa de consumidores poderá representar para muitas atividades económicas “Silver Economy” (Economia Prateada), nomeadamente as atividades culturais e científicas são as desenvolvidas pelos Museus e Centros de Ciência.Centro CV TokyoCiencia SenioresPresidente Museu MiraikanFonte: CCV Lagos

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS