5 Dezembro | Dia Internacional do/a Voluntário/a

Nacionais
Tools
Typography

Assinala-se, a 5 de dezembro, o Dia Internacional do/a Voluntário/a. Instituído pela Assembleia Geral da ONU, este dia reforça a importância da valorização de todos os membros da sociedade civil que se aliam, de forma livre e espontânea, para prestar um apoio contínuo aos indivíduos mais desfavorecidos e vulneráveis da sua comunidade.

Esta data consagra, para nós, a intenção de dar voz e expressão às iniciativas de voluntariado nacional e internacional, procurando atribuir-lhes a visibilidade e o mérito justos, pelo impulso que representam no trabalho da APAV; pela ação conjunta para a promoção da igualdade, da coesão, da beneficência e da justiça cívica.

A APAV assume o privilégio de poder contar, desde a fundação, com uma colaboração ampla e contínua de voluntários/as, que atuam de forma desinteressada e gratuita ao serviço da missão e visão da instituição no apoio às vítimas de crime, seus familiares e amigos/as. Contamos hoje com cerca 280 pessoas voluntárias, com idades compreendidas entre os 18 e os 79 anos, distribuídas de forma generalizada por todo o território nacional. Sem a sua colaboração, não nos seria permitido, de igual modo, apoiar as mais de 317 mil vítimas de crime que beneficiaram dos serviços da APAV ao longo de mais de 28 anos.

A APAV celebra este dia em preservação dos valores humanitários, junto de todos/as aqueles/as que, de forma resiliente, dão expressão a esta iniciativa, destacando a importância crescente do voluntariado como área primordial de intervenção, profusa e fundamental, junto da pessoa vítima de crime. Cada voluntário/a traz um contributo essencial para a nossa atividade na prestação de apoio.

O crescente fluxo de integração de novos/as voluntários/as faz com que seja determinante o contínuo aperfeiçoar de procedimentos de captação e recrutamento. Apresentamo-nos como cada vez mais sensíveis às mudanças e inovações neste setor, bem como à auscultação das necessidades dos voluntários/as - seja pela consideração das suas motivações e aspirações profissionais ou pela boa convivialidade com todos os membros da equipa, preservando o bom entendimento e interpretação dos trabalhos desenvolvidos nos diversos eixos de atuação.

Deixamos, publicamente, o nosso mais profundo manifesto de gratidão, por toda a generosidade demonstrada pelos/as voluntários/as que tornam possível, através da sua força e resiliência, um auxílio cada vez mais alargado às vítimas de crime e de violência.

Torne-se Voluntário/a da APAV!  apav.pt/voluntariado

Fonte: APAVVoluntariadoAPAV

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS