"Educar para uma Geração Azul" Programa pioneiro leva Literacia Azul às Salas de Aula

Nacionais
Tools
Typography

A Fundação Oceano Azul e o Oceanário de Lisboa, a Direção-Geral da Educação e a Câmara Municipal de Mafra apresentam o programa-piloto «Educar para uma Geração Azul». Este programa educativo ambiciona transformar as próximas gerações de portugueses nos cidadãos europeus mais comprometidos com a sustentabilidade e com a conservação do oceano.

Visa explicar às crianças a estreita dependência que os seres humanos têm do mar, o que raramente é compreendido, assim como a importância estratégica que o mar tem para os países costeiros e, em especial, para Portugal e para os seus habitantes.

Levar as crianças a crescerem conscientes da importância de contribuírem para a conservação do oceano - hoje seriamente afetado pelos impactos negativos da sua exploração e pelas alterações climáticas - é determinante para que este continue a ser o principal sistema de suporte à vida no Planeta.

Este programa, sem precedentes, implica a formação de professores do 1.º ciclo do ensino básico e a integração do primeiro manual sobre o oceano em contexto escolar. Este manual, que foi elaborado pela Fundação Oceano Azul e Oceanário de Lisboa, com o apoio e a validação da Direção-Geral da Educação, é inteiramente dedicado a temáticas sobre o oceano e destina-se aos professores, os principais dinamizadores desta iniciativa.

Com vista a aprofundar e desenvolver o tema no contexto escolar, o manual «Oceano, Educar para uma Geração Azul» aborda oito áreas fundamentais do conhecimento sobre o oceano, transversais a várias matérias, como literatura, ecologia, direito, estratégia, geografia, economia, história, física e química, e responde às perguntas: «Como é o oceano?», «Porque é importante o oceano?», «Quanto vale o oceano?», «Como influenciou o oceano a humanidade?», «Quem é o dono do oceano?», «Porque é especial o mar de Portugal?», «Como se protege o oceano?» e «O que há por descobrir no oceano?».  

Envolvendo cerca de duas dezenas de escolas do Município de Mafra, 180 professores já participaram, no início deste ano letivo, na ação de formação «EDUCAR PARA UMA GERAÇÃO AZUL - Estratégias para integrar a literacia do oceano na educação para a cidadania e no projeto de autonomia e flexibilidade curricular». O programa piloto estreia-se neste município, onde chegará a cerca de 4000 alunos e, ainda em janeiro, será iniciado também em Cascais, prevendo-se a sua expansão a outros Municípios.

O Programa “Educar para uma Geração Azul” foi desenhado de modo a permitir trabalhar, em Portugal, os conteúdos de Português, Matemática e Estudo do Meio do 1.º ciclo do ensino básico e as áreas de competências do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, através dos ensinamentos do mar.

O oceano é explicado aos alunos através de atividades práticas e lúdico-pedagógicas, incentivando a realização de trabalho de campo nas zonas costeiras de Portugal, indo ao encontro das novas tendências da educação, que privilegiam o ensino de temas transversais, através de experiências dentro e fora da sala de aula.

A ambição é que, com este programa, se possa contribuir não apenas para formar cidadãos mais responsáveis, mas também mais preparados para viver no século XXI, marcado pela necessidade da sustentabilidade ambiental, pela economia verde e pela descarbonização das nossas sociedades.

Sobre a Fundação Oceano Azul

A sua génese resulta da convicção de que em tempos de profunda mudança, é necessário alterar comportamentos que permitam a coexistência do desenvolvimento humano com a proteção do oceano. Assim, a Fundação nasceu, em 2017, de uma vontade de reaproximar Portugal do mar e de ajudar o país a desenvolver uma geração azul e se posicionar como líder nos temas ligados ao oceano.

A Fundação Oceano Azul tem como eixos principais da sua atividade a Literacia, a Conservação e a Capacitação, sob o lema “From the ocean’s point of view”.

Fonte: JLMAOceanoGeracaoAzulOceanoGeracaoAzul1

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS