Banner Alto Página

UNICEF associa-se à PORDATA para dar a conhecer a Realidade das Crianças em Portugal

Nacionais
Tools
Typography

Celebra-se hoje, dia 20 de noivembro, o Dia Universal dos Direitos da Criança pelas Nações Unidas o Dia Universal dos Direitos da Criança pelas Nações Unidas, assinalando-se o 31.º aniversário da adopção da Convenção sobre os Direitos da Criança, o tratado de direitos humanos mais ratificado da história. A adopção da Convenção compromete os Estados Partes a garantirem os direitos da criança a todas as crianças.

A partir do dia 20 de novembro, e ao longo de uma semana, a UNICEF e a PORDATA, a base de dados estatísticos da Fundação Francisco Manuel dos Santos, darão a conhecer a realidade das crianças em Portugal.

Esta associação da PORDATA à UNICEF no Dia Universal dos Direitos da Criança resultará num retrato das crianças em Portugal, reunindo um conjunto de factos estatísticos sobre:

  • Caracterização das crianças e dos agregados familiares em Portugal – evolução demográfica e familiar;
  • Saúde;
  • Educação;
  • Pobreza infantil;
  • Proteção da criança;
  • Lazer, atividades recreativas e culturais.

Este retrato apresenta um conjunto de dimensões, a partir das quais se pretende identificar áreas em que é necessário reforçar a intervenção, a coordenação, a monitorização e a avaliação, de forma a assegurar que todas as crianças em Portugal tenham garantidos os seus direitos.

Este retrato apresenta um conjunto de dimensões, a partir das quais se pretende identificar áreas em que é necessário reforçar a intervenção, a coordenação, a monitorização e a avaliação, de forma a assegurar que todas as crianças em Portugal tenham garantidos os seus direitos.

Para Beatriz Imperatori, Directora Executiva da UNICEF em Portugal, “a força dos factos e o rigor da informação são elementos fundamentais para a tomada de decisões em qualquer sociedade. Esta colaboração com a Pordata, num verdadeiro espírito de parceria, tem como objectivo chamar a atenção para a realidade das crianças em Portugal. Para agir é preciso conhecer. Por isso, através #ConhecerAsCrianças0zqueremos dar a conhecer a fotografia das crianças e consciencializar a sociedade portuguesa para a sua realidade. Quantas crianças nascem e vivem no nosso país? Quantos rapazes, quantas raparigas terminam o ensino obrigatório? Quantas crianças casaram antes dos 18 anos? Quantas crianças vivem em risco de pobreza e exclusão social? Estes são números que podemos – e devemos – conhecer. Conhecer a realidade das crianças em Portugal permite a tomada de decisões informadas e a concretização dos seus direitos. Portugal celebra, este ano, 30 anos da ratificação da Convenção sobre os Direitos da Criança. Sendo este um ano em que importa reforçar a importância dos direitos da criança, para que não sejam postos em causa, a UNICEF Portugal quer dar a conhecer a realidade das crianças, através de informação fidedigna assegurada por um parceiro de excelência como a Pordata e sensibilizar para a importância do conhecimento para poder decidir e actuar da melhor forma.”

De acordo com Luísa Loura, Diretora da Pordata: “A Fundação Francisco Manuel dos Santos tem como missão a promoção e o aprofundamento da realidade portuguesa. O Retrato das crianças em Portugal elaborado pela Pordata, pretende apoiar a UNICEF no seu indispensável trabalho de defesa dos direitos de todas as crianças e contribuir para a reflexão sobre a sua realidade no nosso país. Que progressos tem havido em Portugal nos principais indicadores de risco de cumprimento dos Direitos da Criança? Que sinais de alerta nos remetem para um não baixar de braços? Os dados falam por si. E porque as crianças de hoje são os adultos de amanhã, graças a este Retrato, é mais fácil analisar as áreas onde precisamos de agir já para que o futuro do nosso país seja mais justo”.

Para aceder aos documentos UNICEF/Pordata sobre as crianças em Portugal, clique aqui.

Caracterização das crianças e dos agregados familiares em Portugal: Retrato das crianças em Portugal

Para saber mais sobre a UNICEF e o seu trabalho para as crianças, visite: www.unicef.pt

Para saber mais sobre a PORDATA e o seu trabalho visite www.pordata.pt/

JLMAUnicefPordata

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS