Banner Alto Página

Too Good To Go Lança Iniciativa Pioneira Para A Mudar Rótulos De Validade

Nacionais
Tools
Typography

A Too Good To Go dá mais um passo pioneiro em Portugal e apresenta o rótulo "Observar, Provar, Cheirar", uma iniciativa de compromisso, desenvolvida pela marca, que pretende não apenas sensibilizar os consumidores perante os diferentes prazos de validade, como também desafiar e apoiar as marcas neste processo de educação, face à validade, dos seus próprios produtos. Uma iniciativa que se apresenta simples, directa e em linha com os esforços e voz activa, em soluções de combate ao desperdício alimentar, que a Too Good To Go tem vindo a desenvolver.

A primeira marca a aceitar o desafio, e a incluir esta adaptação nos seus rótulos, é a BEL com o seu produto icónico A Vaca que ri. É já no início de Dezembro, até Março 2021, que mais de 1 milhão de caixas de porções A Vaca que ri de 16P e 24P incluem, esta adição da Too Good To Go ao habitual rótulo da embalagem do produto. Uma forma de relembrar o consumidor e assegurar-lhe que, dependendo de cada tipo de rótulo, este pode e deve confiar nos seus sentidos.

À escala global, estamos a deitar fora um terço de todos os alimentos produzidos. Ou seja, não são consumidos e acabam no lixo 1,3 mil milhões de toneladas de alimentos adequados ao consumo humano. Segundo a Comissão Europeia 53% dos consumidores não sabe o significado do rótulo "Consumir de preferência antes de", como tal, muito provavelmente também por esta via, uma enorme quantidade de comida é desperdiçada.

Em Portugal estima-se que por ano, os Portugueses deitam para o lixo um milhão de toneladas de alimentos, em média 132 quilos de comida por ano, por pessoa. Sendo que as famílias desperdiçam 324 mil toneladas. Acrescentando o facto de que muitos são os Portugueses que não sabem que há alimentos que podem ser consumidos depois de o prazo de validade expirar, esta iniciativa da Too Good To Go assume-se como um tarefa que não será fácil mas que é necessária e muito válida. Pois, a educação e sensibilização para os rótulos de validade é, também ela, crucial no combate ao desperdício alimentar. Esta nova iniciativa de compromisso da Too Good To Go, que a marca está também a desenvolver em outros países onde a aplicação está presente, lembra-nos de passos muito básicos mas que não devem ser descurados - por isso, "Antes de deitar fora: Observar, Provar, Cheirar".

Segundo a Country Manager da Too Good To Go Portugal e Espanha, Madalena Rugeroni "Pequenas alterações de comportamento e atitudes, não só são urgentes como podem contribuir directa e activamente no peso do impacto ambiental, social e económico, do desperdício alimentar." a Country Manager acrescenta, "A Too Good To Go está comprometida com uma mudança fundamental de mentalidades para reduzir o desperdício de alimentos: portanto, damos agora um novo passo que representa o tipo de actor que queremos ser. Um marca activa e com um papel relevante e que contribuiu com soluções que tentam abraçar toda a cadeia de valor.  A colaboração de todas os profissionais e marcas do sector é fundamental e estamos muito orgulhosos que a Bel, seja a primeira marca a dar este passo, também em Portugal. Aliás a par com o que já tinha acontecido em França, onde já iniciámos esta iniciativa com o produto A Vaca que ri (BEL). Estes esforços conjuntos são cruciais para o sucesso da nossa mensagem e impacto real destas soluções."

Rita Fernandes, Marketing Manager A Vaca que ri "Durante mais de 150 anos, as porções de queijo sempre fizeram parte da assinatura da Bel. E esta estratégia tem sido um marco importante na luta contra o desperdício alimentar. Como ator empenhado em desenvolver produtos alimentares mais saudáveis e responsáveis para todos, a Bel está a trabalhar para ser um pioneiro na luta contra o desperdício alimentar, não só nas nossas fábricas mas em todas as fases da nossa cadeia de valor, desde o produtor até à mesa.". A responsável refere "O combate ao desperdício alimentar é um problema crítico na nossa sociedade e um imperativo ético, por isso mesmo é que nos juntámos à Too Good To Go nesta ação de sensibilização. Estamos muito satisfeitos pela marca A Vaca que ri ser a primeira a encabeçar esta iniciativa em Portugal e esperamos que este passo seja um incentivo a outras marcas para fazerem o mesmo."

A alimentação sustentável requer o combate ao desperdício alimentar. Uma boa leitura dos Rótulos, pode ajudar, e muito. Uma pequena diferença, um grande impacto. Saiba mais no site da Too Good To Go, aqui.

Um resumo do último ano da Too Good To Go 

A empresa surge em Portugal em finais de Outubro de 2019, e conta, à data de hoje, com uma comunidade de mais de 470.000 utilizadores e mais 2.000 parceiros, desde restauração até grandes grupos da indústria alimentar como Auchan, Intermarché, Meu Super, Nestlé e Danone. Que juntos já salvaram mais de 280.000 refeições do desperdício, o que equivale a 700 toneladas de CO2e que não foram libertados para a atmosfera, caso essas refeições fossem desperdiçadas - o equivalente a 1.834 voos de Lisboa-Londres.

Em linha com este sucesso nacional, estão os números globais da Too Good To Go que num universo de 15 países, já conta com uma comunidade de 26 Milhões de utilizadores, mais de 71 Mil estabelecimentos que juntos já salvaram cerca de 47 Milhões de refeições o que equivale a mais de 118 Mil toneladas de CO2e.

Uma economia circular que possibilita uma vantagem para o consumidor, para o ambiente, mas também para o estabelecimento, que encontra nesta solução uma segunda oportunidade de escoar excedente que se iria transformar em desperdício, reduzindo a sua pegada ecológica e optimizando a sua operação, dando uma segunda oportunidade aos alimentos.

Factos Relevantes Sobre Desperdício Alimentar
- Segundo a FAO, um terço de toda a produção alimentar humana é desperdício. Na Europa, cerca de 88 milhões de toneladas de alimentos são desaproveitados anualmente, com um custo associado de 143 biliões de euros. Em Portugal, 1 milhão de toneladas de alimentos são deitados para o lixo, o que levou à publicação de um conjunto de medidas no âmbito da Comissão Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar.

- O desperdício alimentar é responsável por uma emissão de gases de efeito de estufa equivalente à emitida pela rede global de transportes terrestres. Ainda segundo a FAO, se o Desperdício Alimentar Mundial fosse um país, seria o terceiro maior emissor destes gases, logo a seguir à China e aos Estados Unidos, contribuindo para o aquecimento global. Este é, portanto um desafio, que é de todos, desde o produtor ao consumidor.

- Uma das metas dosObjetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas para 2030 é reduzir para metade o desperdício de alimentos per capita a nível do retalho e do consumidor, e reduzir as perdas de alimentos ao longo das cadeias de produção e de abastecimento.

Too Good To GoTooGoodToGo

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS