Banner Alto Página

APREN e WIBIS promovem debate sobre o Futuro da Energia Eólica

Nacionais
Tools
Typography

A Associação Portuguesa de Energias Renováveis – APREN associou-se ao Wind Energy and Biodiversity Summit (WIBIS), um ciclo global de conferências com especialistas locais e internacionais, que discutirão neste fórum as práticas mais sustentáveis relacionadas com a energia eólica e a biodiversidade, na organização de uma conferência remota a realizar nos próximos dias 27 e 28 de janeiro de 2021.

Esta iniciativa, que pretende abordar os vetores de desenvolvimento do setor eólico que melhor contribuem para os objetivos e metas nacionais de 2030, conta com a cooperação técnica do INEGI - Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial.

“Em debate estarão os grandes desafios que se colocam à energia eólica, tanto ao nível do licenciamento ambiental, como da indústria, tendo em conta as metas que Portugal tem a cumprir e o papel que esta tecnologia pode ter na estratégia de descarbonização”, antecipa o presidente da APREN, Pedro Amaral Jorge. 

“Numa estratégia de partilha de conhecimento e experiências, este evento irá partir de uma história com mais de 20 anos para um futuro que se pretende informado e consciente, mas também dinâmico e preparado para responder a novos desafios.” acrescenta Miguel Mascarenhas, co-organizador das conferências WIBIS.

O programa completo da conferência e as condições de participação podem ser consultados na página oficial da APREN. As inscrições são efetuadas diretamente na página do evento.

A conferência terá a participação oficial da Secretaria de Estado da Energia, Agência Portuguesa do Ambiente e Instituto Nacional de Conservação das Florestas. 

Entre as empresas que integram os painéis de debate estão a EDP Renováveis; TrustEnergy; TrustWind; Voltalia; Enercon; Generg; Vestas; Energiekontor Portugal; EDF RE; Aurora; AFRY; FINERGE, REN e OMIE – Operador do Mercado Ibérico de Energia. 

A conferência contará com a visão da banca sobre o tema (EBRD) e terá ainda o contributo da Newes; Bioinsight; Matos, Fonseca & Associados e A Silva Matos, além de outros especialistas nacionais e internacionais.

A enriquecer o evento estará ainda o MARE - Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa; CIBIO-InBIO - Universidade do Porto;  Technische Universit ät Berlin;  NREL - National Renewable Energy Laboratory e Robin Radar Systems.

Estarão ainda representadas as associações ACHLI - Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico; a AEE - Asociación Empresarial Eólica – e WindEurope. 

Caberá ao Ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, o encerramento do certame.

APRENEnergiaEolica

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS