UMP promove sessão de Acolhimento aos Novos Provedores das Misericórdias

Nacionais
Tools
Typography

A União das Misericórdias Portuguesas (UMP) promoveu hoje uma sessão de acolhimento aos novos provedores das Santas Casas de Misericórdia, no Centro João Paulo II, em Fátima.

As alterações nas lideranças das 35 Misericórdias devem-se na sua maioria na sequência de processos eleitorais já previstos e outras por óbito dos seus provedores, nomeadamente em Elvas, Bismula, Penafiel e Torres Vedras.

A direção da UMP e a equipa do Secretariado Nacional da UMP darão as boas-vindas aos novos provedores e provedoras, numa sessão de acolhimento que visa não só a troca de impressões sobre assuntos transversais à atividade das Santas Casas, mas também à apresentação dos serviços da UMP vocacionados para apoiar as Santas Casas.

Manuel de Lemos, Presidente da UMP recorda que “liderar os destinos de uma Misericórdia é uma tarefa árdua, repleta de desafios, mas também é recompensadora”. Reforçando que “provedoras e provedores de Portugal têm sido verdadeiros heróis, especialmente neste quadro de pandemia em que vivemos há mais de um ano”. 

Lista dos novos provedores das Santas Casas de Misericórdia:

  1. Alcobaça - Carlos Feliciano Marques
  2. Alfândega da Fé – Carlos Manuel Oliveira Pousado
  3. Alfeizerão – Fernando Mota Segismundo
  4. Alhandra – José Joaquim da Conceição Alves
  5. Alijó – Carlos Manuel Magalhães
  6. Almodôvar – Paulo Capela
  7. Alpedrinha - Maria do Carmo Oliveira
  8. Ansião – Filomena Afonso Rodrigues Valente
  9. Atouguia da Baleia - António Prioste Salvador
  10. Bismula – Manuel Joaquim Santos Pina
  11. Cadaval - Aristides Lourenço Sécio
  12. Caldas da Rainha – Maria da Conceição Pereira
  13. Calheta (Madeira) – José Mário Nunes
  14. Elvas – Mário Cruz Mendes
  15. Lajes do Pico - Cláudio Gomes Lopes
  16. Lamego – António Carreira
  17. Loulé – Ricardo Manuel Casanova Lampreia
  18. Lourinhã – Vanda Oliveira
  19. Marteleira – Alfredo de Jesus Sarreira
  20. Miranda do Douro – Manuel Rodrigo Martins
  21. Monção – Armindo Guedes da Ponte
  22. Monforte - Joaquim António Belchior Mourato
  23. Oliveira de Frades - António Grave
  24. Penafiel – Joaquim Barbosa Esteves
  25. Penela da Beira – Fernanda Maria Seixas Coelho (nome errado no Quem Somos 2020)
  26. Portimão – João Pedro da Cruz Correia
  27. Santo António da Lagoa (Açores) – António da Ponte Borges
  28. São Roque do Pico - Maria Manuela Goulart Pereira
  29. São Vicente da Beira – João Maria dos Santos
  30. Sines – Eduardo Bandeira
  31. Soito – Tiago José Carrilho Martins Pereira Nabais
  32. Tábua – Sandra Mêna
  33. Torres Vedras - Carlos Albertos dos Reis
  34. Trofa – Alfredo da Costa Gomes
  35. Vila do Conde – Rui Manuel Canastra de Azevedo Maia

Sobre a União das Misericórdias Portuguesas

A União das Misericórdias Portuguesas (UMP) é uma associação de âmbito nacional, criada em 1976 para orientar, coordenar, dinamizar e representar as Misericórdias, defendendo os seus interesses e organizando atividades de interesse comum.

Enquanto promotora da economia social, a UMP tem pautado a sua atuação pelo diálogo entre as Misericórdias e os diversos parceiros institucionais, participando ativamente na definição e execução de políticas públicas sociais, com o objetivo de assegurar respostas sociais e de saúde que contribuam para o desenvolvimento de uma rede de apoio para o bem-estar da população.

CV&AProvedoresMisericordias

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS