MCTES | Resultados da 1.ªFase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior 2021/22

Nacionais
Tools
Typography

Mais de 49 mil novos estudantes já colocados na 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso: o segundo maior número de colocados nos últimos 30 anos.

Cerca de 4.900 novos estudantes colocados nos cursos com maior concentração de melhores alunos, aumentando cerca de 7% face ao ano anterior nesses ciclos de estudo.

É previsto que mais de 100 mil novos estudantes ingressem no ensino superior em 2021- 2022, incluindo as diversas formas de ingresso no ensino superior público e privado.

Estão desde já colocados um total de 49.452 novos estudantes na 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso para o ano letivo 2021-2022 no ensino superior público, incluindo 82% desses estudantes colocados numa das suas três primeiras opções de candidatura. O valor total de colocados representa o segundo valor de colocados mais elevado desde 1989, sendo que os dados hoje divulgados revelam que:

a) Estão já colocados 4.893 novos estudantes nos ciclos de estudo com maior concentração de melhores alunos (i.e., os cursos com maior indice de excelência dos candidatos), aumentando cerca de 7% face ao ano anterior (quando tinham sido colocados 4554 novos estudantes nesses cursos);

b) Foram colocados 6.820 estudantes em cursos nas áreas de competências digitais, o que representa um aumento de 20% face a 2015;

c) Foram colocados 21.401 estudantes em áreas STEAM - Ciências, Tecnologias, Engenharia, Artes e Matemática;

d) Foram colocados 1.555 estudantes em cursos de medicina, representando um aumento de apenas 7 colocados face ao ano anterior e 44 colocados face a 2019;

e) O número de colocados em instituições localizadas em regiões com menor densidade demográfica aumenta para 12.318 estudantes, com diversas instituições do interior a aumentar o número de colocados face ao ano anterior (U.Évora, IPBeja, IPortalegre, IPBragança, IPGuarda, IPSantarém, IPViseu, IPTomar);

f) Foram colocados 315 estudantes através do contingente especial para estudantes com deficiência, duplicando desde 2015, como resultado das alterações legislativas introduzidas neste domínio;

g) Foram colocados 419 estudantes emigrantes e lusodescendentes, crescendo 6% face ao ano anterior (quando tinham sido colocados 396 candidatos) e 151% face a 2015, em linha com os esforços desenvolvidos na iniciativa “Estudar e Investigar em Portugal”.EnsinoSuperiorCom a conclusão da 1ª fase do Concurso Nacional de Acesso e nas estimativas das instituições de ensino superior para as demais vias de ingresso, a Direção-Geral do Ensino Superior estima que se inscrevam no ano letivo que agora se inicia mais de 100 mil novos estudantes, incluindo:

  • mais de 82 mil novos estudantes no ensino superior público, incluindo cerca 51 mil colocados quando concluídas as três fases do Concurso Nacional de Acesso;
  • cerca de 31 mil estudantes por outras vias de ingresso no ensino superior público, incluindo cerca de 8 mil estudantes em formações curtas de âmbito superior (i.e., cursos técnicos superiores profissionais, CTeSP).
  • cerca de 19 mil estudantes que ingressarão no ensino superior privado.

Mais informações no sítio da Direção-Geral do Ensino Superior: http://www.dges.gov.pt

Gab MCTESMinisterioCienciaTecno

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS