AI | Bombeiros vão ter mais 21 Equipas de Intervenção Permanente

Nacionais
Tools
Typography

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, autorizou a celebração dos protocolos para a constituição de 21 novas Equipas de Intervenção Permanente (EIP), elevando para 206 o número de EIP constituídas neste ano de 2021.

Com a criação destas 21 novas EIP, compostas por um total de 105 bombeiros profissionais, eleva-se para 551 o total de equipas já protocoladas, mais do que triplicando o número de EIP criadas até 2016 (169).

Estes protocolos, celebrados entre a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), as Câmaras Municipais e as Associações Humanitárias de Bombeiros, visam melhorar a eficiência da Proteção Civil e as condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes, como inscrito no Programa do XXII Governo Constitucional.

As EIP são equipas formadas por cinco bombeiros profissionais, que se destinam ao cumprimento de missões no âmbito da Proteção Civil. Os Bombeiros que integram estas Equipas são caracterizados pela elevada especialização, com competências em valências diferenciadas para atuarem em diferentes cenários.

As 21 novas EIP serão criadas em 17 municípios do continente, correspondendo a 4 primeiras equipas e 17 segundas equipas - ou seja, criadas em Corpos de Bombeiros onde já existia uma EIP.

MAIMinisterioAdminInterna

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS