fbpx

ORPEA | Saiba como Lidar com as Temperaturas Frias

Nacionais
Tools
Typography

O inverno é uma das épocas do ano mais desafiantes em Geriatria. As pessoas com idade avançada, com um sistema imunitário mais frágil ou com a sua saúde comprometida, podem sofrer consequências por não tomarem medidas contra o frio. O Dr. André Rodrigues, médico coordenador das Residências ORPEA em Portugal, explica a importância de tomarmos precauções contra o frio e como podemos fazê-lo.

"Os mais velhos, principalmente a partir dos 75 anos, são mais vulneráveis ​​às mudanças súbitas de temperatura, pois o corpo nessas idades perde calor com maior facilidade e é mais difícil gerá-lo. Certas doenças, como as relacionadas à circulação sanguínea ou com o sistema respiratório, são mais atingidas pela diminuição súbita de temperatura. Nestes casos, os vasos sanguíneos tendem a ficar contraídos (a chamada vasoconstrição) o que ao lentificar a circulação sanguínea, aumenta assim a probabilidade de ter, por exemplo, um acidente vascular cerebral", esclarece o Dr. André Rodrigues.

"Para além disso, um dos problemas mais graves causados ​​pelas baixas temperaturas e que tem consequências muito graves é a hipotermia. Os sintomas mais facilmente identificados são a pele fria, lentificação psicomotora e fadiga, mais pronunciados do que o normal. Sintomas mais graves são a perda de consciência", acrescenta.

DICAS PARA LIDAR COM TEMPERATURAS FRIAS:

- Os mais velhos devem fazer uma dieta adequada que permita uma produção ligeiramente superior à habitual em calorias. Deve-se aumentar a ingestão de hidratos de carbono (arroz, massa, legumes ...), proteínas (carne ou peixe) e sopas. Também é altamente recomendável beber bastantes líquidos (chás de ervas, chocolate quente, sumos com vitamina C, etc....). Mesmo que não tenha sede, é imprescindível a ingestão contínua de líquidos;

- É essencial usar calçado adequado no exterior. Evitar quedas é um dos objetivos mais importantes para os seniores nesta altura do ano (provocadas por piso molhado, gelo, chuva e menor visibilidade, por exemplo);

- No banho a água não deverá estar muito quente e após o mesmo deverão ser aplicados hidratantes tópicos para evitar pele seca;

- É importante estar atento às roupas, estar quente e confortável é imprescindível na hora de sair. Tente torná-los facilmente removíveis em locais onde a temperatura é mais alta e use lenços, gorros e luvas, tanto quanto possível, para proteger também essas partes não menos importantes do corpo;

- Não esquecer a vacinação prevista pelas autoridades de saúde, nomeadamente a dose de reforço para a COVID-19, a vacina contra a gripe e também a vacina antipneumocócica.

MKAFrioORPEA

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS