"Concurso Spot Portugal Sou Eu" desafia alunos a criar filme publicitário

Nacionais
Tools
Typography

O “Concurso Spot Portugal Sou Eu”, dirigido aos estabelecimentos de ensino médio e superior das áreas do cinema, audiovisual, marketing e publicidade, está lançado e pretende desafiar os alunos a criarem spots publicitários para o programa “Portugal Sou Eu”.

Divulgada junto de mais de 100 estabelecimentos de ensino de todo o país, esta iniciativa tem o propósito de reforçar a comunicação com alunos e professores, envolvendo-os diretamente na dinamização do programa e sensibilizando-os para a importância de consumirem produtos e serviços com o Selo “Portugal Sou Eu”.

Os spots publicitários, com duração de 20 segundos, devem promover o consumo de produtos que apresentem uma elevada incorporação nacional, salientando a importância da decisão de compra para a economia nacional.

Os concorrentes terão que enviar os seus trabalhos à AEP – Associação Empresarial de Portugal, até ao dia 28 de julho, para que esta organização os aloje no microsite do concurso (concursodespots.portugalsoueu.pt) de forma a serem sujeitos ao escrutínio do público e de um júri profissional, durante o mês de agosto.

O spot selecionado pelo júri profissional receberá um prémio no valor de cinco mil euros enquanto que o trabalho que for mais votado online pelo público será distinguido com três mil euros. Caso haja coincidência entre a votação do júri e do público o vencedor receberá um prémio de oito mil euros.

Esta ação conta com a colaboração e o apoio de um júri profissional composto pelo Presidente da Academia Portuguesa de Cinema, Paulo Trancoso, pelo Presidente do Museu da Publicidade, João Monsanto, e pela Secretária Geral da Associação Portuguesa de Anunciantes, Manuela Botelho. 

Mais informações em:  concursodespots.portugalsoueu.pt/

Contactos para efeito de esclarecimentos: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Consulte os anexos no link https://we.tl/O7lGqMEk95

Sobre o “Portugal Sou Eu”:

O programa “Portugal Sou Eu” foi lançado em Dezembro de 2012 pelo Governo de Portugal  para melhorar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia.

Até ao momento, estão qualificados com o selo “Portugal Sou Eu” mais de 4.500 produtos que, no seu conjunto, representam um volume de negócios agregado superior a 4,4 mil milhões de euros. A grande maioria dos produtos tem patentes e/ou marcas registadas e 67 por cento são do setor da alimentação e bebidas.

O Selo “Portugal Sou Eu” é atribuído aos produtos e serviços com base em critérios de incorporação nacional, marcas e patentes, emprego nacional e valor acrescentado para o País.

O programa valoriza, através do Selo, a produção de produtos, serviços e artesanato. Já a atribuição do Estatuto “Estabelecimento Aderente Portugal Sou Eu” destina-se  às empresas do comércio, restauração e afins que comercializam produtos “Portugal Sou Eu”. O “Selo” e o “Estatuto Estabelecimento Aderente” são uma mais-valia competitiva, uma vez que identificam a produção nacional, estimulam o reconhecimento e a valorização dos produtos e dos serviços de origem portuguesa e permitem aos consumidores uma escolha informada.

Os produtos e serviços que cumprem os requisitos de adesão ao Programa são identificados pelo consumidor através do Selo “Portugal Sou Eu”:São já várias as figuras públicas de diversos quadrantes da sociedade portuguesa que aceitaram o convite do Ministério da Economia para serem Embaixadoras do projeto. Através dos seus testemunhos e da presença em eventos, os 18 Embaixadores do “Portugal Sou Eu” (Carlos Coelho, Carolina Piteira, Cláudia Vieira, Cristina Ferreira, Cuca Roseta, D.A.M.A, Fátima Lopes, Fernanda Freitas, Fernando Gomes, Henrique Sá Pessoa, Júlio Isidro, Júlio Magalhães, Justa Nobre, Luís Buchinho, Luís Onofre, Nelson Évora, Rosa Mota e Vítor Sobral) têm contribuído, através da participação em ações diversas, para sensibilizar e divulgar a iniciativa por todo o País.

O “Portugal Sou Eu” tem financiamento do programa Compete 2020 e é gerido por um Órgão Operacional formado pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e pelo IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, IP, a quem compete coordenar este mesmo órgão.Concurso Portugal Sou Eu 1

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS