Queremos viver para sempre? | 1 de Novembro, 22h na RTP3

Nacionais
Typography

QUANTO TEMPO PODEMOS ESPERAR VIVER? E COM QUE QUALIDADE DE VIDA? QUE PROBLEMAS SOCIAIS E ÉTICOS TEREMOS DE ENFRENTAR? O PRÓXIMO FRONTEIRAS XXI DEBATE OS DESAFIOS DA LONGEVIDADE.

A cada dia a esperança de vida aumenta cinco horas. Alguns cientistas acreditam que uma criança nascida hoje, pode esperar viver até aos 150 anos. Se é certo que viver mais tempo será cada vez mais comum, que qualidade de vida podemos esperar conseguir? A Ciência continua a fazer progressos para prolongar a vida humana e retardar o envelhecimento. Mas há também quem diga que se vivermos o tempo suficiente, desenvolveremos demências, chegando ao final da vida sem saber quem fomos.

Num país envelhecido como Portugal, como está a sociedade a mudar para responder aos desafios da longevidade? Que problemas sociais e éticos teremos de enfrentar?

«Queremos viver para sempre?» é a pergunta que dará mote ao debate do próximo programa Fronteiras XXI, moderado pelo jornalista Carlos Daniel, que resulta de uma parceria entre a Fundação Francisco Manuel dos Santos e a RTP. A partir das 22h00 do dia 1 de novembro, estarão na RTP3 o médico e investigador Manuel Sobrinho Simões, considerado o “patologista mais influente do mundo” pela revista britânica “The Pathologist” em 2015, a especialista em bioética Maria do Céu Patrão Neves e António Bagão Félix, ex-ministro das Finanças e da Segurança Social e do Trabalho.

FronteirasXXI

Debater os grandes temas que desafiam Portugal e o mundo, colocando frente a frente conceituados especialistas nacionais e/ou internacionais e uma plateia seleccionada. É este o desafio do Fronteiras XXI, o programa mensal da RTP3, moderado por Carlos Daniel, que resulta de uma parceria entre a Fundação Francisco Manuel dos Santos e a RTP. www.fronteirasxxi.ptFronteiras RTP3 1Fonte: Jlma

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS