Bloco Algarve avança para autárquicas com "diálogos à esquerda"

POLÍTICA
Typography
A plataforma Mudar de Vida + Bloco + Algarve realiza no próximo sábado, dia 20 de fevereiro, uma sessão dedicada às eleições autárquicas deste ano, com o tema "diálogos à esquerda".
A sessão realiza-se por videoconferência, a partir das 21h00, e é aberta a todos os interessados, sendo necessário realizar a inscrição prévia.
 
Será com o país e a região do Algarve a atravessar os efeitos devastadores da crise pandémica que se irão realizar as eleições autárquicas.
O Bloco junta forças para responder à crise, com propostas concretas, sabendo que a política local é a primeira linha no combate às desigualdades sociais.
O Algarve é uma região particularmente afetada pela pandemia, em virtude da economia maioritariamente alicerçada no setor turístico. As respostas dos municípios algarvios têm suprido necessidades básicas das famílias e algumas têm apoiado o setor empresarial, no entanto, o grande auxílio terá de vir do Governo, que deve apoiar-se nas suas próprias reservas até à chegada da tão almejada "bazuca europeia".
Neste contexto de crise social, a direita tradicional tem aberto espaço ao novo populismo, que se alimenta dos medos e que fomenta a política do ódio.
 
Em ano de eleições Autárquicas e com uma previsão do aparecimento de candidaturas de extrema-direita à governação local, é fundamental definir o propósito do Bloco de Esquerda nestas autárquicas e que alternativa de esquerda deve estar no centro do debate de arranque para uma mobilização forte e construção de projetos autárquicos capazes.
 
A plataforma Mudar de Vida + Bloco, + Algarve toma a iniciativa de debater com aderentes, autarcas e simpatizantes os "propósitos do Bloco nas autárquicas": Como juntar forças para responder às necessidades populares? Que fazer para alargar as candidaturas àqueles que nos nossos concelhos pensam à esquerda e vêem os problemas como nós? Como responder aos desafios que a crise coloca à economia local? Que projetos elaborar para promover o desenvolvimento e dar trabalho nos nossos municípios?
Estas e outras ideias serão debatidas, desejando-se uma participação alargada e plural. A organização pretende ainda que este diálogo enriqueça os contributos para a Conferência Nacional Autárquica do Bloco de Esquerda (Online), a realizar no sábado, 27 de fevereiro.
 
A plataforma Mudar de Vida + Bloco + Algarve reúne militantes do Bloco de Esquerda e ativistas de várias áreas sociais, estando largamente representada na Comissão Coordenadora Distrital do Algarve do BE assim como em órgãos do movimento a nível local.
 
BE
BlocoEsquerdoDialogoEsq