INATEL: Sindicato e Trabalhadores realizaram Acções de Denúncia Pública em Albufeira e Faro

POLÍTICA
Typography

O Sindicato da Hotelaria do Algarve e trabalhadores da Fundação INATEL realizaram esta manhã acções de denúncia pública junto ao hotel INATEL Albufeira e à loja INATEL Faro, onde foram afixadas faixas e distribuído um comunicado aos associados e clientes da Fundação INATEL para denunciar as manobras da administração que, desde 2018, vem fazendo o jogo de promessas nunca cumpridas, continuando a recusar a melhoria dos salários, a reposição dos horários alterados unilateralmente, entre outros compromissos repetidamente não cumpridos.

Estas acções, inseridas numa Semana Nacional de Esclarecimento e Luta decidida pela FESAHT – Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal, que está a decorrer entre 24 e 28 do presente mês em todo o país, pretende denunciar os incumprimentos da administração durante o processo negocial que decorre desde 2018, fazendo com que a maioria dos trabalhadores esteja actualmente a receber apenas o Salário Mínimo Nacional. Além de faltar aos compromissos com a FESAHT a administração da Fundação INATEL também não está a cumprir o Acordo de Empresa assinado pelas partes em 2018.

O Sindicato da Hotelaria do Algarve repudia as manobras de diversão do Conselho de Administração da Fundação INATEL e exorta os trabalhadores a aderirem massivamente à greve convocada pela FESAHT para o dia 11 de Junho, para que os trabalhadores possam manifestar o seu descontentamento se as suas reivindicações não forem atendidas.

SHASindicatoINATEL