Lagos | Fatura da água vai baixar em 2018

Regionais
Tools
Typography

A autarquia aprovou, na última Reunião de Câmara, uma redução em 10% do tarifário de água e saneamento a vigorar em 2018, com o objetivo de contribuir para aliviar os orçamentos familiares, assim como dinamizar a atividade económica local.

A introdução de alterações ao novo tarifário de abastecimento de água, saneamento e resíduos sólidos urbanos da Câmara Municipal de Lagos, que entrará em vigor no próximo mês foi aprovada na Reunião de Câmara de 7 de fevereiro. O tarifário para 2018, que conta já com o parecer favorável da ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas, reflete uma redução na fatura da água de, pelo menos, 10%. O objetivo é continuar as políticas de redução das tarifas nos setores das Águas e Resíduos, promovendo a redução dos custos e aumentando a eficiência dos três setores sem penalizar o consumidor final.

Sublinhe-se que não se trata de uma redução de todos os preços praticados, mas sim de um ajuste do preço que, no seu geral, resulta na diminuição do valor global da fatura de cada munícipe, cumprindo-se desta forma uma promessa eleitoral do executivo municipal.

As alterações prendem-se com a redução das Tarifas de Disponibilidades dos Serviços de Águas e Resíduos e com a alteração da Tarifa Variável da água (nos 2º, 3º e 4º escalões) no caso do consumidor Doméstico e na Tarifa Variável para os consumidores Não Domésticos.

Recorde-se que estão, igualmente, em vigor um conjunto de isenções e de reduções previstas no Regulamentos de Água, Saneamento e Resíduos Sólidos, do qual beneficiam os seguintes grupos de consumidores:

  • Pensionistas e reformados;
  • Famílias com 2 menores a cargo;
  • Famílias numerosas;
  • Famílias em que a mulher se encontre grávida;
  • Estabelecimentos de Ensino Público, Instituições de Solidariedade Social, Igrejas, Autarquias, Coletividades Desportivas Recreativas e Culturais, e Bombeiros.

O tarifário ficará disponível para consulta no Balcão Virtual da autarquia em www.cm-lagos.pt

Fonte: SC da CM Lagos

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS