“Cartas de Damasco", de Ana Lázaro, no Cine-Teatro Louletano

Regionais
Tools
Typography

Esta terça-feira, 27 de fevereiro, pelas 21h30, o Cine-Teatro Louletano apresenta a peça de teatro “Cartas de Damasco”, de Ana Lázaro, no âmbito do Ciclo “Estórias silenciosas”.

Depois do espetáculo “Um Mini-Museu de memórias do Portugal recente”, realizado em outubro do ano passado, o Ciclo “Estórias silenciosas” está de volta para apresentar mais uma criação performativa que cruza a Sociologia, a Cultura e as Artes do Palco para abordar e questionar temas atuais ligados às sociedades contemporâneas, neste caso concreto o papel e visão da Mulher em diferentes culturas.
"Cartas de Damasco" é um projeto criado a partir da correspondência entre a criadora e autora Ana Lázaro e uma jovem que cresceu e vive em Damasco (Síria), Leen Rihawi. Inspira-se na troca real de cartas entre estas duas mulheres, que vivem em lugares inversos do ponto de vista cultural, social e político. Em cena constrói-se um lugar que balança entre a realidade e a ficção.

Mais do que traçar um discurso expositivo sobre acontecimentos que nos são narrados quase diariamente acerca do conflito que persiste no Médio-Oriente, o espetáculo convida o público (jovens e adultos) a descobrir cumplicidades entre as palavras que atravessam o globo, abrindo um espaço onde procuramos explorar a necessidade de repensar o olhar sobre o mundo e os outros, e entender desafios globais sob um ponto de vista pessoal e humano.

O espetáculo tem a duração de 60 minutos, dirige-se ao público em geral (maiores de 10 anos) e tem um custo associado por pessoa de 3 euros.

Haverá também quatro sessões destinadas à comunidade escolar do Concelho nos dias 27 e 28 de fevereiro.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Fonte: GAP da CM LouléCartas Damasco

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS