Albufeira inaugura Exposição sobre "I Guerra Mundial"

Regionais
Tools
Typography

O Espaço Multiusos de Albufeira (EMA) abriu as portas, na passada quinta-feira, 04 de outubro, a duas exposições conjuntas que assinalam o centenário da "I Guerra Mundial". Veja as fotos (cedidas pela CM Albufeira) na nossa galeria de Fotografias: https://www.maisalgarve.pt/fotogaleria/category/327-exposicao-i-guerramundial

A inauguração contou com a presença de uma comitiva composta por autarcas franceses lusodescendentes, membros da Cívica, a associação responsável pela mostra “De lágrimas e de lama -14/18, nos olhos de um soldado”. A outra exposição é da autoria do Arquivo Histórico de Albufeira e retrata a participação dos portugueses e dos albufeirenses na I Grande Guerra através de relatos dos familiares de quem esteve “A Marchar para as trincheiras – relembrar 1914-1918”. As mostras estão patentes no EMA até 31 de outubro.

Para assinalar os 100 anos após o final da I Guerra Mundial, o Município de Albufeira decidiu realizar uma exposição em parceria com a Cívica, uma associação composta por cerca de 4 mil autarcas lusodescendentes que ocupam lugares de eleição em França. A exposição foi inaugurada no passado dia 4 de outubro, no Espaço Multiusos, na presença do executivo de Albufeira e de uma delegação de membros da Cívica. Trata-se de mais uma iniciativa no âmbito da parceria que o Município de Albufeira tem vindo a desenvolver com esta associação.

“Nós, enquanto franceses, crescemos a assinalar a I Guerra Mundial, essencial para o dever da memória. Desde crianças que temos acesso a esse espólio e a essa realidade. Felicito o Município de Albufeira por participar nesta exposição. Como filho de portugueses, nascido em França, ver que Portugal esteve envolvido na I Guerra Mundial é bastante emotivo”, confessou Paulo Marques, presidente da Cívica. O dirigente fez-se acompanhar por uma comitiva de 11 colegas autarcas em França, de origem portuguesa, que vieram representar “1 milhão e 300 mil cidadãos franceses através das nossas autarquias”.

“De lágrimas e de lama- 14/18 nos olhos de um soldado” é a mostra que a Cívica trouxe a Albufeira, constituída por fotografias em estereoscopia, uma técnica que simula a sensação de profundidade espacial que os nossos olhos fazem naturalmente. As fotografias foram tiradas pelos soldados, nas trincheiras, durante a Guerra 1914-1918. Depois de ter percorrido a Alemanha e a França, esta exposição chega a Albufeira com o apoio do Comité Interministerial Francês “Mission Centenaire”, do Alto Patrocínio da Presidência da República e do Ministério da Defesa. “Esta exposição é única em Portugal. Estão todos convidados a visitá-la”, apelou Paulo Marques.

O Município de Albufeira contribuiu com um conjunto de painéis que descrevem a participação portuguesa na I Guerra, com especial enfoque no envolvimento da região e do concelho. “A Marchar para as Trincheiras – relembrar 1914 – 1918” é o título da exposição “que representa um pouco da história de Portugal e de Albufeira durante a I Guerra Mundial. Este mural apresenta o nome dos 125 soldados nascidos em Albufeira, que estiveram a combater em França”, explicou José Carlos Rolo. O presidente da Câmara Municipal de Albufeira apelou aos professores do concelho para que “tragam os alunos a visitar estas exposições para que as crianças vejam de perto estes factos históricos e enriqueçam os seus conhecimentos sobre a história do nosso País”.

As mostras contam também com a exposição de um conjunto de peças alusivas à I Grande Guerra Mundial, objetos utilizados pelos soldados, que foram cedidos pelo Museu Militar de Elvas.

As exposições podem ser visitadas até ao dia 31 de outubro, de segunda a sexta-feira, entre as 9h30 e as 17h00 (encerra das 13h00 às 14h00), e sábados e domingos das 14h00 às 19h00. A entrada é gratuita.

Fonte: GRP da CM AlbufeiraExposicaoGuerraAlbuf17

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS