"Healthy Cities”: Loulé participou no arranque de Projeto Europeu em Espanha

Regionais
Tools
Typography

O pontapé-de-saída da primeira fase do projeto europeu “Healthy Cities”, do qual o Município de Loulé é parceiro, foi dado na passada semana na cidade espanhola de Vic. De 23 a 25 de setembro, dez municípios da Europa reuniram-se para marcar o arranque deste projeto, com uma série de atividades, entre as quais workshops, apresentações por parte dos gestores do projeto, visitas ao terreno e partilha de experiências entre os envolvidos.

A comitiva louletana foi composta por André Gomes, chefe de Divisão de Associativismo e Eventos Desportivos da Autarquia, e Tiago Guadalupe, coordenador da área “Projetos Europeus e Desportivos” (Divisão Associativismo e Eventos Desportivos). Para além de Loulé, representantes de Vic (Espanha), Pärnu (Estónia), Farkadona (Grécia), Falerna (Itália), Anyksciai (Lituânia), Malta (Malta), Alphen aan den Rijn (Holanda), Bradford (Inglaterra) marcaram presença no arranque desta primeira fase.

Financiado pelo URBACT, um programa europeu de aprendizagem e troca de experiências na promoção do desenvolvimento urbano sustentável, “Healthy Cities” propõe criar uma rede de cidades para aprofundar a relação entre a saúde e o meio urbano, desenvolver políticas que coloquem o foco na melhoria do estado de saúde da população, bem como desenvolver uma avaliação rigorosa do impacto na saúde dessas políticas. As cidades podem considerar ações de diferentes pontos de vista e por meio de políticas diferentes, mas a perspetiva da saúde global irá fornecer uma estrutura comum e irá permitir desenvolver metodologias de partilha.

André Gomes, chefe de Divisão Associativismo e Eventos Desportivos, considera que esta é “uma oportunidade para perceber e acompanhar o que é feito a nível europeu, aprender e partilhar informação, conhecimento, experiências e boas práticas ao nível desportivo”.

De acordo com este responsável, “o desporto tem estado desde sempre no topo da agenda política de Loulé, sendo um dos mais poderosos meios de democratização e inclusão social”. Nesse sentido, para André Gomes, o título de Loulé Cidade Europeu do Desporto 2015 e a liderança a nível internacional do projeto “Vital Cities” (2015-2018) constituem uma mais-valia para que Loulé participasse neste novo projeto europeu que deu os primeiros passos em Vic.

A título de balanço, Tiago Guadalupe, coordenador do projeto europeu, considerou um sucesso a presença na cidade espanhola de Vic. Uma reunião que permitiu que todas as 10 cidades tivessem a oportunidade de se conhecerem. “Foi muito interessante constatar que locais diferentes têm problemas similares, o mesmo tipo de desafios, apesar da singularidade em termos culturais, do contexto específico, da tradição e dos valores democráticos, pelo que as respostas, em cada um dos casos, serão necessariamente diferentes”, frisou. Este responsável concluiu que “esta primeira reunião transnacional consumou-se numa troca de experiências extremamente positiva, para além de permitir tomar contacto com as novas tendências a nível europeu já que estão a ser dados passos significativos no velho continente de forma a tornar as cidades mais ativas, mais amigas do ambiente e mais saudáveis”.

Fonte: GAP da CM LouléHealthyCities1HealthyCities3HealthyCities4

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS