Banner Alto Página

Fortaleza de Sagres | “Descobrimentos, Migrações e Viagens” e “Riding a Meteor” em Concerto

Regionais
Tools
Typography

A segunda sessão de “Descobrimentos, Migrações e Viagens” – Ciclo de Cinema e Debates, terá início no Auditório da Fortaleza de Sagres, dia 11 de outubro, pelas 21 horas, com a exibição do documentário “Deltas,  Back to Shores”, de  Charlie Petersmann.

“Deltas, Back to Shores”(2016), documentário inédito em Portugal, coloca-nos perante duas histórias de migração, cujas semelhanças revelam a necessidade e dificuldade de encontrar um lugar para si, num mundo em estado de crise.

A exibição, também integrada na programação do 10º Festival de Observação das Aves e Atividades de Natureza (Sagres 10-13 de outubro), será seguida de uma conversa/debate entre o biólogo do CIBIO, Bruno Herlander Martins, e a antropóloga Maria José de Abreu, onde serão procuradas parecenças e diferenças entre as migrações humanas e animais.

“Descobrimentos, Migrações e Viagens” é um projeto promovido pelo Cineclube de Faro que tem ainda uma terceira sessão de cinema agendada na Fortaleza de Sagres, dia 9 de novembro.

Este projeto integra a programação do DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos –  uma iniciativa da Direção Regional de Cultura do Algarve.

No próximo dia 12 de outubro, pelas 19h30m, a Fortaleza de Sagres será o palco do projeto musical “Riding a Meteor”.

Projeto multidisciplinar onde a música, pontos de luz e conceitos cinematográficos criam ambientes singulares, em “Riding a Meteor” a palavra viagem é a chave. Contando a história de um meteorito perdido no vazio galáctico que de repente é atraído por outro corpo celeste, explorando conceitos como as características das várias camadas, texturas, temperaturas e pressões existentes na atmosfera, explorando os pensamentos e sensações do personagem, o público é conduzido à reflexão sobre as suas próprias vivências. A Fortaleza de Sagres, o palco, funcionará como o ponto de união entre o espaço e o espectador, aproximando o universo galáctico, do ser social e humano que somos.

O desenvolvimento conceptual é de Luís Caracinha, Rui Guerreiro e Mónica Brazuna e os músicos em palco serão: António Barradinhas (voz), Bárbara Santos (violoncelo), Davis Sousa (teclas e sintetizadores), Gabriel Costa (baixo), Ivo Ferreira (guitarra), Luis Caracinha (guitarra e sintetizadores) e Ruben Azevedo (bateria).

O concerto (ao ar livre) será escutado pelo público através de headphones wi-fi, permitindo a mobilidade ao público num raio de 20 metros.

A entrada e participação é gratuita, mas limitada a 100 pessoas, com inscrição e validação obrigatória através do site https://www.epopeia-records.pt/ram-sagres.html.

Recomenda-se a utilização de roupa quente e cómoda, corta-ventos, lanterna e almofada (caso queira sentar-se de forma mais confortável).

Nota: caso as condições atmosféricas se confirmem demasiado adversas, o concerto será reagendado e a nova data indicada com o máximo de antecedência possível.

O concerto tem a produção do Club Farense e da Epopeia - Make It Happen e integra o programa DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos –  uma iniciativa da Direção Regional de Cultura do Algarve.

Fonte: DRCAlgDescobrimentosSagresConcertoRidingMeteor

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS