Banner Alto Página

Faro | Cheias e Inundações: Recomendações da Proteção Civil

Regionais
Tools
Typography

Este mês de outubro marca o início de um novo ano hidrológico, período em que importa estar preparado para prevenir a precipitação que marca o Outono com a adoção de medidas de prevenção e autoproteção. Assim, impõe-se a necessidade de antecipar medidas mitigadoras face à possível ocorrência de episódios de precipitação intensa, que poderão ser acompanhados da intensificação do vento.

Com as primeiras chuvas, a obstrução originada pela queda de folhas de árvores e os detritos vegetais juntamente com outros materiais inertes que durante a estação seca se depositaram nos canais de escoamento, podem contribuir para situações de obstrução e levar à potenciação de situações de cheias e inundações.

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Faro recomenda deste modo à população a tomada das necessárias medidas de precaução e especial atenção, às possíveis consequências:

  • A desobstrução dos sistemas de escoamento de águas pluviais dos quintais ou varandas, e a limpeza de sarjetas, algerozes e caleiras dos telhados de habitações A verificação da funcionalidade dos sistemas de drenagem é essencial.
  • A recolha dos resíduos de atividades agrícolas e florestais existentes nas margens das linhas de água;
  • A precipitação pode aumentar a instabilidade de solos e rochas em vertentes. Recomenda-se que sempre que sejam detetadas situações de instabilidade ou movimentação de massas sejam comunicadas ao Serviço Municipal de Proteção Civil, de forma a serem desencadeadas formas de medição de parâmetros e de monitorização dos fenómenos de instabilidade;
  • Verificação de todas as estruturas que, pelas suas características possam ser facilmente arrastadas ou levantadas dos seus suportes, procurando garantir que resistem aos ventos fortes (nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas). Nos casos em que tal seja impossível, deve garantir-se a facilidade de remover/desmontar essas estruturas, guardando-as em locais seguros sempre que ocorram ventos fortes previsíveis;
  • Caso esteja a conduzir, adote uma condução defensiva, reduza a velocidade e tenha especial cuidado com a formação de lençóis de água nas vias. Evite atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos escondidos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
  • Tenha especial cuidado na circulação junto à orla costeira e a zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando, se possível, a circulação e a permanência nestes locais;
  • Não pratique atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar e evite o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima.

Fonte: GRP da CM FaroProtecaoCivil

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS