Banner Alto Página

Olhão | Município assinala Dia para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

Regionais
Tools
Typography
O Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, que se assinala a 25 de novembro, será alvo de várias iniciativas por parte do Município de Olhão. Dar a conhecer o pólo local de atendimento da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), que funciona há cerca de um mês na Junta de Freguesia de Olhão, é um dos objetivos da autarquia neste dia.
Alertar e dar a conhecer a problemática da violência contra as mulheres e da violência doméstica fará parte do dia 25 de novembro, que começa com a distribuição de folhetos alusivos à temática nos Mercados Municipais de Olhão, entre as 10h00 e as 11h00.

Serão também afixados cartazes e distribuídos folhetos nos espaços de atendimento ao público do Município, assim como nas juntas de freguesia do concelho e as iniciativas divulgadas nos vários meios de comunicação municipal.

Estas iniciativas surgem no âmbito do Protocolo para a Territorialização da Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica, celebrado entre o Município de Olhão e a APAV. O documento tem como objetivo a implementação, manutenção e melhoria da resposta de proteção e combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica.

O pólo de atendimento da APAV, em Olhão, funciona na Junta de Freguesia de Olhão, situada na Rua General Humberto Delgado, nº 28-B, às terças feiras, entre as 13h00 e as 16h30. O atendimento é feito por técnicos da APAV de forma gratuita e confidencial.

O Protocolo para a Territorialização da Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica, celebrado entre a APAV e 39 outras entidades, nomeadamente a Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade de Género e quase todos os municípios do Algarve, entre eles Olhão, permite a estes concelhos algarvios o apoio móvel às vítimas.

Neste contexto, cabe à APAV assegurar de forma eficiente o apoio e atendimento a vítimas de crime, através da criação deste serviço de apoio regular nos municípios, bem como contribuir para uma resposta territorial de emergência em articulação conjunta com as restantes entidades signatárias do protocolo e também promover ações e cursos de formação e informação.

Fonte: Mun de Olhão
ViolenciaDomestica
BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS