Albufeira | Município atribui Comparticipação Financeira à Albucoop

Regionais
Tools
Typography

A Câmara Municipal de Albufeira atribuiu uma comparticipação financeira no valor de 94.500 € à Albucoop – Cooperativa Rádio de Táxis de Albufeira C.R.L., com vista a minimizar os prejuízos provocados pela Covid – 19, ajudar os referidos empresários e incentivar o reinício da atividade. Esta é mais uma medida de apoio às populações e à atividade económica do concelho na sequência da pandemia. O apoio corresponde a seis meses de quotas, referente a 105 licenças de táxi atribuídas pelo Município, destinadas à atividade de transporte de passageiros ao serviço da população e do turismo do concelho.

Com mais de três décadas de existência, a Albucoop presta serviços de transporte de passageiros no concelho, “desenvolvendo uma atividade que por depender fortemente do turismo, foi uma das mais afetadas desde o início da pandemia, ou seja de meados de Março até final de junho, os taxistas praticamente não trabalharam e ainda agora a atividade está muito longe dos patamares alcançados anteriormente, pelo que os rendimentos destas pessoas e respetivas famílias não são suficientes para fazerem uma vida normal”, justifica o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, destacando que se trata de mais uma medida de apoio às populações e à economia do concelho. Neste caso em concreto, a verba irá dotar a Albucoop de meios que irão reverter em benefício dos seus associados, nomeadamente através da isenção do pagamento de quotas à cooperativa, refere José Carlos Rolo, esclarecendo que “o apoio da autarquia corresponde a seis meses de quotas, referente a 105 licenças de táxi atribuídas pelo Município”, destinadas à atividade de transporte de passageiros ao serviço da população e do turismo do concelho.

O presidente acrescenta que sem qualquer outro apoio estatal ou local até ao momento, a Albucoop está a passar por grandes dificuldades, “uma vez que sobrevive das quotas dos seus associados, que com a redução de rendimentos não as conseguem pagar, levando a que a cooperativa fique sem fundos para fazer face às suas despesas normais e, claro, muito menos para ajudar os cooperantes nesta época difícil, em que o cumprimento das normas de segurança faz aumentar exponencialmente os custos da atividade”.

Refira-se que também a Albucoop tem tentado minimizar a perda de rendimentos dos seus associados e incentivar o reinício da atividade concedendo apoio logístico aos taxistas, nomeadamente através da distribuição de EPIS – Equipamentos de Proteção Individual: máscaras, luvas, álcool e desinfeção dos táxis.

DCRP da CM AlbufeiraAlbucoop

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS