Faro | Presidente da CM defende Criação de Proteção de Idosos e Seniores

Regionais
Tools
Typography

O presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, defendeu esta quarta-feira, no âmbito do Dia Internacional da Terceira Idade e da cerimónia de criação da Rede Algarvia de Investigação Colaborativa sobre o Envelhecimento (RAICE), que deve ser constituída uma comissão de proteção de idosos e seniores, à semelhança das que existem para crianças e jovens em risco (Comissões de Proteção de Crianças e Jovens).

“O Município tem feito, através do Gabinete de Apoio ao Idoso, um acompanhamento próximo com um grupo alargado de idosos, nomeadamente durante o confinamento, também com a ajuda da PSP e da GNR, e existem muitos problemas com idosos por situações de isolamento e falta de assistência ou até por abusos, até financeiros, por parte de familiares”, referiu Rogério Bacalhau, deixando um apelo para criação de uma resposta para este grupo etário mais vulnerável.

“Nesse sentido, devia criar-se a nível nacional uma entidade idêntica às CPCJ's para tratar este tipo de problemas dos idosos”, lançou o presidente da Câmara Municipal, durante a cerimónia de criação da Rede Algarvia de Investigação Colaborativa sobre o Envelhecimento (RAICE), que teve lugar na Faculdade de Economia da Universidade do Algarve (UAlg).

Além da Faculdade de Economia da UAlg e Município de Faro, através do Gabinete de Apoio ao Idoso, fazem parte desta nova rede o Centro Hospitalar Universitário do Algarve, a Universidade do Algarve para a Terceira Idade (UATI) e a Sociedade Recreativa Bordeirense.

Trata-se de um projeto de investigação que pretende ter aplicação direta na vida das comunidades, nomeadamente através da contribuição para o desenvolvimento de políticas públicas e de práticas profissionais que promovam, efetivamente, sociedades amigas de todas as idades e a qualidade de vida de todos, em particular das pessoas mais velhas.

“O objetivo é que os resultados desta investigação sejam relevantes para todos os atores intervenientes, com o objetivo último de desenvolver políticas públicas e práticas profissionais que promovam a qualidade de vida de todas as idades, mas em particular das pessoas mais velhas”, explicou o impulsionador técnico do projeto, José de São José, professor da Faculdade de Economia da UAlg, adiantando ainda que esta rede está aberta a novos parceiros.

Mun de FaroProtecaoIdososFaro

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS