Banner Alto Página

“Use embalagens reutilizáveis para os seus alimentos e bebidas”

DECO - Consultório do Consumidor
Tools
Typography

A DECO E O CCMAR INFORMAM… 37% de todas as embalagens alimentares são de plástico, o que faz deste material não biodegradável o mais utilizado para a conservação e transporte alimentar. No Algarve, mais de 33% do lixo marinho identificável é constituído por embalagens de alimentos e bebidas. Estes valores foram estimados pela equipa de investigadores do Centro de Ciências do Mar (CCMAR) que tem vindo a monitorizar a poluição plástica na costa Algarvia nos últimos 5 anos.

Katy Nicastro, que lidera esta investigação, salienta que “as embalagens de alimentos e bebidas são a maior fonte de lixo identificável nas zonas costeiras do Algarve – incluindo o Parque Natural da Ria Formosa. No top 10 de plásticos encontrados nas nossas praias estão as garrafas de plástico, copos de bebidas de pressão, tampas de diversos tamanhos, embalagens de doces, de batatas fritas, de fast food”.

A investigadora do CCMAR realça ainda que “ao contrário do que se pensa, a maioria das embalagens de plástico que poluem as praias do Algarve não tem origem em maus comportamentos de banhistas durante a época balnear. 80% do plástico que polui o oceano provém de fontes terrestres. As embalagens de plástico que são deixadas na rua ou que são mal-acondicionadas nos caixotes de lixo e ecopontos acabam por ser transportadas pelo vento e pela chuva para as redes de saneamento e rios, e eventualmente vão parar ao oceano.

Para além de contribuírem significativamente para a poluição marinha, as embalagens alimentares de plástico constituem ainda uma ameaça para a saúde humana, pois contém produtos químicos nocivos que podem migrar para os alimentos. A solução para esta crise ambiental passa por uma mudança de atitude de toda a sociedade em relação ao consumo de plástico.

Diminua o seu consumo de garrafas de água de plástico – opte por alternativas mais duradouras como garrafas de aço inoxidável ou de vidro que possam ser reutilizadas vezes sem conta. Quando for às compras, leve os seus próprios sacos, procure comprar a granel e evite artigos embalados individualmente. Diga não a embalagens e sacos de plástico desnecessários.

Fonte: GPI DECO-AlgarveEmbalagemReutilizavel