“Como é que me posso proteger de burlas com o MB WAY?”

DECO - Consultório do Consumidor
Tools
Typography

A DECO INFORMA… Há cada vez mais relatos de burlas com recurso ao MB Way e normalmente, as vítimas não são utilizadoras da app e desconhecem o seu modo de funcionamento.

Os esquemas acontecem, normalmente, no contexto de vendas online, em sites como o OLX e o Custo Justo. O burlão entra em contacto com o vendedor e pergunta se este é utilizador da app MB Way. Se a resposta for "não", põe o esquema em curso, convencendo-o de que é fácil e rápido receber o pagamento dessa forma. O suposto comprador sugere ao vendedor que se dirija a uma caixa Multibanco, orientando-o nos passos a dar.

Depois do vendedor introduzir o cartão de débito na caixa automática, o burlão indica um contacto telefónico e um código que recebeu no seu telemóvel, que ao ser inserido nos campos que lhe apareceram no ecrã do Multibanco, vão permitir que o burlão passe a ter total acesso à conta da vítima.

Para evitar situações como esta e evitar burlas conheça as regras de segurança para do MB Way:

Nunca seguir instruções de desconhecidos para fazer ou receber pagamentos através do MB Way, sobretudo se desconhece o modo de funcionamento da aplicação;

Se for contactado para aderir à app MB Way, seja através do Multibanco ou do homebanking, com recurso a um número de telefone que não é o seu, interrompa esse contacto, e informe de imediato o seu banco e as autoridades;

Para aderir ao MB Way, nunca use o número de telefone de outra pessoa. Qualquer número que introduza na adesão ficará associado ao seu cartão e à sua conta bancária, o que permitirá movimentá-la.

Se é utilizador da app MB Way, não partilhe com ninguém o PIN da aplicação;

Nem bancos nem entidades como operadoras de telecomunicações (ou outras) solicitam, telefonicamente ou por email, que adicione um número de telefone que não seja o seu à sua conta bancária;

Mantenha o seu contacto telefónico atualizado junto do seu banco.

GPI DECO-AlgarveBurlasMBWay