“Como se processa a nova mudança na TDT?”

DECO - Consultório do Consumidor
Tools
Typography

A DECO INFORMA… A Televisão Digital Terrestre (TDT) na União Europeia (UE) está a sofrer uma reestruturação para acomodar a 5.ª geração de rede móvel. A tecnologia 5G vai permitir ligações móveis mais rápidas e a possibilidade de servir um número muito maior de dispositivos numa determinada área. A sua implementação será gradual e estima-se que, em 2025, cerca de 30% das ligações móveis serão feitas através de 5G.

Esta alteração surge numa altura em que a quantidade de utilizadores da plataforma TDT continua em decréscimo. A causa pode estar relacionada, em parte, com a implementação ruinosa da plataforma, com pouca oferta de canais e problemas técnicos crónicos de receção de sinal. Esta situação pode ser uma das causas que levaram a que no final do primeiro semestre de 2019, cerca de 86% das famílias portuguesas tenham subscrito um serviço de TV.

A Anacom proíbe as práticas comerciais, consideradas desleais, que levem os consumidores a pensar que a TDT vai acabar. O regulador recebeu queixas de pessoas que foram abordadas com a informação de que iriam deixar de ver TDT e tinham de subscrever serviços de televisão paga. Esta informação não corresponde à realidade, uma vez que a TDT é gratuita e continuará a sê-lo com a migração da faixa 700 MHz para permitir o arranque do 5G. Além disso, também não será necessário reorientar ou substituir antenas, nem trocar a televisão ou o descodificador.

Como se processa a mudança:

  1. O emissor é desligado e os utilizadores com as antenas direcionadas para este emissor ficam com o ecrã negro;
  2. é ligado o emissor portátil e, no espaço de minutos, a imagem volta;
  3. passadas algumas horas e terminada a intervenção no emissor, é desligado o emissor portátil;
  4. o emissor principal é ligado já a emitir na nova frequência;
  5. o utilizador deve fazer nova sintonia de canais para voltar a ter receção de sinal TDT.

A Anacom criou uma linha telefónica gratuita de apoio dedicada à TDT, em coexistência com a atual da MEO, a funcionar desde 15 de novembro de 2019 (800 102 002, das 9h às 22h). Quando a solução não se consegue por via telefónica, é encaminhada para técnicos da Anacom que se deslocam a casa da pessoa para ajudar a sintonizar de novo os canais de forma gratuita.

GPI DECO-AlgarveMudancaTDT