Ordem dos Psicólogos Portugueses | Como Vamos Fazer (n)o Natal?

Consultório Médico
Tools
Typography

Como conciliar o espírito festivo e familiar e as orientações das autoridades? Como lidar com sentimentos menos bons associados a esta quadra diferente? Para responder a estas questões que todos nós fazemos, a Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) publicou hoje no seu website o documento Como Vamos Fazer (n)o Natal?

Equilíbrio talvez seja a palavra de ordem neste Natal, que já promete ser tudo menos normal.

Geralmente, esta quadra representa alegria e tempo de qualidade com a família e amigos, mas também pode provocar sentimentos de stresse e solidão. Este ano, mais do que nunca, devido à pandemia COVID-19, o Natal vai ser uma altura do ano difícil. Cabe-nos tentar perceber como conciliar a celebração com as orientações das autoridades e a proteção de todos. Encontrar o equilíbrio pode ser um desafio, mas há vários fatores que podem ajudar a tomar decisões.

É importante lembrarmo-nos que é natural sentir tristeza, desilusão e frustração. Até porque 2020 foi um ano suficientemente exigente e seria importante estar com família e amigos no Natal. Mas devemos perceber que nem todas as pessoas da família partilham o mesmo entendimento da pandemia e das medidas de proteção. Por fim, é bom saber que é natural que este momento seja (ainda mais) difícil, se estamos preocupados com o emprego e segurança financeira, com a saúde de família e amigos ou num processo de luto.

Perante a atual situação que vivemos e estes sentimentos, a OPP esclarece que é essencial perceber que há coisas que podem ser feitas. Aqui fica a lista dos 9 tópicos.

- Aceitar a realidade, mesmo que pareça difícil;

- Ponderar e negociar o risco de acordo com as circunstâncias individuais de cada membro da família;

- Fazer um plano geral, com possíveis alternativas;

- Partilhar preocupações para chegar a um acordo onde todos estejam confortáveis;

- Focarmo-nos no que podemos fazer e nas tradições que podemos manter para manter o significado do Natal;

- Pensar em formas de não deixar ninguém de fora;

- Agradecer as coisas boas que temos e valorizar o que é importante;

- Cuidar da Saúde Psicológica e bem-estar;

- Pedir ajuda sem receio, caso seja necessário. #UmPsicólogoPodeAjudar

https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/doc_covid_19_comovamosfazernonatal.pdf

ADBDCOrdemPsicologosNatal

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS