O primeiro livro infantil sobre Endometriose é português e já está nas livrarias

Consultório Médico
Tools
Typography

A Endometriose - que se caracteriza pelo aparecimento de tecido similar ao do endométrio fora do útero -, é uma doença complexa que provoca dores pélvicas crónicas incapacitantes, infertilidade e outros sintomas de relevo. Existem diversas teorias sobre a sua origem não havendo ainda um consenso. Esta patologia afeta sobretudo as mulheres em idade reprodutiva, entre 10 a 15%. Nas mulheres com infertilidade, essa prevalência aumenta para cerca de 30 a 50%. A doença costuma ser diagnosticada entre os 25 e os 35 anos, apesar dos primeiros sinais se poderem manifestar anos antes, com o início da menstruação.

A Endometriose é ainda pouco falada e conhecida. É uma doença com um diagnóstico, geralmente, demasiado tardio. A falta de informação e a desvalorização da sintomatologia fazem com que muitas mulheres vivam anos sem saber que sofrem desta condição, inclusive, por verem as suas queixas desvalorizadas clinicamente. Mas a Endometriose existe, é real, leva órgãos, sonhos e vidas. E é por isso que este livro é tão importante. Porque chega com o intuito de sensibilizar não só as crianças como os seus cuidadores!”, afirma Susana Fonseca, autora do primeiro livro infantil do mundo sobre Endometriose, lançado com a chancela da Sana Editora e com ilustrações de Inês de Freitas. 

Sobre o Livro:

«A Barriga Estragada da Mamã é uma história fantástica pela simplicidade com que é contada. A ambivalência de um percurso de vida marcado pela dor e pelo sofrimento provocado pela doença e a felicidade de ter conseguido ser mãe é contada com ajuda das perguntas inocentes de Bi, dando a conhecer a doença, que continua a ser desconhecida para muitos. A endometriose é uma doença crónica que pode afetar dramaticamente a qualidade de vida da mulher e interferir na sua relação familiar e social, pelo que a perceção e diagnóstico precoce é de suprema importância. Só assim é possível agir atempadamente através de uma equipa multidisciplinar, minimizando as consequências da doença. Está na mão de todos nós ouvirmos e reconhecermos estes sinais de alarme e incentivar a procura de ajuda especializada pois ter dor menstrual incapacitante não é normal.»

Dra. Filipa B. Osório, Ginecologista do Hospital da Luz Lisboa

Sobre a Endometriose:

O que é? A Endometriose é uma doença crónica, benigna, que se caracteriza pelo crescimento de tecido similar ao endométrio (glândulas e estroma) fora do seu local habitual que é a cavidade uterina.

Quais são as causas da Endometriose? 

A origem da Endometriose ainda não é plenamente conhecida e é, por isso, motivo de controvérsia.

Como se manifesta? 

De um modo geral, a Endometriose provoca o aparecimento de sintomas, sendo que, em 80% dos casos a dor é a principal manifestação da doença. Em 20% dos casos, a Endometriose associa-se a infertilidade podendo também ser, embora mais raramente, assintomática.

«A dor intensa durante a menstruação, a cólica do período, existe e afeta a qualidade de vida de muitas mulheres. Dêmos voz a quem tem voz. a dor tem voz e juntos poderemos ser mais fortes sem dor. Esta dor tem muitas vozes... É cruel... Tem género e tem um nome.... chama-se endometriose. Hoje, é possível fazermos mais e melhor para aliviar e tratar esta dor que é de todos.»

Prof. Doutor Hélder Ferreira, Diretor da Unidade de Endoscopia e Endometriose do Centro Materno Infantil do Norte

Sobre a Autora:

Susana Fonseca nasceu em Leiria, no ano de 1984. Concluiu a sua licenciatura em Ensino Básico e o Mestrado em Psicologia Clínica, mas foi no dia em que recebeu o seu diagnóstico de Endometriose, em fevereiro de 2010, que descobriu a sua missão de vida. Em 2013 fundou a Mulher Endo – Associação Portuguesa de Apoio a Mulheres com Endometriose, da qual é ainda hoje Presidente. A leitura e a escrita sempre fizeram parte da sua vida e a sua estreia oficial no mundo da literatura infantil começa com 'A Barriga Estragada da Mamã'.

Comunicar-seLivroEndometriose

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS