Lanches na praia

Saborear com Peso e Medida
Typography

Apesar das férias também serem para desfrutar da comida, não queremos passar muito tempo na cozinha nos preparativos, no entanto não nos devemos esquecer que a alimentação tem uma função nutricional extremamente importante e que é importante saber qual o tipo de refeições mais adequadas aos locais que frequentamos nesta época do ano – praia.

Existe uma falta de imaginação generalizada nas refeições consumidas na praia, que se resumem habitualmente a sandes de queijo ou fiambre ou então aos tradicionais fritos como rissóis, croquetes ou pastéis de bacalhau. Ou ainda aos famosos pacotinhos de batatas fritas!

Contando que as refeições na praia devem ser de fácil digestão, não são alimentos como estes, tão ricos em gordura, os mais apropriados.

Para não descurar da sua alimentação em tempo de praia, é importante:

Pequeno-Almoço
Para onde quer que vá, não se esqueça de proporcionar a si e a toda a família um pequeno-almoço completo. Leite, iogurte ou queijo + pão, cereais ou tostas + uma peça de fruta ou um sumo natural.

Conservar alimentos
A mala térmica revela-se um elemento indispensável para transportar alimentos e bebidas, permitindo preservar durante mais tempo a temperatura e a qualidade. Deve incluir-se acumuladores térmicos previamente congelados e evitar a sua abertura frequente para que a temperatura não sofra grandes oscilações.

Beber
O calor favorece a desidratação pelo que devemos ingerir muito mais água nesta altura.
Em vez dos refrigerantes açucarados que, além de contribuírem para o aumento de peso, não saciam a sede devido ao elevado teor de açúcar que contêm, serão boas alternativas à água os sumos de fruta e as águas aromatizadas. Também alimentos ricos em água como o melão ou a meloa, a melancia, as uvas ou as ameixas e vegetais como o tomate, o pimento que contribuem para um maior aporte deste nutriente.

Pode fazer-se sumo com quase todos os frutos e alguns legumes. Algumas misturas como papaia ou manga com laranja resultam igualmente muito bem. Escolha fruta no ponto ótimo de maturação e, depois de a descascar, coloque-a num copo liquidificador ou num extrator de sumos. Adicione um pouco de água (variável conforme o teor deste nutriente em cada fruto), deixe bater e já está.

Comer
Não é obrigatório comer de faca e garfo para comer bem, o importante é dar os nutrientes necessários ao organismo, por isso seja criativo e prepare refeições que sejam fáceis de comer e saborosas. As sandes para além de práticas, permitem combinações infinitas e muito nutritivas.

Dicas:
1. Escolha um tipo de "base": pão de cereais, de sementes, de mistura, pão de nozes, pão pita, etc.
2. Recheie com peixe (atum, salmão fumado, sobras de peixe cozido, sardinhas, etc.), carne (frango, peru, queijo, fiambre, etc.) ou então 1-2 ovos;
3. Complete com alimentos do grupo dos legumes (tomate, cebola, pimento, espargos, alface, cenoura raspada, couve roxa, milho, cogumelos, etc.)
4. Corte a fruta aos cubos ou sirva em espetadas;
5. Leve cereais num saco hermético e junte ao iogurte.

Sugestão:
Pita de fiambre de frango em forno de lenha
1 pão sírio (pita) médio
1 fatia fina de peito de frango em forno de lenha
1 tomate médio picado
1 chávena de chá de agrião

Iogurte batido de banana e morango
1 Banana
8 Morangos
1 Iogurte de aroma a Morango

Preparação:
Corte a banana as rodelas e os morangos aos pedaços.Triture no liquidificador.
Junte o iogurte e bata tudo até ficar cremoso.

Água aromatizada de citrinos
1,5 litro de água
1 limão médio cortado em rodelas finas
1 laranja média cortado em rodelas finas
3 folhas de hortelã

São estas as minhas sugestões, fáceis, nutritivas e muito saborosas, espero ter ajudado e para mais dicas e sugestões visite a página do facebook: Nutrição para Todos

Denise Gomes
 – Dietista –
- Membro Estagiário da Ordem dos Nutricionista -

Serviço de Saúde de Apoio à População da Freguesia de Faro

 

ufaro brasao

Rua Reitor Teixeira Guedes nº2 8005-243 Faro
Tel: 289 803 416
Fax: 289 803 417