Mitos Alimentares

Saborear com Peso e Medida
Typography

E por isso nada melhor do que desmistificar alguns mitos que vão surgindo.

A água “engorda”?
A água não fornece calorias, pois não tem macronutrientes (proteínas, gorduras e hidratos de carbono). Portanto a água não “engorda” mesmo que bebida antes, durante ou depois das refeições.

No entanto se bebida antes das refeições pode provocar uma sensação de saciedade mais rápida e assim evitar o consumo de outros alimentos. Ingira água como e quando preferir, mas lembre-se que a ingestão maioritária deve ser feita fora das refeições, para que seja rapidamente absorvida e cumpra realmente uma função de hidratação.

Comer pão “engorda”?
O pão engorda apenas se for comido em exagero, tal como qualquer outro alimento, muitas vezes o grande problema não é o pão por si só mas sim o que lhe juntamos. O pão é equilibrado, uma vez que fornece minerais, vitaminas e, principalmente, hidratos de carbono, que são a nossa principal fonte de energia. É também uma excelente fonte de fibras, que ajudam a regular o organismo, já que facilitam o funcionamento intestinal e, graças à sua capacidade de absorção de água, promovem a saciedade. O pão é, sem dúvida, um alimento saudável e, por si só, não engorda.

Os alimentos integrais não “engordam”?
Os alimentos integrais fornecem mais fibra que os refinados, mas a composição nos restantes nutrientes é semelhante. O que significa que para o mesmo peso fornecem um valor calórico semelhante. O interessante da fibra é que melhora o trânsito intestinal, contribui para reduzir os níveis de açúcar (glicose) e colesterol do sangue e previne doenças como o cancro. É aconselhado incluir na dieta produtos integrais por estas razões.

Os peixes gordos devem ser evitados?
Todos os peixes são excelentes fontes de proteínas, vitaminas e minerais, como o fósforo e o iodo, e contêm um baixo teor de gordura saturada. Os peixes gordos (salmão, cavala, arenque, sardinha, peixe-espada, atum e truta) contêm ácidos gordos ómega 3, um tipo de gordura benéfica para a saúde, porque ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, baixando a pressão sanguínea e os níveis de triglicéridos no sangue. Devido aos seus benefícios, devem ser consumidos pelo menos duas vezes por semana.

A fruta é saudável, posso comer toda a fruta que quiser?
A fruta contém frutose, um açúcar simples que pode ser consumido diariamente mas sem exagero. A quantidade de fruta recomendada diariamente é de 3 a 4 peças. Quem consome fruta em excesso não está a fazer uma alimentação saudável e poderá desencadear problemas de saúde.

As frutas após as refeições “engordam”?
As frutas fornecem as mesmas calorias, independentemente se forem ingeridas antes ou depois das refeições. No entanto se ingeridas antes, como contêm fibra, contribuem para uma saciedade mais rápida e assim evitar o consumo de outros alimentos.

É verdade que os sumos de fruta fresca “engordam” mais do que comer a própria fruta?
Os sumos de fruta “engordam” mais porque normalmente há várias peças de fruta num só sumo. Quando comemos uma laranja, ingerimos o número de calorias que essa laranja tem, de acordo com o volume. Já para fazermos um sumo normalmente utilizamos várias laranjas, e ai estamos a ingerir o dobro ou o triplo de calorias. Se fizermos um sumo de laranja apenas com uma laranja o valor calórico será o mesmo que se comermos a própria da laranja, no entanto no sumo temos menos fibra (que se perde no espremedor) e menos vitamina C (que oxida, quando o sumo não é logo bebido).

A sopa “engorda”?
Antigamente a sopa era a base da alimentação dos portugueses e como tal estava adaptada às suas necessidades energéticas. Atualmente o papel da sopa mudou mas as receitas também…
As sopas atuais são sobretudo de legumes e fornecem muito poucas calorias. São uma excelente forma de iniciar o almoço e o jantar e muito adequas para quem quer perder peso.

O azeite é uma gordura excelente e por isso não “engorda”?
O azeite, apesar de ser uma gordura saudável, não deixa de ser uma gordura. Cada colher de sopa contém 10g e fornece-nos 90Kcal.

É uma gordura excelente, rica em antioxidantes, que ajuda o funcionamento do aparelho cardiovascular e como tal, sempre preferível às outras gorduras, sobretudo as saturadas, mas o seu consumo deve ser sempre com conta, peso e medida.

Existem alimentos proibidos?
Qualquer alimento pode fazer parte de uma alimentação equilibrada. É verdade que alguns alimentos, sobretudo quando são ricos em gorduras ou em açúcar são apontados como pouco saudáveis. O que não significa que não possam ser ingeridos.

A questão fundamental prende-se com a quantidade e a frequência. Alimentos menos equilibrados devem ser ingeridos em menor quantidade e apenas de vez em quando.

Comer ovos todos os dias faz mal?
Atualmente, sabe-se que pessoas saudáveis, e com uma dieta variada, podem consumir até um ovo por dia, sem riscos. O ovo é um alimento com um grande valor nutritivo, é rico em proteínas e contém todos os aminoácidos essenciais ao organismo.

Constituído por vitaminas do grupo B (B1, B3, B12, ácido fólico e biotina) A, E e D, é também rico em magnésio, potássio, selénio, zinco, fósforo e ferro.

No entanto, embora seja um alimento riquíssimo em termos nutricionais, nem todas as pessoas precisam consumir a mesma quantidade de ovos. Uma pessoa que consome pouca carne ou peixe, por exemplo, deve comer mais ovos para obter a quantidade de proteína que o seu organismo necessita. Já quem sofre de excesso de peso deve ter atenção à quantidade que consome, e optar pela clara.

NOTA: Para saber mais sobre nutrição, pode seguir a nossa página de facebook: Saúde para todos.
Para contactar com o serviço de nutrição, pode usar o email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Sofia Cardeira (1556NE - Nutricionista Estagiária à Ordem dos Nutricionistas)

Serviço de Saúde de Apoio à População da Freguesia de Faro

ufaro brasao

 Freguesia de Faro (Sé e S. Pedro)
  Rua Reitor Teixeira Guedes nº2
   Tel: 289 803 416 Fax: 289 803 41

www.uf-faro.pt