Câmara de Faro oferece Concerto de Natal 2017

A Igreja de São Pedro, em Faro, irá receber, no próximo sábado, 16 de dezembro, pelas 21:30, um Concerto de Natal, protagonizado pelo Grupo Coral Ossónoba. A Câmara Municipal de Faro organiza este evento, pelo quinto ano consecutivo, com entrada livre, oferecendo a todos os munícipes e visitantes um espetáculo único composto exclusivamente por peças de Natal.

O Concerto irá reunir os quatro coros do grupo anfitrião: sob a direção da maestrina checa Verónika Rosová, os Mini Cantores d’Ossónoba e os Pequenos Cantores d’Ossónoba; sob a direção do maestro Paulo Sopa, o Ossónoba Coro Juvenil e sob a direção do maestro Nuno Sequeira Rodrigues, o Coral Ossónoba.

O Grupo Coral Ossónoba irá brindar-nos com um vasto repertório de canções alusivas à quadra, numa viagem pelo universo sonoro natalício, que inclui temas como “Happy Christmas”, de John Lennon & Yoko Ono, “Away in the Manger”, de james Murray, “Jingle Bells”, de James Lord Pierpont, “Ave Maria”, de Franz Biebl, “Natal”, de Mário de Sampayo Ribeiro, “Broas de mel”, de José Carlos Godinho, “Benedictus”, de Camille Saint-Saëns, entre muitas outros.

Sobre o Grupo Coral Ossónoba

A origem do Coral Ossónoba remonta ao ano de 1980, na altura composto por um grupo de entusiastas da música coral dirigidos pelo Sr. Cónego José Pedro Martins. No seu memorável percurso, destacam-se o Festival de Coros de Faro, o Festival Internacional de Coros Cidade de Faro e os concertos anuais realizados em Espanha, Brasil, França e Suíça, que projetaram o Coral Ossónoba mundo fora. Recorde-se ainda a sua deslocação, em 2015, a Ceuta, para participar nas Comemorações oficiais da Conquista de Ceuta por El-Rei D. João I de Portugal.

Em 1995, nasceu o coro infantil “Pequenos Cantores d’Ossónoba”, pela mão do Maestro António de Jesus, como resposta a solicitações de filhos de elementos do Coral Ossónoba que também queriam cantar em grupo. Tem participado em diversos concertos pela região e pelo país inteiro e em 2007 foi parte integrante do Coro do S. Carlos na apresentação da obra Carmina Burana. Participou diversas vezes em Concertos Promenade com a Orquestra do Algarve e em 2013 iniciou a sua participação no “Sonho da Música”.

Seguiu-se a formação do “Ossónoba Coro Juvenil”, em 2002, como grupo feminino, com intérpretes saídas do coro infantil, enquanto as vozes masculinas ingressaram no Coral Ossónoba. Antes de se tornar num coro misto, em 2005, com apresentação oficial na Abertura de Faro- Capital Nacional da Cultura, o grupo feminino participou em diversos encontros de coros e concertos de Natal.

Atualmente é constituído por cerca de 20 jovens entre os 14 e os 19 anos que tem participado em diversos eventos tais como o Solstício Musical, Sonho da Música e Chorus Fest, sendo também solicitada a sua participação em concertos de Natal. Em 2015 participou em diversos festivais e atuou em 25 concertos de elevado nível, em Itália, na região de Basilicata.

O mais recente grupo do Coral Ossónoba foi formado em 2016, com a denominação “Mini Cantores d’Ossónoba”, tendo tido sua estreia precisamente no Concerto de Natal desse ano.Fonte: GRP da CM Faro

 

Regimento de Engenharia Militar reinicia reabilitação de caminhos agrícolas em Castro Marim

Depois da suspensão do combate aos fogos, que assolaram tragicamente o nosso país durante este ano, o Regimento de Engenharia Militar nº 1 reiniciou os trabalhos de reabilitação de caminhos e acessos agrícolas no concelho de Castro Marim, fruto de um protocolo estabelecido em 2016 com a autarquia.

Ate à data, foram já reabilitados mais de 170km de caminhos e acessos agrícolas nas freguesias de Odeleite e Azinhal, mas este reinício marca também o arranque de processos de abertura de novos caminhos, instruídos durante estes últimos 10 anos.

Todo o equipamento e grupo de trabalho necessários à intervenção são da responsabilidade do Regimento de Engenharia Militar nº 1, sediado em Tancos, ao passo que à Câmara Municipal de Castro Marim compete suportar os custos da alimentação, alojamento e compensação dos militares envolvidos, assim como o fornecimento de combustíveis e materiais necessários à execução dos trabalhos e ao funcionamento do equipamento e viaturas militares utilizados.

“O concelho de Castro Marim tem uma extensa rede viária rural, cuja manutenção e reabilitação implica uma grande disponibilização de recursos humanos e técnicos que a autarquia não podia comportar. Muitos destes caminhos e acessos não eram reabilitados há mais de uma dúzia de anos. Esta parceria com o Exército Português permitiu-nos intervir em algumas das zonas mais críticas e com maior necessidade e permite agora aos nossos munícipes cultivarem os seus terrenos e recolherem e transportarem os seus frutos”, sublinhou o presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral.Fonte: GC da CM Castro Marim

Rock e Gospel no Natal em Loulé

As noites das sextas-feiras que antecedem o Natal vão ter mais animação em Loulé. Para além da “Aldeia dos Sonhos”, a Autarquia promove dois espetáculos musicais que têm por objetivo dinamizar o comércio tradicional quando muitas são as pessoas que aproveitam para fazer as últimas compras de Natal.

Já está sexta-feira, 15 de dezembro, pelas 21h00, o Largo D. Afonso III recebe o “Rock n’Roll Christmas Show” com o grupo Up This River. Marc Policarpo, Gabriel Costa, Luís Caracinha e Ruben Azevedo juntam-se no projeto Up This River para trazer a palco temas emblemáticos das décadas de 60 e 70. Numa abordagem revivalista, mas com traços e sonoridades contemporâneas, a banda convida-nos a uma viagem até à nascente de algumas dos estilos que ainda hoje caracterizam a música internacional.

Como se de uma viagem se tratasse, subimos o rio daquilo que nos chega hoje pelas rádios e, em contracorrente, é-nos revelada a origem das canções atuais, muitas delas, puras reinterpretações de outros tempos.

Do Rock ao Pop, passando pelo R&B, pelo Funk e Folk norte-americano, o concerto dos Up This River caracteriza-se pela ritmo contagiante e pela necessidade de "bater o pé" ao longo do repertório, entoar algumas canções ou até mesmo, para os mais aventurados, dar um passinho de dança… Mas desta vez sob a temática natalícia!

no dia 22 de dezembro, a partir das 21h00, o Largo D. Afonso III é palco de uma atuação de um dos mais importantes grupos de gospel do País: Saint Dominicʼs Gospel Choir.

Foi fundado a 7 de outubro de 2002, pelo maestro João Castro. Ao longo deste percurso tem participado em diversos programas televisivos, galas, grandes eventos, inaugurações, aniversários e concertos de grandes artistas portugueses e já fizeram centenas de concertos e milhares de quilómetros. Têm um CD editado mas do que gostam mesmo é de pôr o público a cantar e a bater palmas à boa maneira do gospel, um estilo musical que ganha ainda maior relevância na época natalícia.

Os dois espetáculos são de entrada livre.

Refira-se que nestas duas noites a “Aldeia dos Sonhos” vai ter as portas abertas até às 23h00.Fonte: GC da CM Loulé

Voluntariado celebrado em SB de Alportel com apresentação do projeto "Um dia pela Vida"

O Dia Internacional do Voluntariado, 5 de dezembro, foi assinalado em São Brás de Alportel com uma sessão especial que decorreu na Biblioteca Municipal Dr. Estanco Louro.

A sessão comemorativa deste dia que tem um significado especial para a comunidade são-brasense contou com a presença de dezenas de voluntários da Rede de Voluntariado “São Brás Solidário”, assim como da coordenadora desta rede, Ircília Gonçalves, que fez um balanço do trabalho realizado ano após ano na colaboração da rede em diversos projetos de solidariedade promovidos pela Câmara Municipal em parceria com a Junta de Freguesia tais como, por exemplo, o Jantar Solidário de Reis, o Mercadinho Solidário e a Loja Social, e referindo ainda as campanhas do Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve, que na mais recente edição no passado fim de semana conseguiram alcançar quase 4 toneladas de alimentos em São Brás de Alportel.

Projetos de apoio aos mais carenciados que têm como ingrediente fundamental para o seu sucesso a participação e dedicação de voluntários da rede constituída por membros portugueses e estrangeiros da comunidade são-brasense.

Durante a sua intervenção no encontro, a Vice-presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Marlene Guerreiro, afirmou que o voluntariado é “mais do que um projeto. É uma atitude de vida” que está bem presente na comunidade são-brasense.

A Rede de Voluntário “São Brás Solidário” é dinamizada a partir da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, tendo o seu presidente, João Rosa, destacado a determinação e a entrega dos voluntários na concretização de cada tarefa ou projeto.

A segunda parte desta sessão foi dedicada ao projeto “Um dia pela Vida”, um projeto internacional que arrancou em Portugal em 2004 e que entretanto já contou com 67 edições, em vários cantos do país, e que chega agora a São Brás de Alportel.

A iniciativa é organizada a nível nacional pela Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) e foi apresentada nesta sessão pela coordenadora do Núcleo Regional do Sul da Liga, Filipa Rocha Mendes, e pela colaboradora Joana Magalhães.

“Mais do que uma angariação de fundos, o «Um dia pela Vida» é uma experiência que permite mudar vidas”, afirmou Filipa Rocha Mendes. O projeto arranca sempre com a organização de um evento por voluntários que culmina num dia de festa aberto à comunidade e recheado de ações que pretendem abordar o cancro em diversas vertentes como a educação para saúde, a prevenção primária, a desmistificação da palavra “cancro”, que dá a conhecer o trabalho realizado pela Liga e que permite a angariação de fundos para apoiar os projetos da Liga. Trata-se de um evento aberto a toda a população com atividades desportivas e lúdicas, momentos de partilha de experiências e momentos de informação e sensibilização sobre a temática oncológica.

O desafio para a realização de “Um dia para a Vida” em São Brás de Alportel está lançado a toda a comunidade e a sua concretização depende agora do número de voluntários que demonstrem a sua vontade de colaborar.

Para saber mais sobre este projeto, contacte a Rede de Voluntariado “São Brás Solidário”, na Junta de Freguesia de São Brás de Alportel.Fonte: GI da CM SBA

GNR: Loulé – 4 detidos por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial de Faro, através do Destacamento Territorial de Loulé, ontem, dia 12 de dezembro, deteve três homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 20 e os 25 anos, pelos crimes de tráfico de estupefacientes e detenção de arma proibida, na localidade de Loulé e Almancil.

No âmbito do policiamento de proximidade para garantia da segurança da comunidade escolar, a GNR, efetuou uma operação de combate à criminalidade direcionada para o tráfico de estupefacientes, com especial incidência em espaços públicos junto a estabelecimentos de ensino do concelho de Loulé, o que resultou na detenção, em flagrante delito, de quatro indivíduos, tendo ainda sido efetuadas duas buscas domiciliárias. Da operação resultou a apreensão de um total de 186 doses de haxixe, uma soqueira e um telemóvel e ainda a elaboração de nove autos de contraordenação por consumo de estupefacientes, a indivíduos, com idades compreendidas entre 20 e 30 anos, que se encontravam na via pública na posse de produtos estupefacientes em quantidades para consumo.

Os detidos foram constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade e residência.Fonte: GNR-DCRP