Notícias

Grid List

Em pleno período de pandemia de COVID-19 em que é recomendado o distanciamento social, o município de Lagos decidiu assinalar o Dia Mundial dos Avós, celebrado a 26 de julho, com um desafio digital lançado a todos os avós e netos lacobrigenses. Até 23 de julho, podem ser enviados trabalhos de poesia, ilustração ou fotografia que espelhem o afeto entre avós e netos para serem apresentados ao mundo na página de Facebook da autarquia.

O Dia Mundial dos Avós é celebrado anualmente em todo mundo para homenagear os avós e demonstrar a sua importância para o núcleo familiar. A pensar na saúde e segurança da comunidade, reforçando a necessidade de distanciamento social como uma das maiores armas para combater a disseminação do vírus COVID-19, a autarquia lacobrigense não podia deixar de assinalar esta data com uma atividade muito especial. Com o objetivo de promover as relações intergeracionais e o amor entre avós e netos, é lançado o desafio digital a todas as crianças, jovens e seniores de Lagos, apelando à sua criatividade.

Até 23 de julho, avós e netos podem enviar os seus trabalhos de poesia, ilustração ou fotografia alusivo ao tema “Avós e Netos” para o email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. (o ficheiro não pode exceder os 9 mb) para serem apresentados na página de Facebook da autarquia no dia 26 de julho. Os trabalhos serão utilizados e divulgados única e exclusivamente nessa rede social, sendo que é concedida ao município de Lagos a autorização e o direito de publicação dos trabalhos enviados.

Participe neste desafio e mostre-nos todo o carinho entre os avós e netos lacobrigenses.

SC da CM LagosDiaAVOSLagos

A Câmara Municipal de Albufeira informa que o período de inscrições para a frequência de Atividades de Tempos Livres (ATL) para o próximo ano letivo decorre até ao próximo dia 17 de julho (sexta-feira). As inscrições devem ser efetuadas exclusivamente online no portal da Educação do Município em: http://educa.cm-albufeira.pt. Para mais informações ou esclarecimentos, deverão os interessados contactar através do telefone: 289 599 611, do email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou diretamente através dos números de telefone dos respetivos ATL.

O Município de Albufeira dispõe de Centros de Atividades de Tempos Livres – ATL nos três agrupamentos escolares do concelho. No total existem 10 equipamentos ATL, distribuídos da seguinte forma: Agrupamento de Ferreiras – Paderne, Ferreiras, Fontainhas e Olhos de Água; Agrupamento de Escolas de Albufeira – Correeira, Caliços e Vale Pedras; Agrupamento de Escolas Albufeira Poente – Avenida do Ténis, Guia e Vale Parra, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 17h00 às 19h00 e nos períodos de interrupção letiva das 9h00 às 17h00.

O presidente da Câmara Municipal de Albufeira refere que os ATL destinam-se a acolher os alunos que se encontram a frequentar as escolas do 1o Ciclo do Ensino Básico, sendo estruturas que visam essencialmente “dar resposta a famílias cuja retaguarda familiar não consiga oferecer este tipo de apoio às crianças”, José Carlos Rolo, sublinha que o Município está atento às necessidades dos pais e encarregados de educação, sendo que a autarquia tem vindo a investir de forma continuada no alargamento da rede de ATL do concelho, que neste momento abrange todos os agrupamentos escolares. “No entanto, as vagas são limitadas à capacidade e normas de funcionamento dos referidos equipamentos, com a agravante de as mesmas poderem vir a ser reduzidas para segurança de crianças e funcionários na sequência do desenvolvimento da situação epidemiológica”, frisou, apelando à compreensão de todos para uma “utilização consciente”, que permita dar resposta a quem de facto precisa.

As inscrições para a frequência dos ATL no ano letivo 2020/2021 decorrem até ao próximo dia 17 de julho, no portal da Educação do Município em: http://educa.cm-albufeira.pt, não dispensando a consulta das normas de funcionamento disponíveis no respetivo site. Juntamente com o preenchimento da ficha de inscrição deverá ser enviada cópia da última Declaração de IRS, cópia autenticada do teor da decisão homologatória e/ou sentença relativa às responsabilidades parentais do menor, quando existente.

DCRP da CM AlbufeiraCamaraMunAlbufeira

A Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) promove, no dia 11 de julho, uma ação nacional, realizada em simultâneo em 20 cidades, para sensibilizar para um desconfinamento em segurança. Com o slogan “O risco é real. Sê o herói deste verão!”, a iniciativa, que conta com o apoio da Presidência da República e com a parceria do IPDJ vai envolver 24 federações regionais/distritais e associações juvenis na distribuição de máscaras de proteção e informação em praias litorais e fluviais e parques. 

No Algarve, a ação vai decorrer pelas 17h, na Praia de Faro, com ponto de encontro no Centro Náutico. Esta ação pretende alertar para as medidas de segurança a ter nesta fase de pandemia e comprometer os jovens no combate à Covid-19, posicionando-os como agentes de saúde pública. Contará com jovens voluntários de federações e associações do Algarve e é apadrinhada pelo Secretário de Estado das Pescas e Coordenador Regional do Algarve no combate à COVID-19, Dr. José Apolinário. 

A atividade de sensibilização surge no âmbito da campanha “Desconfinar Jovem – A Tua Causa”, que visa promover as associações juvenis como espaços seguros para atividades recreativas, culturais e desportivas neste contexto de pandemia, assim como ajudar os mais novos a voltar às rotinas com total segurança. Além deste action day nacional, a campanha envolve também uma ação digital com a partilha de boas práticas e um manual de recomendações para reabertura dos espaços associativos, lançado recentemente em parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa

A campanha conta ainda com o contributo do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que, num vídeo de apoio à iniciativa, apela a que os jovens usem a criatividade e imaginação para este período de desconfinamento, que exige de todos também um forte sentido cívico. 

IPDJ FaroDesconfinarJovem

O Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, visitou esta manhã o empreendimento Bayline – Live By The Sea, em Armação de Pêra. A visita, que foi acompanhada pela Presidente da Câmara Municipal de Silves, Rosa Palma, integra o roteiro #PortugalOpenforBusiness.

Promover, interna e externamente, o relançamento da atividade económica nacional é o principal objetivo desta iniciativa, que envolve a visita a entidades nacionais de diversos setores, bem como ações de sensibilização nos principais mercados de destino das exportações nacionais.

O Município de Silves associa-se, assim, a esta iniciativa de particular importância para o desenvolvimento e promoção empresarial e turística do concelho de Silves.

GRP do Mun SilvesVisitaArmPera2VisitaArmPera3

O município de Vila Real de Santo António assinou um protocolo com diversas entidades com vista a implementar, no concelho, a Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo 2017-2023.

O protocolo tem por objeto a criação e a implementação do Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo (NPISA) de VRSA (cuja constituição já foi aprovada) e a definição dos compromissos a assegurar pelas entidades parceiras na promoção da autonomia e do exercício pleno da cidadania da população em situação de sem-abrigo.

O NPISA de VRSA terá âmbito concelhio e será coordenado pelo Município de Vila Real de Santo António por um período de dois anos.

O modelo de intervenção prevê uma abordagem centrada na pessoa como um todo e no seu contexto de vida, estabelece um acompanhamento de proximidade e procura a qualificação e a rentabilização de recursos humanos e financeiros, evitando a duplicação de respostas.

Entre os objetivos propostos, o NPISA irá proceder à realização do diagnóstico local sobre o fenómeno das pessoas em situação de sem-abrigo e identificar e mobilizar os recursos necessários para criar um plano de ação e apoio.

Além disso, irá também promover ações de sensibilização e educação da comunidade para as questões da prevenção e inserção da população sem-abrigo.

GC do Mun VRSAApoioPopVRSA2

Recém reaberto, o Vilalara Thalassa Resort, um dos mais exclusivos resorts cinco estrelas do Algarve, está a promover duas campanhas de estadias com condições excepcionais, que estarão apenas disponíveis para reservas neste mês de julho.

Para quem está a pensar rumar ao Algarve para desfrutar de uns dias de plena evasão num destino paradisíaco poderá aproveitar exclusivamente este mês as campanhas de reserva “Long Weekends” e “Short Breaks 3=4”. 

A opção Long Weekends está disponível para os que pretendem fazer estadia de fim-de-semana permitindo entrar às 9h00 e usufruir desde logo do pequeno-almoço com uma fantástica vista para o mar. A estadia nesta opção prolonga-se até domingo às 18h00 e inclui ainda a oferta de massagem para casal. Na prática, com o Long Weekends os hóspedes usufruem de três dias completos de estadia, pagando apenas duas noites.

Já a campanha Short Break 3=4 está disponível para estadias de domingo a quinta-feira durante o mês de julho. Na prática os clientes adquirem três noites de estadia e a quarta é oferta do resort.

As estadias através da campanha Long Weekends estão disponíveis a partir de 338€ por noite. Já a Short Break 3=4 contempla tarifas de estadia a partir de 322€ a noite. Estas são oportunidades únicas de usufruir do ambiente e comodidades de um dos melhores resorts algarvios, reconhecido com o selo Clean & Safe, emitido pelo Turismo de Portugal.

Em harmonia com os relevos circundantes e as falésias para o mar, este resort situado em Porches, oferece 11 hectares de jardins à beira-mar primorosamente cuidados, quatro piscinas de água salgada e uma de água doce e acesso direto à praia (semi-privativa). Também aqui se pode desfrutar de um wellness center que abriga um dos cinco melhores Centros de Talassoterapia do mundo e um Longevity Medical Spa e de inesquecíveis experiências gastronómicas no restaurante B&G, servidas com vista para o mar e confecionadas sob a mestria criativa do chefe Pedro Sequeira. 

Com 104 suites júnior, 7 suites e 12 apartamentos, em todas as unidades de alojamento se desfruta de espaços amplos e acolhedores, abundante luz natural e vistas de inigualável beleza para os jardins, as piscinas ou o mar no conforto do um terraço ou da varanda privada.

Reservas +351 282 320 000 | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

www.vilalararesort.com

BA&NVilalara2Vilalara1

Estão abertas as candidaturas à 2.ª edição da Bolsa Nacional para Projetos de Investigação em Microbiota, atribuída pela Biocodex Microbiota Foundation, com um prémio no valor de 25 mil euros. O tema escolhido para os projetos candidatos à edição 2021 é "Microbiota Gastrointestinal e Sistema Imunitário".

Bolsa Nacional para Projetos de Investigação distingue o melhor trabalho de investigação na área da Microbiota realizado por clínicos/investigadores que trabalhem em instituições científicas e tecnológicas portuguesas. As candidaturas devem ser enviadas, até ao dia 17 de dezembro de 2020, para o endereço de e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Os projetos vão ser avaliados por um júri independente constituído pelos quatro membros do Comité Científico da Biocodex Microbiota Foundation em Portugal e devem ter uma duração máxima de 18 meses. O projeto vencedor será anunciado em abril de 2021. 

Consulte o regulamento em:

https://www.biocodexmicrobiotafoundation.com/national-call-projects/portugal

PR IBiocodex

A Unidade de Ação Fiscal (UAF), efetuou uma grande operação, dando cumprimento a diversos mandados de busca e de detenção, tendo sido detidos seis indivíduos, através de uma operação realizada em articulação com a Direção de Finanças do Porto, sob Direção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto e com o apoio da EUROPOL e da EUROJUST, em território nacional e internacional.

A investigação, que teve a duração de cerca de um ano, desenvolvida pelo Destacamento de Ação Fiscal (DAF) do Porto, identificou um esquema de fraude organizada de dimensão transnacional, baseado na criação de empresas "fantasma" e na criação de circuitos de faturação fictícios, que visavam a evasão ao IVA e a obtenção indevida de reembolsos, com recurso a utilização fraudulenta do regime do IVA nas transações intracomunitárias.

Este esquema delituoso, vulgarmente conhecido por "fraude carrossel", envolvendo os principais grossistas nacionais no setor, consubstanciava-se na simulação de transmissões intracomunitárias de bens, como se de vendas para o mercado comunitário se tratassem, mas que, na realidade, eram transacionados em território nacional, incidindo sobre bebidas, alcoólicas e não alcoólicas, e bens alimentares.

Essas "simulações" de vendas para o mercado comunitário foram complementadas com a criação de um subsequente circuito formal de empresas completamente ficcionado, tanto no estrangeiro, como em Portugal, que incluía vários operadores missing traders em território nacional, os quais emitiam faturas fictícias que continham IVA, imposto esse nunca entregue ao do Estado e, dessa forma, permitiam a alguns desse grossistas obter um artificial crédito em sede de IVA, cujo montante, em alguns casos, foi solicitado ao Estado Português sob a forma de pedido de reembolso.

Além de defraudar o Estado Português, os referidos bens foram colocados no mercado abaixo do preço de custo, gerando uma concorrência desleal entre operadores e uma adulteração grave do mercado nacional nesses setores.

A organização criminosa logrou, com recurso a este esquema fraudulento, a obter uma vantagem patrimonial ilegítima de pelo menos 4,2 milhões de euros. Os suspeitos identificados encontram-se indiciados pelos crimes de fraude fiscal qualificada, introdução fraudulenta no consumo qualificada, associação criminosa, branqueamento, corrupção ativa e passiva, prevaricação e denegação de justiça.

No decurso desta operação policial, foram realizadas 142 diligências de busca, domiciliárias e em empresas, nos seguintes Estados Membros:

  • 135 em Portugal;
  • Sete no Reino de Espanha.

Em resultado das diligências realizadas, foram detidas seis pessoas para além de terem sido constituídas arguidas 18 sociedades comerciais e 32 pessoas singulares de nacionalidade portuguesa e estrangeira. Foi ainda apreendida diversa documentação e registos contabilísticos, bem como cerca de 20 mil euros em numerário e joias num valor de cerca de 45 mil euros. Atendendo à especificidade e complexidade da matéria objeto da investigação, participaram nesta operação peritos digitais forenses e analistas de informação da EUROPOL.

A Operação contou com o reforço de militares dos Comandos Territoriais da GNR do Porto, Braga, Aveiro e Évora, e da Direção de Investigação Criminal (DIC) da GNR, estando a ser empenhados 197 militares da GNR e 40 elementos da Autoridade Tributária (AT). No plano internacional a operação foi apoiada pela Unidade Central Operativa (UCO) da Guardia Civil, no Reino de Espanha.

Os detidos foram presentes ontem, dia 08 de julho, ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto para aplicação de medidas de coação, tendo sido um arguido sujeito a prisão preventiva e os restantes a apresentações periódicas bissemanais e proibição de contactos entre todos.

GNR-DCRPGNRUnidadeAcaoFiscal

Com as mais de 240 medidas de segurança implementadas pela Klépierre Ibéria, o Bureau Veritas, líder mundial em fiscalização, inspeção e certificação, atribuiu a autenticação Global Safe Site Excellence aos centros comerciais Aqua Portimão, Espaço Guimarães e Parque Nascente em Portugal.

Para a ativação do protocolo de segurança contra o COVID-19 nos seus centros comercais, a Klépierre Ibéria prioriza a saúde dos seus clientes e funcionários, bem como a reativação comercial. Facilitar o acesso a lojas e restaurantes era, e é uma necessidade urgente para a qual a Klépierre Ibéria coloca todos os seus recursos, sempre com a máxima garantia de segurança.

O Bureau Veritas, líder mundial em serviços de inspeção, certificação e testes, auditou as mais de 240 medidas de segurança e higienes, atribuindo à Klépierre Ibéria a certificação Global Excellence Site Safe. O Bureau Veritas, enquanto entidade independente, confirma com o selo a correta implementação de medidas de prevenção contra o COVID-19 nos centros comerciais Aqua Portimão, Espaço Guimarães e Parque Nascente em Portugal.

O Bureau Veritas auditou os processos da Klépierre Ibéria de acordo com os regulamentos do Ministério da Saúde, bem como as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para impedir a propagação do COVID-19. Mais concretamente, a Klépierre Ibéria implementou controlos de acesso, limites de capacidade, guias, marcações de distância, limpezas rigorosas e constantes, pontos de higienização, máquinas de venda automática com equipamentos sanitários e protocolos de prevenção visíveis aos clientes e colaboradores nos seus centros comerciais.

Conforme refere Luis Pires, Diretor Geral da Klépierre Espanha e Portugal, “O nosso forte compromisso com a reativação da atividade comercial sempre foi acompanhado pelo forte compromisso com o bem-estar dos clientes e trabalhadores dos centros comerciais Klépierre Ibéria. Com o selo Global Safe Site Excellence, emitido pelo Bureau Veritas, certificamos oficialmente o esforço e o trabalho em equipa que a Klépierre Ibéria realizou com o único objetivo de facilitar o acesso máximo aos nossos centros comerciais para revitalizar a atividade produtiva e cumprindo sempre todas as medidas de segurança e prevenção da saúde.”

Por sua vez, Bertrand Martin, Presidente Executivo do Bureau Veritas Espanha e Portugal, destaca que “por meio da Global Safe Site Excellence, a Klépierre Ibéria garante a confiança necessária na implementação de suas medidas contra o COVID-19. Reforça ainda o seu firme compromisso na implementação de protocolos que demonstram a robustez de seus processos, com o objetivo de proteger os seus clientes e colaboradores. Através dos nossos serviços no Bureau Veritas, ajudamos organizações de todos os setores, como a Klépierre Ibéria, a reiniciar suas atividades normais para enfrentar os desafios que essa nova situação coloca.”

A Klépierre Ibéria continua a trabalhar arduamente para consolidar a segurança de todos os seus colaboradores, visitantes e fornecedores na recuperação do setor face à pandemia atual.

Companhia SoluçõesCertificacaoKlepierre

A Caixa tem aprovado pelas SGM, até 6 de julho, 929M€ do crédito que submeteu. E disponibilizou às empresas 782M€ ao abrigo das várias linhas de apoio à pandemia Covid-19 com garantia das SGM (Sociedade de Garantia Mútua), ou seja, disponibilizou 84% do valor que já tem aprovado e não 41%, como está referido no Inquérito ao Contexto Empresarial de junho da AIP. 

Desde maio que a Caixa disponibiliza os fundos às empresas assim que tem o contrato assinado pelo cliente e a documentação completa exigida, sem aguardar pela assinatura final das SGM. O valor referido no documento da AIP tem por base informação para uma amostra de empresas, que não reflete a situação atualizada. 

A Caixa é dos bancos com maior percentagem de candidaturas a “aguardar decisão” das SGM. Estas candidaturas, previamente concertadas com os clientes, vão sendo servidas à medida que o plafond da linha de 6,2 mil M€ vai ficando liberto, dado haver empresas que não pretendiam recorrer a crédito ou decidem não contratar no prazo de 30 dias úteis após a aprovação pelas SGM e as candidaturas caducam.

A Caixa submeteu propostas de 6.500 empresas. De acordo com informação disponível no sistema, a Caixa estava, no final de junho, com uma quota superior a 14%, que estimamos que continue a crescer à medida que o plafond seja libertado pelas SGM, depois de eliminadas as operações repetidas pelo mesmo banco ou por falta de interesse dos clientes. Isto permitirá à Caixa enquadrar as operações que tem a aguardar aprovação.

Adicionalmente, a Caixa financiou em linhas específicas FEI Covid cerca de 279M€, até à presente data, para 3.700 empresas, maioritariamente micro e pequenas empresas, assegurando desta forma, a satisfação das necessidades da generalidade dos seus clientes. 

Os montantes, anteriormente referidos, são uma parte dos 3,5 mil milhões de euros que a Caixa disponibilizou às empresas desde o início do ano. A este valor acresce um montante de 4,8 mil milhões de euros em linhas contratadas e não utilizadas, e outro montante de 3,3 mil milhões de euros em linhas aprovadas e não contratadas. No total são 11,6 mil milhões de euros disponibilizados ao tecido empresarial português em 2020.

LG CGDCGDLisboa

Autoridades nas fronteiras com Espanha para informar sobre medidas em vigor em Portugal - Não obstante a reabertura das fronteiras terrestres com Espanha, no passado dia 1 de julho, mantém-se a presença do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e da GNR para controlos móveis, de carácter aleatório e temporário, a viaturas de transporte coletivo de passageiros, autocaravanas e viaturas ligeiras, nas fronteiras de Valença, Quintanilha, Vilar Formoso, Caia e Castro Marim. O objetivo é assegurar que todos os cidadãos que entram em território português através das fronteiras internas são integralmente informados das medidas relativas ao estado de alerta, contingência e calamidade que vigoram em Portugal. Consulte o Site AHRESP.

Aeroportos portugueses com rastreio de temperatura a todos os passageiros - Desde o dia 4 de julho todos os passageiros que chegam aos aeroportos portugueses são submetidos ao rastreio de temperatura por infravermelhos, sendo que os passageiros que mantenham a mesma situação de febre, após realização de segundo rastreio, serão submetidos ao teste à COVID-19. Paralelamente, as companhias aéreas, que operam a partir de origens identificadas como de risco epidemiológico e as que operem a partir dos países de língua oficial portuguesa e dos Estados Unidos, não podem embarcar passageiros não portugueses ou não residentes em Portugal, com destino a Portugal, que não apresentem à partida prova de realização de teste à COVID-19, com resultado negativo, nas 72 horas que antecederam o voo, sob pena dos mesmos serem realizados, em território português, a expensas dos passageiros. Consulte o Site AHRESP.

Bairros Saudáveis – O Governo já publicou o Programa Bairros Saudáveis, que tem como objetivo financiar projetos que promovam iniciativas de saúde, sociais, económicas, ambientais e urbanísticas junto das comunidades locais mais atingidas pela pandemia, ou por outros fatores que afetam condições de saúde e bem-estar. No contexto da atual pandemia da doença COVID-19 pretende-se ainda realçar a necessidade de promover a resiliência sanitária e a melhoria da coesão social, do habitat, das condições ambientais e da qualidade de vida das comunidades locais. A dotação orçamental é de 10 milhões de euros e a sua Coordenadora é a Arquiteta Helena Roseta. Consulte o Site AHRESP.

Programação Cultural em Rede - As câmaras municipais vão ter acesso a 30 milhões de euros através de fundos comunitários para programação cultural. A medida faz parte da Programação Cultural em Rede, do Programa de Estabilização Económica e Social. Trata-se de uma medida que pretende ajudar a realização de atividades culturais e turísticas, permitindo que as próprias associações culturais apresentem projetos em parceria com os municípios. Consulte o Site AHRESP.

AHRESP faz apelo à forma de atuar das forças policiais – Tendo em consideração as várias notícias que dão conta da insatisfação dos turistas que nos visitam e que alegam a forma desadequada como atuaram as forças de segurança, mas sem querer colocar em causa a necessidade de se fazer cumprir as regras que se impõem nesta fase, a AHRESP apela a que esta matéria seja tratada com sensibilidade e bom senso para que não se passe uma imagem errada do nosso país e até das nossas polícias, o que trará prejuízo para o nosso Turismo e para a nossa economia, numa altura em que se deseja a sua promoção. Consulte o Site AHRESP.

Medidas

Aplicação da taxa reduzida de IVA - A AHRESP defende a urgente aplicação da taxa reduzida de IVA nos serviços de alimentação e bebidas até 30 de junho de 2021, como forma de apoio à capitalização das nossas empresas. Esta medida acaba de ser implementada no Reino Unido, com a redução da taxa do IVA de 20% para 5%, como forma de estimular a recuperação económica pós-pandemia covid-19. A aplicação da taxa reduzida a estes serviços tem sido aprovada por vários Países como a Alemanha, Grécia, Áustria, Noruega, Bulgária, entre outros. Consulte o Site AHRESP.

Medidas urgentes para salvar o emprego – Os Setores da Restauração e Bebidas e do Alojamento Turístico no nosso país empregavam mais de 375 mil trabalhadores em 2018. Muitos destes postos de trabalho diretos estão hoje em risco e o Algarve poderá ser uma das regiões mais penalizadas na Europa. O alerta é dado pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE), no Outlook Employment 2020, publicado esta terça-feira. Nessa sequência, a OCDE defende que são necessários apoios às empresas para garantirem empregos, tal como tem vido a ser dito pela AHREP. São necessárias medidas simples, suficientes e que cheguem rapidamente à economia e às empresas. Consulte o Site AHRESP.

AHRESPAHRESP

• Iniciativa, que visa sensibilizar para o desconfinamento em segurança, conta com o apoio de Marcelo Rebelo de Sousa e a presença de diversos Secretários de Estado.
• Distribuição decorre este sábado, em simultâneo nos 18 distritos e ilhas.

A Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) promove, no dia 11 de julho, às 16h, uma ação nacional, realizada em simultâneo em 20 cidades, para sensibilizar para um desconfinamento em segurança. Com o slogan “O risco é real. Sê o herói deste verão!”, a iniciativa, que conta com o apoio da Presidência da República, vai envolver 24 federações regionais/distritais e associações juvenis na distribuição de máscaras de proteção em praias litorais e fluviais e parques.

A ação pretende alertar para as medidas de segurança a ter nesta fase de pandemia e comprometer os jovens no combate à Covid-19, posicionando-os como agentes de saúde pública. Contará com 235 jovens voluntários de federações e associações de todo o país, distribuídos por 25 brigadas, e com a presença de alguns Secretários de Estado. João Paulo Rebelo, Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, acompanhará o grupo de jovens em Coimbra, António Sales, Secretário de Estado da Saúde, em representação da Ministra da Saúde, estará em Aveiro, Duarte Cordeiro, Secretário de Estado dos Grupos Parlamentares, em Odivelas, e José Apolinário, Secretário de Estado das Pescas, junta-se à iniciativa na praia de Faro. No Porto, em Vila Nova de Gaia, estará Eduardo Pinheiro, Secretário de Estado da Mobilidade.

“Nesta altura de desconfinamento, com esta campanha da rede associativa juvenil, pretendemos envolver os jovens numa causa que é de todas as gerações. Assim, a FNAJ está a reforçar a comunicação entre pares, para aumentar a segurança e diminuir comportamentos de risco neste contexto de pandemia, fazendo da juventude parte da solução desta provação global. Percebemos que, passado tanto tempo em isolamento, com a chegada do período de férias e com as interdições impostas sem soluções equivalentes tudo se complica, mas isso não quer dizer que nós, jovens, não possamos sair, estar com os nossos amigos e divertirmo-nos em segurança. Por isso, sem moralismos ou paternalismos, estamos a desafiar os jovens a serem os heróis deste verão comprometendo-os e consciencializando-os para gestos que fazem toda a diferença na segurança de todos – sobretudo dos mais vulneráveis. Além disso, queremos alertar para o uso consciente das máscaras e para o impacto ambiental que pode ter uma máscara largada no chão, além do perigo para a saúde pública”, refere Tiago Manuel Rego, presidente da FNAJ.

A atividade de sensibilização surge no âmbito da campanha “Desconfinar Jovem – A Tua Causa”, que visa promover as associações juvenis como espaços seguros para atividades recreativas, culturais e desportivas neste contexto de pandemia, assim como ajudar os mais novos a voltar às rotinas com total segurança. Além deste action day nacional, a campanha envolve também uma ação digital com a partilha de boas práticas e um manual de recomendações para reabertura dos espaços associativos, lançado recentemente em parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa.

A campanha conta ainda com o contributo do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que, num vídeo de apoio à iniciativa, apela a que os jovens usem a criatividade e imaginação para este período de desconfinamento, que exige de todos também um forte sentido cívico.

LOCAIS DA AÇÃO

Açores - Vila Franca do Campo | Praia da Vinha da Areia
Aveiro - Ílhavo | Praia da Barra
Bragança - Macedo de Cavaleiros e Mogadouro | Praia fluvial do Azibo e centro da vila de Mogadouro Castelo Branco | Campo Mártires da Pátria
Coimbra | Praia Fluvial do Rebolim, junto ao pólo II da Universidade
Braga - Esposende | Praia de Ofir
Évora - Portel | Praia da Amieira
Faro | Praia de Faro
Guarda | Praia Fluvial de Valhelhas
Madeira - Câmara de Lobos | Praia do Vigário
Leiria - Pedrogão Grande| Praia do Pedrógão
Lisboa - Cascais | Praia de Carcavelos
Lisboa - Oeiras | Praia Santo Amaro de Oeiras
Lisboa - Odivelas
Porto - Vila Nova de Gaia | Praia de Miramar/Francelos
Santarém - Abrantes | Praia fluvial da Aldeia do Mato
Viseu - Tondela | Parque Urbano de Tondela
Viana do Castelo |Praia Fluvial Barracão dos Touros e Jardim da Marina
Vila Real - Valpaços | Rio Miradeses

Sobre a FNAJ

A Federação Nacional das Associações Juvenis tem como missão a representação do tecido associativo juvenil perante os poderes públicos e políticos, defendendo os interesses e as necessidades da juventude portuguesa. Funcionando como estrutura chapéu para as associações juvenis, atua também na criação de oportunidades, no empoderamento juvenil e na promoção do trabalho em rede entre os movimentos associativos. Atualmente, conta com 1200 associações filiadas e cerca de 500 000 jovens envolvidas de norte a sul do país.

www.fnaj.pt | Instagram | Facebook

The SquareVoluntarioFNAJ

Na semana em que as fronteiras entre Portugal e Espanha estão novamente abertas, as Pousadas de Juventude e Albergues Juveniles juntaram-se para oferecer 50 packs de alojamento num passatempo de verão.

O giveaway acontece nas páginas de Facebook e Instagram das duas organizações e permitirá que os utilizadores tenham acesso a duas noites, para duas pessoas, com direito a alojamento e pequeno-almoço.

Esta oferta estará disponível em qualquer uma das Pousadas geridas pela Movijovem e pela Rede Espanhola de Albergues Juvenis, sendo que destes 50 packs, 25 poderão ser utilizados em Portugal e 25 em Espanha. As duas organizações de turismo juvenil têm unidades presentes em todo o território dos dois países.

O passatempo já está a decorrer nas páginas de Facebook e Instagram das Pousadas de Juventude, sendo que, para vencer, os utilizadores terão de responder a uma pergunta semanal, identificar um amigo nos comentários e seguir as Pousadas de Juventude e os Albergues Juveniles em ambas as redes sociais.

O regulamento do concurso pode ser consultado em:

PousadaJuventudeMovijovem
 
 

 

A partir de 1 de julho, com a abertura da fronteira entre Espanha e Portugal, os residentes e visitantes da Eurocidade do Guadiana poderão retomar suas atividades transfronteiriças, respeitando as medidas de segurança e o distanciamento social.

Desde que a fronteira entre os dois países que compõem a Eurocidade do Guadiana foi encerrada em 16 de março, os moradores dos municípios que a compõem, Ayamonte no lado espanhol e Castro Marim e Vila Real de Santo António no lado português, viram reduzido o território em que tradicionalmente exercem suas atividades sociais, comerciais ou de lazer. Além do forte impacto sobre a economia, devido ao fato de que o comércio e os serviços dessas localidades serem principalmente nutridos pela transferência entre municípios, a vida social e familiar dos seus habitantes também teve um impasse sem precedentes nos últimos 120 anos.

Para comemorar a abertura das fronteiras, a presidente da Eurocidade do Guadiana e presidente do município de Ayamonte, Natalia Santos, juntamente com os presidentes das Câmaras de Castro Marim e Vila Real de Santo António, Francisco Amaral e Conceição Cabrita, irão reunir-se no Posto de Turismo da Ponte Internacional de Guadiana às 12:00 horas (hora portuguesa), num acto organizado pela AMAL, a Comunidade Intermunicipal do Algarve.

"Portugal é muito importante para nós em todos os sentidos, especialmente para a economia. Ayamonte é um município fronteiriço que tem como principal fonte de rendimento o comércio e o turismo, portanto, a abertura da fronteira é essencial para a economia local, no entanto, não podemos esquecer de manter todas as precauções e medidas de segurança para continuar lutando contra a pandemia ", disse Natália Santos.

Luis Romão, diretor da Eurocidade do Guadiana, acrescentou: "Para os portugueses, a abertura da fronteira é basicamente um retorno à normalidade. Além da parte económica, a convivência com Espanha faz parte da nossa cultura, das nossas tradições e da nossa identidade, sentimos falta dos cheiros, sons e sabores da Espanha".

A fronteira terrestre da Eurocidade do Guadiana será aberta amanhã, dia 1 de julho, embora o transporte fluvial entre os municípios de Ayamonte e Vila Real de Santo António ainda irá continuar interrompido devido a atrasos administrativos causados pela crise sanitária e espera-se que seja retomado nos próximos dias.

YMC AyamontePonteGuadianaEurocidadeEurocidadeGuadiana

Ferramentas para alcançar o bem-estar e a tranquilidade, no novo encontro INTREPIDA da Fundación Tres Culturas del Mediterráneo. A empreendedora Pilar Ariza explicará como melhorar os estados de atenção e de relaxamento através de mindfulness (atenção plena).

A Fundação Tres Culturas del Mediterráneo continua durante o mês de julho com os seus encontros INTREPIDA online, para divulgar o trabalho de empresárias andaluzas e portuguesas. 

O próximo dia 8 de julho é a vez do bem-estar e da tranquilidade, graças ao encontro com Pilar Ariza, fundadora da Mindfulness Sevilla, que compartilhará com os participantes neste novo encontro algumas das ferramentas para cultivar a ligação com o momento presente e com a vida, permitindo assim aceder a estados de maior atenção, bem-estar e tranquilidade. 

Vivemos tempos de constante incerteza que causam stress e falta de concentração, problemas que se agravaram para muitas pessoas pela crise de saúde e em todos os níveis, causados pelo COVID-19 e pelas mudanças vitais às quais fomos submetidos em consequência.

Além disso, há cada vez mais elementos que distraem, exigem energia e atenção e reduzem a capacidade de concentração no trabalho, nas relações pessoais ou no desenvolvimento de um planeamento de tempo e de esforço que nos ajude a otimizar esses recursos com base em necessidades reais. Tudo isso pode provocar com alguma frequência e em qualquer pessoa, um sentimento de desânimo, deceção e frustração, por não conseguir alcançar os objetivos propostos ou por se perder o sentido da vida. 

Pilar Ariza com a sua empresa, desenvolve o seu trabalho em Mindfulness, ajudando a alcançar uma ligação maior com o que estamos fazendo no momento presente, através do treino da atenção, o relaxamento e outras habilidades que já existem em nós e que podemos potenciar. Além disso, é especializada na redução do stress por meio de métodos praticados há muito tempo no campo da medicina e da educação, entre outros.

Este encontro INTREPIDA, que pode ser seguido desde a sua casa e que se vai realizar no próximo dia 8 de julho, a partir das 19:00, (espanholas menos 1 hora em Portugal), é destinado a quem deseje melhorar qualquer aspeto da sua vida ou a sua maneira de enfrentar os problemas e será de especial interesse para todos aqueles empreendedores que diariamente encontram inúmeros obstáculos para conciliar a vida profissional e pessoal, calmamente. 

O acesso é grátis e a inscrição faz-se através deste link ou no site da Fundación Tres Culturas del Mediterráneo. Após a apresentação, haverá a possibilidade de diálogo e de resposta às dúvidas que surjam.

https://zoom.us/meeting/register/tJIpd-6trzopGNTBQbgFmYk5JqC7MYIwhqzs

Mais informação sobre Mindfulness Sevilla e a sua fundadora, Pilar Ariza: https://www.mindfulnesssevilla.es/

A Fundación Tres Culturas del Mediterráneo é a principal beneficiária do projeto INTREPIDA plus, juntamente com os seguintes parceiros de Espanha e Portugal: Diputación de Huelva, Mancomunidad Desarrollo Condado de Huelva, Núcleo de Empresários da Região de Portalegre (NERPOR) e do Núcleo Empresarial da Região de Évora (NERE). O projeto INTREPIDA plus tem financiamento europeu do programa INTERREG VA Espanha-Portugal (POCTEP).

Tres CulturasPilarArizaIntrepida

A Eurocidade do Guadiana, composta por Ayamonte, no lado espanhol, Castro Marim e Vila Real de Santo Antônio, no lado português, promoverá o conhecimento e o desfrute dos valores culturais comuns através da musealização de todo o seu território.

A ação Território Museu é talvez uma das mais impressionantes dentre as partes do projeto EuroGuadiana 2020. O objetivo inicial era reunir a oferta cultural e de lazer dos três municípios e incentivar a rotatividade entre municípios de moradores e visitantes.

O trabalho anterior consistiu em coordenar os quadros municipais de cultura, património e turismo e os responsáveis ​​pela governança, as autoridades, para definir quais elementos devem ser destacados em cada uma das populações.

Nas palavras de Raquel Moura, responsável técnica da área de Juventude e Educação do Município de Ayamonte, “o Território Museu é um contentor virtual onde serão englobados os principais valores culturais e patrimoniais dos três municípios, articulados por diferentes eixos orientadores. O projeto incluirá património móvel: edifícios históricos ou igrejas; património cultural imaterial como usos e costumes, tradições ou gastronomia; e património natural, como zonas úmidas, flora e fauna. Esses eixos promoverão o consumo de experiências culturais, para residentes e turistas, e o conhecimento de valores culturais comuns ”.

“Este território, que se organiza na desembocadura do Guadiana, mantém uma história comum, fazendo com que se apresente uma interessante diversidade dentro desta unidade que o constitui. É preciso pensar na produção de um discurso museográfico que ligue essas diversas realidades que pretendem interpretar e valorizar ”, acrescentou Miguel Godinho, Técnico Superior de Património Cultural na Câmara Municipal de Vila Real de Santo António. 

O caminho para a criação do Território Museu está atualmente na fase de seleção da empresa que realizará o primeiro trabalho: o estudo museográfico. Este estudo definirá porquê e como serão a programação cultural e os itinerários do museu, para garantir que seja atraente no conjunto da sua oferta, que seja diferente do que existe em outros lugares, e que também seja uma senha de identidade do território.

Em suma, o Território Museu da Eurocidade do Guadiana pretende ser não apenas um instrumento de coesão e um símbolo de nossa identidade compartilhada, mas também procura criar uma realidade tangível para que residentes e visitantes possam reconhecer o território das três populações desde aquela visão conjunta que a história moldou nos últimos três mil anos.

O Território Museu é uma ação incluída no projeto Euroguadiana 2020: Laboratório Europeu de Governança Transfronteiriça, co-financiado pelos Fundos Feder da União Europeia através do programa Interreg-VA.

InterregTerritorioMuseuEurocidade

Portugal e Espanha vão manter, até ao dia 30 de junho, o controlo de pessoas nas fronteiras entre os dois países, no âmbito das medidas de combate à pandemia da doença COVID-19.

A decisão de manter esta reposição de controlo nas fronteiras, a título excecional e temporário, foi concertada entre o Governo da República Portuguesa e o Governo do Reino de Espanha, e resulta da avaliação da situação epidemiológica na União Europeia, atendendo igualmente às medidas propostas pela Comissão Europeia.

Aos Pontos de Passagem Autorizados (PPA) já previstos anteriormente, Portugal e Espanha acordaram a abertura de mais quatro, nos dias úteis, entre as 7h00 e as 21h00:

- Melgaço, Lugar do Peso, km 19,800, EN 202;

- Monção, Avenida da Galiza, km 15,300, EN 101;

- Miranda do Douro, km 86,990, EN 218;

- Vila Nova de Cerveira, km 104,500, EN 13.

Estes quatro novos Pontos de Passagem Autorizados juntam-se a Valença, Vila Verde da Raia, Quintanilha, Vilar Formoso, Termas de Monfortinho, Marvão, Caia, Vila Verde de Ficalho e Castro Marim, que funcionam em permanência.

Para além destes PPA, já tinham sido autorizados recentemente os PPA de Mourão (que funciona nos dias úteis, das 07h00 às 09h00 e das 18h00 horas às 20h00), de Rio de Onor (às quartas-feiras e aos sábados, das 10h00 às 12h00), de Tourém (às segundas-feiras e às quintas-feiras, das 6h00 às 8h00 e das 17h00 às 19h00) e de Barrancos (às segundas-feiras e às quintas-feiras, das 6h00 às 8h00 e das 17h00 às 19h00).

O acordo mantém suspensos todos os voos com origem ou destino para Espanha, com exceção das aeronaves do Estado, das Forças Armadas, das que integram o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, bem como voos para transporte de carga e correio, voos de caráter humanitário ou de emergência médica.  Passa a ser autorizada a entrada de passageiros oriundos de países europeus não pertencentes ao Espaço Schengen, exceto quando em trânsito para outros países onde não têm liberdade de circulação .

Mantém-se igualmente suspensa a circulação ferroviária, exceto para o transporte de mercadorias, e o transporte fluvial entre os dois países. Passa, no entanto, a ser possível a atracagem de embarcações de recreio e o desembarque de pessoas.

Mantém-se também proibida a circulação rodoviária, independentemente do tipo de veículo, com as seguintes exceções:

- Direito de entrada dos cidadãos nacionais e dos titulares de autorização de residência nos respetivos países;

- Circulação do pessoal diplomático, das Forças Armadas, das Forças e Serviços de Segurança, profissionais de saúde e socorro, do pessoal afeto ao Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais;

- Circulação para efeitos de reunião familiar;

- Acesso a unidades de saúde, nos termos de acordos bilaterais relativos à prestação de cuidados de saúde;

- Direito de saída dos cidadãos residentes noutro país;

- Direito de entrada e de saída do território nacional dos trabalhadores sazonais com relação laboral comprovada documentalmente.

Tal como nos períodos anteriores em que foi reposto o controlo da fronteira interna, esta decisão de prorrogação é reavaliada a cada 10 dias.

MAIAdministracaoInterna

  • Nomeação do académico Aladje Baldé é válida por seis meses e tem em conta o elevado risco de propagação da pandemia no país que tem atualmente 36 casos confirmados de Covid-19.

O Professor Aladje Baldé, Reitor da Universidade Jean Piaget da Guiné-Bissau (UniPiaget), acaba de ser nomeado Alto Comissário para o Covid-19 naquele país lusófono.

A nomeação, válida por um período de seis meses, foi efetuada por despacho do Instituto Nacional da Saúde Pública (INSP) da Guiné-Bissau, a entidade responsável pela gestão do Sistema Nacional de Vigilância em Saúde. O despacho de nomeação chama também a atenção para o alto risco de propagação da pandemia no país.

O Professor Baldé é doutorado em Biotecnologia, desempenhando as funções de Reitor da UniPiaget desde 2014. Com 55 anos, e uma carreira internacional ligada a vários países, é um dos mais conceituados quadros guineenses, com um trabalho vasto na área da biologia.

A Universidade Jean Piaget da Guiné-Bissau (UniPiaget) faz parte do universo mais vasto e dinâmico do Instituto Piaget, com presença nos vários países de expressão portuguesa, como Angola, Moçambique, Cabo Verde e Brasil, além de Portugal. Dotada de instalações próprias e bem equipadas, disponibiliza formação universitária em áreas tão diversas como a Medicina, Engenharia e Ensino, contribuindo para a criação de uma nova bolsa de quadros capazes de liderar o processo de desenvolvimento do país.

Além da preocupação com uma formação de qualidade, estas várias instituições do Ensino Superior em Língua Portuguesa destacam-se pelo seu papel ativo ao lado das comunidades onde estão inseridas, em convergência com um dos eixos estratégicos de intervenção do Instituto Piaget.

No âmbito do combate ao Covid-19, as autoridades guineenses declararam o estado de emergência e o encerramento das fronteiras aéreas, terrestres e marítimas no país, sendo estas medidas acompanhadas de um conjunto mais amplo de restrições, a exemplo do que já acontece em muitos outros países africanos.

Nos últimos dias, as autoridades sanitárias têm insistido para que os guineenses cumpram com as recomendações e evitem sair de casa. Entre as restrições impostas destaca-se a que só permite que as pessoas circulem entre as 7 e as 11 da manhã. A população tem igualmente sido incentivada a usar máscaras nas suas deslocações aos mercados para comprar alimentos e a criar as suas próprias máscaras de proteção, tendo em conta o custo elevado deste material.

De acordo com os últimos dados, a Guiné-Bissau regista 38 casos confirmados de Covid-19, sendo 58% homens e 42% mulheres, quase todos concentrados na capital, enquanto aguarda o resultado de análises feitas a vários casos considerados suspeitos. Entretanto, 3 casos já foram dados como recuperados.

No total, o novo coronavírus já provocou 630 mortos em África, havendo o registo de 12.219 casos em 52 países, enquanto 1.313 pessoas já recuperaram.

Sobre o Instituto Piaget

O Instituto Piaget tem consolidado, ao longo dos seus 40 anos de existência, o ensino superior, a investigação e as áreas de intervenção nas comunidades onde tem os seus campi (4), através das suas Escolas e Institutos (num total de 7 instituições de Ensino Superior em Portugal). O projeto do Instituto Piaget está presente, desde 1999, nos países lusófonos, tais como: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique. Atento aos problemas das comunidades envolventes nos seus polos de atuação, tem vindo a estabelecer medidas de intervenção com instituições da sociedade civil, criando outras entidades — por sua iniciativa — para agilizar as suas ações e estabelecer pontes entre o Instituto Piaget e a comunidade, através de projetos associados. É o caso da ONGD Agência Piaget para o Desenvolvimento, da NucliSol Jean Piaget, das Edições Piaget, entre outros projetos.

BIG Question

ReitorUniversidadeGuineReitorUniversidadeGuine1ReitorUniversidadeGuine2

De segunda a sexta-feira, no "Sair a Jogar" não perca a presença de cinco internacionais que representaram Portugal no Euro 2016: Adrien, José Fonte, Vieirinha, Bruno Alves e Éder.

Sexta-feira, dia 10 de julho, reveja todos os jogos da Seleção desde os oitavos até à final: Croácia-Portugal às 9:10, Polónia-Portugal às 12:00, Portugal-País de Gales às 19:15 e a final Portugal-França às 23:15.

Também na sexta-feira, às 22:00, assista ao Futebol Total Especial, dedicado à noite mágica de Paris: 4 anos depois, os campeões da Europa vão estar juntos de novo, no Canal 11, para lembrar esta noite de sonho!

VEJA AQUI A PROGRAMAÇÃO

 Canal11
FutebolCanal11

No passado dia 2 de julho foi assinado um protocolo de parceria entre o São Pedro F.C.F. e o C.F. “Os Bonjoaneneses” Faro. Considerando a importância das parcerias no tecido associativo, nomeadamente, no associativismo desportivo, os dois clubes da cidade de Faro, pretendem com este protocolo estabelecer condições para a transição vertical de atletas que praticam futsal na cidade.

O protocolo, que é a conjugação de sinergias e uma simbiose entre os dois projetos desportivos, é válido por três anos, focado na formação de atletas e pressupõe, concretamente, que os jovens que iniciam o seu percurso desportivo no São Pedro Futsal possam transitar para o escalão de juniores e, consequentemente, de seniores do C.F. “Os Bonjoanenses” Faro.

A assinatura deste protocolo foi feita no IPDJ com a presença do Diretor Regional deste organismo, Custódio Moreno, com o Vice-Presidente e Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Faro, Paulo Santos, com o Presidente da União de Freguesias de Faro, Bruno Lage, e com o Responsável pelo Futsal da Associação de Futebol do Algarve, João Pedro. Todos foram unânimes quanto ao momento histórico presenciado, visto que a conjugação de sinergias em prol dos atletas deve ser o objetivo maior dos clubes desportivos. O dirigente máximo do desporto no Algarve, Custódio Moreno, fez mesmo referência ao momento como “histórico para a cidade, região, país e mesmo internacional e hoje devemos todos orgulhar-nos do que está aqui a acontecer, pois revela uma grande visão estratégica destes dois clubes que aqui estão”.

Na apresentação do protocolo, os presidentes dos clubes referiram a importância desta parceria. A Presidente do São Pedro F.C.F., Claúdia Castanheira, começou por apresentar os moldes em que o protocolo foi definido, referindo que "é com muito orgulho que assinámos este protocolo com “Os Bonjoanenses” garantindo, assim, aos nossos atletas uma continuidade na modalidade pois, quando transitam para o escalão de Juniores, passam para um clube com valores muito semelhantes aos nossos. É sem dúvida uma mais valia para os atletas e para a modalidade.” Para António Canário, Presidente do C.F “Os Bonjoanenses” Faro, “este protocolo reveste-se de crucial importância para o nosso clube que está, cada vez mais, focado na formação dos jovens e que pretende ganhar cada vez mais músculo e elevação desportiva nesta modalidade. O São Pedro Futsal é um clube assente em valores semelhantes ao C.F. “Os Bonjoaneneses” Faro e, desta forma, esta cooperação dá continuidade ao projeto sustentado e dinâmico do nosso clube na modalidade de futsal”.

Para além das entidades oficiais estiveram presentes atletas, treinadores, sócios e dirigentes dos dois clubes, tendo sido respeitadas todas as normas da DGS.

CF Os BonjoanensesProtocoloFutsalFaro1

No âmbito do Programa de Apoio ao Desporto (PAD) para a época 2019/20, a Câmara Municipal de Lagos decidiu reforçar em 59.769,50€ os apoios a atribuir às entidades desportivas locais. A verba destina-se à comparticipação da organização de eventos desportivos (Medida 3 do PAD), a projetos inovadores desenvolvidos com a comunidade (Medida 4) e ao Patrocínio Desportivo (Medida 1).

Os beneficiários são: o Clube de Ténis de Mesa de Lagos (pela organização dos eventos Taça de Portugal e Campeonato Nacional Individual em Infantis Seniores Femininos e pela dinamização do projeto “Polybat”, destinado a crianças com necessidades específicas); o Andebol Clube Costa Doiro (pelo seu projeto “Andebol de Rua” dinamizado, de setembro a março deste ano letivo, junto das crianças do 1.º Ciclo de Ensino Básico); e o Clube de Futebol Esperança de Lagos (a título de apoio à participação e manutenção da sua equipa sénior no Campeonato de Portugal – Série D).

Na mesma reunião, do passado dia 17/06, a autarquia decidiu também manter, relativamente a algumas medidas, e reforçar, no caso de outras, os apoios à componente da formação desportiva anteriormente aprovados para a época em curso, designadamente: a comparticipação das mensalidades dos atletas beneficiários de escalão A e B; a compensação financeira para os coordenadores técnicos das várias modalidades/clubes; a comparticipação da formação técnica, da aquisição de material de desgaste, das despesas de ordem associativa e reparação de viaturas; e a comparticipação de todas as despesas de preparação de eventos que, apesar de cancelados devido à pandemia, representaram encargos para os clubes.

SC da CM LagosCamaraMunLagos1

Tiago Dias e a sua equipa regressaram ao Autódromo Internacional do Algarve oito anos depois da sua última participação em Superbike, no sempre espectacular traçado localizado no sul do país, para a realização da segunda prova do Campeonato Nacional de Velocidade 2020. Um regresso carregado de emoção e sentimentos, mas que nem sempre foi fácil para a estrutura da Parede, que efectuou um grande trabalho nos acertos da Yamaha R1 de Dias, até ao momento da queda na sessão de qualificação, que viria a alterar o rumo do fim-de-semana.
 
As consequências da mesma ditaram sérios danos na moto do Team Dias SBK, com a equipa a ser colocada à prova para rever e recuperar todos os componentes da moto, para que Tiago tivesse a chance de alinhar nas restantes sessões do evento. Um obstáculo ultrapassado, apesar de relegar piloto e equipa para a última posição da grelha de partida. Os problemas técnicos viriam a persistir, obrigando o número #55 a regressar às boxes ainda antes de alinhar na grelha de partida, comprometendo a primeira corrida. Após rápida intervenção do técnicos - e embora as voltas da corrida começassem a contar - Tiago regressou à pista com o problema definitivamente resolvido.
 
A causa, um rolamento defeituoso no trem dianteiro da R1, que causava oscilação, comprometendo a travagem da rápida Superbike. Mesmo depois de ser trocado todo o sistema de travagem, estava finalmente encontrada a explicação dos problemas, para a estranha e aparatosa queda sofrida pelo piloto e das dores de cabeça sofridas por todos os membros da equipa. Domingo, após o 'warm up', Tiago estava finalmente confortável para enfrentar a segunda corrida.
 
Na segunda corrida, Dias não teve hipótese senão lutar contra o prejuízo, arrancando da última posição da grelha. O seu ritmo volta após volta viriam a ser determinantes no seu desempenho, recuperando várias posições até terminar na oitava posição. A sua prestação continua a ser pautada pela rápida re-adaptação à classe Superbike, revelando sempre bons tempos em pista e deixando antever nova evolução no regresso ao Circuito do Estoril, na terceira prova do CNV Moto 2020.
 
Tiago Dias #55
"Chegámos quinta-feira à noite para rodar no dia a seguir. Entrámos no fim-de-semana com a mesma atitude que no Estoril. Era um fim-de-semana de voltar a reconhecer e reviver muitas coisas, e ter muitas sensações da pista outra vez. Sexta-feira foi um dia complicado. A minha equipa, com um trabalho incansável, dedicou-se às suspensões e geometria da moto para que eu me sentisse mais confortável.
Ainda na sexta-feira, ao fim do dia, arriscámos uma configuração nova para sábado, que resultou e sempre com pneus usados. Sábado na sessão de qualificação colocámos pneus novos e ia tentar forçar um bocado para tentar realmente ver onde estávamos (tempos), mas infelizmente um defeito no rolamento da frente fez com que as minhas pinças recolhessem e ficasse sem travões e sofri uma queda um bocado aparatosa, que estragou um bocado a moto.
Mais uma vez e graças ao incansável trabalho da minha equipa - a quem tenho que agradecer muito - conseguimos ter a moto boa para a primeira corrida. Achávamos nós que estava tudo bem, depois de trocarmos o sistema de travagem completo. Quando arranquei para a grelha voltei a ficar sem travões nessa volta e voltei às boxes. Aí percebemos que o problema não era dos travões e identificámos que era o rolamento.
Ainda rodamos algumas voltas na primeira corrida e percebemos que o problema estava resolvido. Preparámos tudo então para domingo. Infelizmente ainda estava muito dorido mas partimos determinados em atacar. Arrancámos de último mas acho que fizemos uma corrida boa, conseguimos acabar a corrida e pontuar, apesar da minha condição física debilitada.
Foi um fim-de-semana incrível! Muito, muito, muito trabalhoso e muito cansativo. Mas eu tenho que agradecer a eles todos por todo o trabalho que tiveram; ao Duarte, ao Chico, ao Tocas e ao meu Pai. Também a todas as pessoas que nos ajudaram. Foi um fim-de-semana positivo mas muito trabalhoso. Obrigado à Shamir, DF Motorcycle Concept, Atelier da Moto, AG Racing, Enterprom e Fuchs Silkolene pelo apoio dado. Já estamos a preparar tudo para voltar ao Estoril em força!"

TiagoDiasPortimao

 

A Câmara Municipal de Loulé prossegue no mês de julho o seu programa de formação desportiva que, desde março, tem acontecido nas plataformas digitais em virtude do surto do novo coronavírus. Desta vez o Fitness vai estar em destaque.

Neste período em que todas as áreas profissionais têm o desafio de se superar, adaptar a uma nova realidade e melhorar a sua capacidade de resiliência, o Fitness não é exceção. Tendo em conta as solicitações de vários profissionais desta modalidade que exercem a sua profissão no concelho, a Autarquia de Loulé dedica o mês de julho ao Fitness, através da criação de três formações, em parceria com a Gimnica, em que os profissionais da área terão oportunidade de participar em ações de formação online creditadas.

A primeira ação acontece a 12 de julho, subordinada ao tema “O PT não foi ensinado a... vender, comunicar, reter”, por Manuel Nascimento.

O crescimento do negócio PT, com a abertura de cada vez mais novos clubes e cadeias de ginásios, promoveu uma notória e constante necessidade para recrutamento de recursos humanos e a consequente formação e preparação destes novos profissionais. No entanto, a pandemia veio prejudicar em muito todos estes profissionais, na qualidade de prestadores de serviços. Todo o processo de planeamento deste workshop de 2 horas foi desenvolvido tendo como objetivo final dotar os formandos de conhecimentos sobre como otimizar as suas técnicas, enquadrá-las nas necessidades dos clientes e oferecer as soluções potencializando as suas capacidades. Deverão, assim, os formandos ganhar aptidões e ser capazes de vender o serviço de Personal Training aos seus potenciais clientes, mantendo os atuais, tornando-se mais eficientes na gestão de agendas, no contexto da conjuntura atual.

Mais informações e/ou inscrições em:  https://www.gtf.edu.pt/pt/formacoes/evento/workshop--o-pt-no-foi-ensinado-a--vender-comunicar-reter201?cod_data=207

“Outdoor Small Group Training” é o mote do segundo evento do mês, que acontece no dia 19, com a apresentação de Ivo Santos. O principal objetivo é fornecer a informação necessária para que os profissionais saibam desenvolver um trabalho de excelência no treino outdoor.

Assim, poderão encontrar nesta formação estratégias para desenvolver um trabalho de pequenos grupos com os seus clientes particulares, mas também algumas soluções para os profissionais ligados a ginásios e health clubs, que neste momento vão ter muitas das suas aulas transferidas para o modelo outdoor.

Mais informações e/ou inscrições em:  

https://www.gtf.edu.pt/pt/formacoes/evento/outdoor-small-group-training202?cod_data=2088

Finalmente, a 26 de julho, David Serdeira apresenta “Mobility by GTF”. No exercício a mobilidade funcional é entendida como a amplitude de movimento (ADM) que o indivíduo consegue controlar ativamente; quanto menor for a ADM ativa menor será a expressão de movimento ou maior será a compensação com articulações adjacentes para expressar a mesma amplitude de movimento. Tanto em contexto de treino como no seu dia-a-dia. Neste curso procura-se trabalhar para aumentar a ADM ativa e o controlo da mesma, bem como a força, com repercussões diretas no próprio treino mas também na vida diária.

Mais informações e/ou inscrições em:  https://www.gtf.edu.pt/pt/formacoes/evento/workshop-mobility-by-gtf204?cod_data=210

As três ações decorrerão na plataforma ZOOM.

GAP da CM LouléFitnessLoule1

Ivo Lopes e a BMW Motorrad Eni conseguiram duas importantes vitórias na primeira passagem do Campeonato Nacional de Velocidade 2020 pelo Autódromo Internacional do Algarve, naquela que foi a segunda prova da temporada de Superbike. Lopes foi o autor da 'pole-position' a contar para as duas corridas no programa do fim-de-semana de nacional de velocidade a sul do país.

Esta foi uma importante jornada de competição para a equipa com as cores germânicas (BMW) e da gasolineira italiana (Eni), alcançando duas importantes vitórias que tiveram um sabor especial, permitindo uma redução substancial na diferença pontual que opunha o piloto com a moto #75, do seu mais directo adversário - e actual líder na tabela de pontos - Pedro Nuno, sendo apenas seis os pontos que separam os pilotos, à saída desta ronda em Portimão.

"Depois do dia de ontem, que foi perfeito com a 'pole' e a vitória, hoje partimos determinados em melhorar o nosso resultado de ontem. No 'warm-up' usámos o tempo em pista para conseguir entender as dificuldades sentidas ao longo do dia de ontem. Hoje conseguimos atingir um dos nossos principais objectivos, chegar ao segundo '45, sem dúvida um grande trabalho que toda a equipa realizou para o conseguir.

Na segunda corrida atacámos desde início, fomos focados e dedicados em revalidar a vitória, conseguida pelo fruto do nosso trabalho. Reunimos pontos importantes para o campeonato, reduzimos a nossa desvantagem para seis pontos e partimos para o Estoril determinados em conseguir a liderança, lutando ao máximo pelos títulos nacionais, uma vez mais." 

IvoLopes1

 

Parceiros

Mais Kizomba
UF Faro
Gente Gira Algarve
LOGOTIPO_Small
Faro 1540
Pens USB