Notícias

Grid List

Lisboa, 18 de outubro de 2017 – Está prestes a chegar ao fim o Roadshow Porco PT que percorreu nos últimos dois meses o país de Norte a Sul. A última cidade escolhida será Loulé, onde a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS) irá apresentar a primeira marca de certificação da carne suína 100% portuguesa, a Porco PT.

A apresentação está agendada para o próximo dia 23 de outubro, segunda-feira, no Núcleo Empresarial da Região do Algarve a partir das 17h00. Antes há degustação na Avenida José da Costa Mealha para toda a população. Ao longo de toda a sessão, os diversos agentes económicos ligados ao setor poderão ficar a conhecer os benefícios de adesão ao programa de certificação da carne de porco.

Esta ação que dá resposta a todas as dúvidas dos diversos agentes ligados à fileira da carne de porco, promete elevar e diferenciar a qualidade superior da carne de porco portuguesa com a marca Porco PT.

Após a apresentação de todos os pormenores da nova marca de certificação, todos os presentes serão convidados a experimentar a carne Porco PT numa ação de degustação promovida pela própria FPAS, e a comprovar a qualidade da mesma, nomeadamente, a superior tenrura, textura e paladar.

Além da sessão de esclarecimento, a FPAS preparou uma surpresa para toda a população de Loulé. A roulote Porco PT estará na Avenida José da Costa Mealha, a confecionar in loco a carne de porco certificada, Porco PT, para que todos possam provar e comprovar a elevada qualidade da carne 100% portuguesa.

Vítor Menino, Presidente da FPAS, afirma que “Este tipo de ações faz parte da nossa estratégia inicial de promoção da carne Porco PT, e é com um enorme orgulho que iremos apresentar, de Norte a Sul, os benefícios da nova marca, quer para os diversos agentes económicos, quer para o próprio consumidor. Este dinamismo e ações tornam-se essenciais para um setor que tem vindo a dar mostras da sua capacidade de dar a volta aos momentos mais difíceis.”

Esta iniciativa será composta por um programa totalmente dedicado à criação da marca Porco PT, e aos procedimentos necessários para que os players do setor se constituam como parceiros certificados. Entre as diversas apresentações dos elementos da FPAS, estará ainda presente Miguel Peres, proprietário do restaurante Pigmeu em Lisboa, um espaço aberto em 2014 e totalmente dedicado à carne de porco. Miguel dará a conhecer as mais-valias quanto à escolha da carne de porco certificada Porco PT no setor da restauração e o que podemos obter ao trabalhar este tipo de carne.

Os presentes poderão ficar a conhecer todos os detalhes do projeto, bem como as garantias de qualidade do produto, asseguradas por um caderno de especificações exigente que elenca várias práticas relativas à rastreabilidade, à alimentação, ao maneio, ao bem-estar animal e à comercialização da carne em questão.

O programa completo do evento:

12h00 – Degustação Porco PT – Avenida José da Costa Mealha

17h00 - Apresentação projeto Porco PT
- Núcleo Empresarial da Região do Algarve

19h00 - Degustação Porco PT – Núcleo Empresarial da Região do AlgarveRoadshow Porco PTFonte: Teamlewis

Entre os dias 19 de outubro e 3 de novembro, todos os munícipes louletanos que reúnam as condições necessárias poderão inscrever-se para receber um Cabaz de Natal.

A pouco mais de dois meses da época natalícia, e à semelhança do que tem acontecido nos anos transatos, a Câmara Municipal de Loulé irá atribuir Cabazes de Natal às famílias que se encontrem em situação de vulnerabilidade económica e/ou social do Concelho, reforçando desta forma a resposta social já existente e proporcionando uma Consoada mais condigna a estas pessoas.

Serão atribuídos às famílias cabazes constituídos por géneros alimentares típicos da quadra festiva, entre os quais se destaca o tradicional bacalhau, azeite, grão, feijão, leite, cereais e bolo-rei.

De forma a facilitar o acesso aos munícipes, as inscrições são realizadas em todas as Juntas de Freguesia (Almancil – 23 a 27 de outubro, das 9h00 às 12h30 e das 14h30 às 16h30; Ameixial – 19 de outubro, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 16h00; Alte – 19 e 20 de outubro, das 9h00 às 12h30; Benafim – 23 de outubro, das 9h00 às 16h00; Boliqueime – 25 a 26 de outubro, das 9h00 às 16h30; Querença – 19 de outubro, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 16h00; Salir – 24 e 25 de outubro, das 9h00 às 16h30; S. Clemente – 25, 26 e 27 de outubro, das 9h00 às 16h30; S. Sebastião – 30 e 31 de outubro, das 9h00 às 16h30; Tôr – 27 de outubro, das 9h00 às 16h00; Quarteira – 19 de outubro a 3 de novembro, das 9h00 às 12h30 e das 14 às 16h30), bem como na Divisão de Coesão Social e Saúde, em Loulé, e respetivas Delegações em Quarteira e Almancil (19 de outubro a 3 de novembro, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 16h30).

Os interessados poderão obter mais informações através do telefone 289 400 882.

A entrega dos Cabazes de Natal terá lugar em meados do mês de dezembro, e decorrerá em todas as freguesias do Concelho.

Dar uma noite mais condigna a quem mais necessita e levar o espírito de fraternidade e solidariedade desta quadra festiva é o principal objetivo da entrega dos Cabazes de Natal 2017.Cabaz Natal Loule

Fonte: GECI da CM Loulé

Decorreu no dia 16 de Outubro, a instalação e tomada de posse dos novos órgãos autárquicos eleitos a 1 de Outubro. A cerimónia começou com a tomada de posse dos membros eleitos para a Assembleia Municipal, a que se juntaram os primeiros eleitos de cada assembleia de freguesia.

A cerimónia teve lugar no Espaço Guadiana perante uma vasta audiência de cidadãos que presenciaram o primeiro ato formal dos representantes do Poder Local em Alcoutim para o mandato 2017-2021.

Ocorreu a tomada de posse dos 15 elementos que compõem a Assembleia Municipal:

- José António T. Pinheiro Moreira - Martim Longo (PS)

- António da Costa Amorim – Alcoutim (PS)

- Francisco Alho Xavier – Alcoutim - (PS)

- Isabel Martins Domingos Campos – Vaqueiros (PS)

- Nuno Teixeira Rodrigues – Castelhanos (PS)

- Aurélio Teixeira Gonçalves – Malfrade (PS)

- Humberto Octávio Mestre Costa – Várzea (PS)

- Carlos Fernando de Jesus Escobar - Guerreiros do Rio (PS)

- Milene Sofia Gonçalves Nobre – Várzea (PS)

- Sidónio Gonçalves Garcia - Santa Justa (PS)

- Dalila Manuela da Costa Barros - Alcoutim (Coligação Renovar Alcoutim)

- João Miguel Vitorino Dias - Santa Marta (Coligação Renovar Alcoutim)

- Abílio Frade da Encarnação - Alcoutim (Coligação Renovar Alcoutim)

- Graça Maria Palma Pereira - Martim Longo (Coligação Renovar Alcoutim)

- Cristóvão Manuel Pedro Custódio - Martim Longo (Coligação Renovar Alcoutim) .

E foi dada posse ao novo executivo camarário presidido por Osvaldo dos Santos Gonçalves, e que conta com os vereadores Paulo Paulino (Vice-presidente), José Galrito e Luís Conceição eleitos pelo Partido Socialista e Jorge Inácio pela Coligação “Renovar Alcoutim”, que não compareceu.

Foram então colocadas a votação duas listas candidatas à Mesa da Assembleia, da qual foi eleito como presidente da Assembleia Municipal José António T. Pinheiro Moreira, como 1º secretário António da Costa Amorim e como 2ª secretária Isabel Martins Domingos Campos.

O Presidente da Câmara, Osvaldo dos Santos Gonçalves, dirigiu-se, a todos os alcoutenejos “No concelho com a menor percentagem de abstenção do Algarve, conquistámos a maior vitória eleitoral de sempre, em regime democrático!”. Defendendo que nos próximos anos irá “continuar a trilhar o caminho que iniciámos, em 2013, e que tem a sua continuidade legitimada“, “Um caminho consciente das dificuldades que enfrentamos, mas sobretudo um caminho focado na valorização e promoção daquelas que são as nossas potencialidades enquanto território, e que com toda a certeza são a base do nosso desenvolvimento, assente numa única prioridade – AS PESSOAS.“, alertando para “as medidas implementadas pelo poder local necessitam de enquadramento e complementariedade a nível regional e nacional. Sendo assim, é fulcral que tenhamos a capacidade e o pragmatismo necessários para concretizar uma estratégia de desenvolvimento, capaz de criar novas centralidades, e através da concretização de projetos, verdadeiramente, estruturantes, colocar o interior no caminho do crescimento e do desenvolvimento.”

Osvaldo dos Santos Gonçalves aproveitou ainda para destacar algumas prioridades para o novo mandado “apostar numa estratégia de desenvolvimento orientada para a promoção da melhoria das condições de vida dos Alcoutenejos, assegurando, simultaneamente, uma gestão responsável, rigorosa e transparente de forma a mantermos a boa saúde financeira do município”

A aposta na ação social, da saúde, da educação, da habitação, da promoção do emprego, das acessibilidades, do saneamento básico e abastecimento de água, da cultura e do turismo defendendo melhores condições de vida para todos.

O edil finalizou depois o discurso com uma nota de agradecimento e o desejo:” a todos os autarcas eleitos, votos de um trabalho profícuo em prol do nosso concelho. Com o vosso apoio, dos nossos colaboradores, parceiros institucionais, entidades públicas e privadas, iremos construir um Município mais próspero, e onde cada cidadão, tenha oportunidade de viver com condições plenas de vida e cidadania.”Posse Alcoutim 2Fonte: GC do Mun Alcoutim

No próximo sábado, dia 21 de outubro, a Câmara Municipal de Loulé, através do projeto Loulé Criativo, irá levar a cabo uma ação de divulgação e promoção da sua rede de oficinas, nomeadamente da Casa da Empreita.

Neste sentido, a Cerca do Convento Espírito Santo irá transformar-se numa grande Roda de Empreita, juntando as empreiteiras do Concelho aos curiosos que queiram experimentar as várias técnicas de trabalhar a palmeira-anã, matéria-prima desta arte.

Integrado no projeto Loulé Criativo, mais concretamente na rede de espaços ECOA, o evento pretende assinalar a abertura oficial da Casa da Empreita (situada na Rua Vice-Almirante Cândido dos Reis, em pleno Centro Histórico da cidade) e assume-se não só como uma mostra da técnica ancestral da empreita - tão típica do Concelho de Loulé -, como uma oportunidade para todos aqueles que querem reviver tempos do passado ou experimentar a trabalhar a matéria-prima sob orientação das mestras empreiteiras

A Casa da Empreita reedita, em moldes atuais, o que há mais de um século eram as casas da empreita que então existiam um pouco por todo o Algarve. Nesse dia, e pelo segundo ano consecutivo, as doze artesãs que trabalham e comercializam diariamente o que produzem na Casa da Empreita, entrelaçando a palma para produzir diversas peças - sacos, alcofas, capachos, peças de formato mais tradicional ou inovador -, irão sair à rua e recriar uma tradição que perdurou durante décadas e que fomentava, não só o trabalho coletivo, mas também o convívio e a troca de experiências num tempo em que as distrações eram outras.

A Câmara Municipal de Loulé tem vindo a apostar na valorização de saberes associados a atividades artesanais que contribuíram para a construção da identidade do Concelho, revitalizando uma série de espaços que, em conjunto, dão corpo a uma rede de oficinas onde a tradição se alia à inovação.

A iniciativa decorre entre as 10h00 e as 16h00 e a participação é gratuita.Rota Empreita 5Rota Empreita 4Rota Empreita 2Rota Empreita 1Fonte: GECI da CM Loulé

O auditório da Biblioteca Municipal acolheu hoje, 17 de outubro, a cerimónia da Tomada de Posse dos novos Órgãos Municipais de Castro Marim para o mandato 2017/2021.

Depois da tomada de posse do novo executivo autárquico, constituído pelo presidente reeleito Francisco Amaral (Castro Marim + Humano) e pelos vereadores Filomena Sintra (Castro Marim + Humano), Célia Brito (PS), Mário Dias (PS) e José Estevens (Castro Marim Primeiro), seguiu-se a tomada de posse dos 19 deputados municipais, 9 elementos da coligação “Castro Marim + Humano” (PSD/CDS-PP), 7 elementos do Partido Socialista e 3 elementos do movimento independente “Castro Marim Primeiro”. Posteriormente decorreu a eleição da Mesa da Assembleia, constituída da seguinte forma: presidente da Assembleia Municipal - Luís Domingos (PS); 1º Secretário – Maria Salgueiro (PS); 2º Secretário – Carlos Dias (Castro Marim Primeiro).

No seu discurso, o presidente reeleito da Assembleia Municipal, José Luís Domingos, realçou a importância de se respeitar a vontade expressa no dia 1 de outubro pelos castromarinenses, que “decidiram não proporcionar uma maioria a qualquer partido”, sublinhando que o órgão a que preside deve funcionar “como parte das soluções e não como parte dos problemas”. Sem deixarem de exercer a ação fiscalizadora para a qual são eleitos, José Domingos garante que “aquilo que nos une é muito mais do que o que nos divide ideologicamente”, referindo-se aos castromarinenses.

A encerrar a cerimónia, o Presidente da Assembleia Municipal deu a palavra ao reeleito Presidente da Câmara Municipal de Castro Marim. Grato pela vontade expressa dos castromarinenses, que voltaram a reelegê-lo para cumprir os desígnios deste concelho, Francisco Amaral iniciou o seu discurso com uma mensagem de esperança para os próximos 4 anos, “de mais desafogo social e económico, que nos permita, a nós autarquias e ao mundo empresarial, um desenvolvimento mais equilibrado e mais acelerado”.

“Foram 4 anos de realização de obra física”, refere o presidente referindo-se aos últimos 4 anos, o seu 1º mandato em Castro Marim, dando os exemplo da beneficiação da estrada de acesso à Praia Verde, a estrada de Fortes, a requalificação dos mercados de Altura e de Castro Marim, a Casa do Sal, o Cais de Castro Marim, o Edifício Multifuncional de Empresas, a colocação de água domiciliária potável em algumas povoações, a pavimentação de ruas e estradas em péssimo estado e o reforço no apoio social às famílias. O autarca social-democrata fez ainda referência aos novos projetos, recentemente avançados para obra, como a pavimentação e requalificação das ruas da Junqueira e de Monte Francisco, Rua 25 de Abril, Rua Dr. Alves Moreira, estrada de acesso à Quinta do Sobra, estrada da Casa Alta, Corvinhos e Rua da Arrancada, Largo de Homenagem a Paco de Lucía (Monte Francisco).

Para o futuro, Francisco Amaral realçou a obra da construção de “condutas que levarão água do Sistema de Águas do Algarve a 28 povoações. É um desafio deste mandato colocar água potável em todas as casas deste concelho. Outro desafio que está em concurso de obra, com financiamentos assegurados, são as ciclovias, uma que ligará Castro Marim a Vila Real de St. António e outra que ligará Castro Marim ao cruzamento da Praia Verde”. Para obra, continua, estão também a avançar a requalificação da envolvente da Casa do Sal e a zona balnear de Odeleite, ambos com garantia de financiamento. A requalificação da frente de mar do concelho e a requalificação da rua da Alagoa em Altura “serão realidades neste mandato”.

Quase a terminar, o presidente sublinhou a importância de desenvolver Castro Marim aliado a todo o seu enorme e riquíssimo potencial endógeno, referindo-se ao apoio ao empreendedorismo como basilar na execução desta senda, “a câmara não pode nem deve ser um obstáculo ao crescimento, deve ser sim um parceiro ativo do investidor sério, gerador de riqueza e de emprego”.

Nas áreas em que é mais reconhecido, a nível local, mas também nacional, a saúde e a ação social, destaca o Lar de Altura e o Lar de Alzheimer, em Castro Marim, “tudo faremos para que sejam realidade o mais breve possível”. Manter e aprofundar o funcionamento da Unidade Móvel de Saúde, reabrir a extensão de saúde de Odeleite e promover os programas de combate ao tabagismo e à obesidade foram também medidas referenciadas pelo autarca.

Já terminar, o presidente deixou uma palavra de reconhecimento às juntas de freguesia, às coletividades, à escola, aos funcionários e colaboradores da autarquia e aos serviços de saúde locais, parceiros essenciais no desenvolvimento do concelho.

“O resultado eleitoral expressa a vontade do povo. Cabe-nos a nós dar corpo a essa vontade expressa e darmos as mãos e lutar por um Castro Marim mais desenvolvido, mais equilibrado, mais sustentável, com mais qualidade de vida para quem aqui vive. É importante secundarizar as guerrilhas partidárias, que não levam a lado nenhum, senão à satisfação egocêntrica de meia dúzia, a quem, pelos vistos, ao futuro de Castro Marim interessa pouco”, é assim que Francisco Amaral conclui o seu discurso, ressalvando que não “vira a cara” à luta, referindo-se a questões adiadas pelos sucessivos governos, como a requalificação da nacional 125, e “estou aqui, com a máxima lealdade, com a máxima lisura, de peito aberto, a lutar como posso e sei por este povo que nos elegeu a todos e me escolheu de novo para seu presidente”.Tomada Posse CMarim1Tomada Posse CMarim2Tomada Posse CMarim3Fonte: GC da CM Castro Marim

O Cine-Teatro Louletano apresenta no próximo dia 22 de outubro, domingo, pelas 15h30, o contagiante espetáculo de música e teatro “Taleguinho – costurar cantigas e histórias”, com Catarina Moura e Luís Pedro Madeira, especialmente dirigido a crianças maiores de 3 anos e suas famílias, o qual também será realizado para a comunidade escolar louletana nos dias 23 e 24 de outubro.

“Costurar cantigas e histórias” é uma performance artística que proporciona uma experiência de contacto com o património imaterial tradicional, permitindo às crianças, pais e educadores o alargamento dos conhecimentos sobre a música tradicional. Através de histórias cantadas, as crianças terão a oportunidade de escutar ao vivo, num alinhamento recheado de temas tradicionais, contados e cantados, canções, histórias, lenga-lengas, do aqui e do agora, interpretadas pelos personagens da Costureira e do Alfaiate de Canções. Em cada um dos concertos a sonoridade dos instrumentos tradicionais estará presente, bem como um cenário e adereços construídos propositadamente para cada uma das temáticas. Pretende-se que seja uma experiência de cumplicidades, onde os sons, as palavras, os gestos, as imagens e os silêncios a todos surpreendam.

Cantigas como pedacinhos de tecido, cosidas umas às outras como se fossem dias e noites. Ou como se fossem vidas. Diz a mãe à filha que “esta cantiga de embalar que te cantei há pouquinho, cantava-ma a mim a minha mãe como a mãe dela lha cantava”. Cantigas são, mas são também adivinhas, provérbios e trava-línguas, dizeres, uns com cara de quem já foi mouro, outros que são passos de judeus. Cantigas, adivinhas, provérbios e trava-línguas que são daqui e dali, de agora e de há tanto tempo, como mosaicos de pano que o tempo teceu e a vida coloriu, memórias de gente antiga. A tingir de vozes os tempos que hão-de vir.

O espetáculo tem a duração aproximada de 50 minutos, destina-se a crianças maiores de 3 anos e tem um custo associado por pessoa de 3 euros.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. TaleguinhoFonte: GECI da CM Loulé

O projeto “Redes das Farmácias Amigas do Viajante”, foi o vencedor da edição de 2017 do Prémio João Cordeiro – Inovação em Farmácia, no valor de 20 mil euros.

O anúncio foi feito na cerimónia de entrega do prémio que contou com as presenças do Presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF), Paulo Cleto Duarte, o Presidente do Júri, Diogo de Lucena, professor da Universidade Nova, e o Vice-Presidente do Infarmed, Rui Ivo.

Aproveitando a rede de farmácias comunitárias e o conhecimento especializado do farmacêutico, o projeto pretende apoiar o viajante na prevenção da doença antes, durante e após a viagem através de um aconselhamento adequado, fácil e ágil, com recurso a um portal de internet e uma aplicação móvel. O portal permite a interação com o sistema a farmacêuticos e médicos aderentes, enquanto que a app é utilizada pelos viajantes com informação sobre medicação, riscos e cuidados a ter no destino. Foram estes objetivos que levaram o júri a premiar o projeto de João Luís Batista, médico, Presidente do Centro de Investigação e Desenvolvimento da Beira e parceiro da Universidade da Beira Interior.

Nuno Pombo, parceiro do projeto, aceitou o prémio em representação de João Batista: “Neste momento ocorrem-me três palavras, reconhecimento, motivação e responsabilidade. Com o Prémio João Cordeiro e com o apoio da Associação Nacional das Farmácias vamos levar o projeto, com muita motivação e energia, a todas as farmácias portuguesas e, quem sabe, além-fronteiras”, assegurou.

Na cerimónia, o Presidente da ANF referiu que o Prémio João Cordeiro – Inovação em Farmácias “surge pelo nosso compromisso com a inovação, de percorrer os caminhos antes de eles existirem”. De acordo com Paulo Cleto Duarte, esta é uma iniciativa importante para o setor das farmácias porque permite “promover a união entre quem está de fora e vê oportunidades que nós que estamos cá dentro ainda não conseguimos visualizar, e nos desafiam, levando-nos a um patamar diferente de resolução de problemas concretos de saúde, mas também de conveniência e proximidade com os portugueses”.

O Prémio João Cordeiro é uma iniciativa única em Portugal. Promovida pela Associação Nacional das Farmácias, dirige-se a todas as boas ideias e vontade de as implementar e não apenas a farmacêuticos. O facto de premiar projetos a concretizar e não realizações passadas contribui igualmente para a sua singularidade. O valor do prémio é de 20 mil euros.Farmacias Viajante 2Fonte: LPM

 

▪ Chegou o Mês da Educação e da Ciência da FFMS, este ano numa edição inédita que aborda de forma integrada a Educação e a Ciência.

▪ As Humanidades e os exames, o papel da Ciência no futuro, os benefícios económicos e não económicos do Ensino Superior, o desenvolvimento do cérebro adolescente, entre outros temas, conferem uma amplitude inédita e surpreendente a "um mês que são dois".

▪ Oradores incluem o filósofo Nuccio Ordine, a neurocientista Sarah-Jayne Blakemore, os cientistas portugueses Maria Manuel Mota e Carlos Fiolhais ou ainda o astrofísico e astrónomo Real Sir Martin Rees.

LISBOA, 18 de Outubro 2017 – A educação e a ciência são alvo de reflexão no ciclo de conferências promovido pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS), que começa já amanhã. O Mês da Educação e da Ciência será marcado por um conjunto de iniciativas que pretendem promover uma reflexão alargada e informada sobre dois pilares fundamentais para o desenvolvimento do país.

Porque melhoraram os resultados dos alunos portugueses no teste PISA? Como se compara Portugal com outros países? Vale a pena investir num curso superior? Qual é o estado actual da ciência em Portugal? Quem a faz e em que condições? Quantos são e onde estão os cientistas Portugueses espalhados pelo mundo? Para reflectir sobre estas e outras questões, a Fundação convidou especialistas nacionais e internacionais, que ao longo das próximas semanas, participarão em debates e conferências em Braga, Faro, Lisboa e no Porto.

A primeira iniciativa do Mês da Educação e da Ciência tem lugar já amanhã, pelas 17h30, na Torre do Tombo, em Lisboa. Para que serve estudar latim ou grego? Para que serve ler poesia ou ouvir música? Na Conferência Internacional “A Utilidade dos Saberes Inúteis”, o filósofo italiano Nuccio Ordine vai discutir a importância dos saberes inúteis na formação dos alunos.

No dia 25 de Outubro na Universidade do Algarve Faro, às 14h30, no Grande Auditório, os resultados do estudo sobre a melhoria dos alunos portugueses nos testes PISA do Projeto AQeduto (avaliação, equidade e qualidade em educação) serão discutidos por Ana Sousa Ferreira, Isabel Flores e Manuel Miguéns na conferência “Porque melhoraram os resultados dos alunos portugueses?”.
A agenda deste mês temático conta ainda com o debate “Exames: Como e Para quê?” na Escola Secundária de Camões, onde, no dia 30 de Outubro, representantes de escola estrangeiras e especialistas portugueses vão discutir sistemas de ensino e avaliação.

O mês de Novembro arranca com a Conferência Internacional “O Cérebro Adolescente”, em que, no dia 3, a neurocientista Sarah-Jayne Blakemore e a cientista portuguesa Maria Manuel Mota vão debater o funcionamento do cérebro adolescente no Instituto de Medicina Molecular, em Lisboa.
No dia 9 de Novembro, o cientista Carlos Fiolhais irá moderar o debate “Ciência em Portugal: um diagnóstico”. No Museu Nacional de História Natural e da Ciência de Lisboa, serão analisados assuntos como o financiamento da ciência em Portugal, a empregabilidade dos cientistas ou os principais obstáculos existentes no sector.

No dia 16 de Novembro, na Universidade do Minho, será apresentado o estudo “Benefícios do Ensino Superior”, na conferência “Ensino Superior: Estudar compensa?”. Será que vale a pena investir num curso superior? Será que a sociedade rentabiliza o investimento que faz na maioria dos licenciados? Estas serão algumas das questões abordadas num debate que tenta compreender os retornos económicos e não económicos do ensino superior.

Por fim, o mês de Novembro contará ainda com a Conferência Internacional “A Ciência no Século XXI, Oportunidades e Ameaças”, no dia 17 de Novembro, na Universidade do Porto, em que o astrofísico e astrónomo Real Sir Martin Rees irá discutir o papel da ciência no futuro e as principais oportunidades e ameaças desta área; e com a Conferência “Ciência Portuguesa pelo Mundo”, no dia 20 de Novembro, no Observatório Astronómico de Lisboa, que será encerrada pelo Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa.Educaco CienciaFonte: Fundação FMS

Hoje, dia 18 de Outubro é assinalado o Dia Europeu de Combate ao Tráfico de Seres Humanos. Esta iniciativa pretende promover a sensibilização do público em geral, e dos governos europeus em particular, para a grave violação dos direitos humanos que constitui o crime de tráfico de seres humanos.

O tráfico de seres humanos é um fenómeno conhecido como a escravidão dos tempos modernos, atingindo milhares de pessoas em todo o mundo com o fim de as submeter a uma ou mais formas de exploração.

Portugal, em conjunto com a comunidade internacional, tem vindo a envidar esforços no sentido de adoptar medidas de prevenção, investigação e penalização deste crime, bem como de intervenção e apoio às suas vítimas. No entanto, a luta contra o Tráfico de Pessoas constitui ainda um enorme desafio, que deve implicar o envolvimento de todos e todas.

O Observatório de Tráfico de Seres Humanos (OTSH) sinalizou 264 situações de Tráfico de Pessoas em 2016, reflectindo um aumento de 36,8% relativamente ao ano anterior e retratando Portugal como um país de destino das vítimas das várias formas de exploração. O mais recente Relatório de Tráfico de Seres Humanos / Trafficking In Persons Report (Junho 2017) do Departamento de Estado Norte Americano considera que o governo português adotou e implementou as medidas necessárias para combater o tráfico de seres humanos no país, realçando a importância do trabalho das organizações não governamentais envolvidas nas medidas de prevenção e combate ao tráfico de pessoas.

A APAV continua a desenvolver trabalho de intervenção com as vítimas deste crime, através da Rede de Apoio à Vítima Migrante e de Discriminação e do Centro de Acolhimento e Protecção Sul (unidade de acolhimento para mulheres vítimas de Tráfico de Seres Humanos). A APAV está ainda disponível para apoiar através da Linha de Apoio à Vítima, número 116 006 - dias úteis, das 9h às 19h - número gratuito e confidencial.Trafico Seres Humanos

Fonte: APAV

Lisboa, 16 de outubro, 2017. Tendo em vista o apoio às populações afetadas pelos incêndios, esclarece-se que estão disponíveis as seguintes linhas telefónicas:

LNES – número 144
A Linha Nacional de Emergência Social (LNES), para além do apoio imediato que habitualmente disponibiliza às situações de emergência social no país, está a informar sobre quais os postos de atendimento/evacuação para onde está a ser encaminhada a população afetada pelos incêndios.

ANPC – número 800 246 246
A Autoridade Nacional Proteção Civil tem um número disponível que presta informação à população sobre incêndios florestais.
 
GNR – Trânsito – número 808 201 855
Este número da Guarda Nacional Republicana – Trânsito disponibiliza informação sobre estradas cortadas e acessos limitados.

IMLCF – números 239 854 230 e 239 854 276 (hoje, dia 16. até às 23h e a partir de amanhã das 8h às 20h )
O Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses presta informação sobre as vítimas de incêndios.

CP – número 707 210 220
Os Comboios de Portugal informam sobre a circulação rodoviária no país.Republica PortuguesaFonte: DIRP do MAI Gov

 

A Guarda Nacional Republicana, de 9 a 14 de outubro, em todo o território nacional, intensificou a fiscalização aos veículos pesados de passageiros e de mercadorias, no sentido de prevenir e identificar infrações relacionadas com este tipo de veículos, assim como, respetivos transportes (pessoas e bens).

Nesta operação foram fiscalizados 1 468 condutores, tendo-se registado 717 contraordenações, das quais se destacam:

  • 378 relacionadas com tacógrafos, como não cumprimento dos tempos máximos de condução e tempos de pausas e repouso obrigatório;
  • 267 por excesso ou deficiente acondicionamento/disposição da carga transportada.

A verificação dos tempos de repouso e de condução, tendo em conta os riscos associados ao elevado número de horas de condução, foram umas das preocupações das ações de fiscalização.

Esta operação foi realizada de igual modo em todos os países da Europa e enquadrando-se no plano definido pela European Traffic Police Network (TISPOL - www.tispol.org), organismo que congrega todas as polícias de trânsito da Europa, no qual a GNR é representante nacional, e pelo Euro Controle Route (ECR - www.euro-controle-route.eu/site), um grupo de serviços de controlo das estradas europeias cujo objetivo é o de melhorar a segurança rodoviária.GNR Div Com Rel PublicasFonte: GNR-DCRP

14.Out.2017 - Os alunos do ensino secundário com projetos científicos para submeter à edição de 2018 do Prémio FAQtos, competição de âmbito nacional promovida pelo INOV-INESC com o Instituto Superior Técnico (IST), vão ter entre 16 e 27 de Outubro para formalizar candidaturas.

A 5ª edição consecutiva do Prémio FAQtos vai ter como tema “A Sociedade e as Radiofrequências”, abordando aplicações de sistemas de telecomunicações e contribuindo para o esclarecimento coletivo na temática dos campos eletromagnéticos oriundos de fontes de telecomunicações e seus potenciais efeitos na saúde e ambiente.

Entre os trabalhos de jovens cientistas vencedores de edições anteriores do concurso, contam-se um dispositivo detetor de incêndios florestais, um sistema microcontrolador que auxilia invisuais a identificar obstáculos, uma solução que mede a pulsação e a temperatura corporal de um paciente em espera na triagem de um centro hospitalar, e um estudo sobre a influência das radiofrequências no neuro-comportamento de larvas de moscas da fruta.

A desenvolver ao longo do ano letivo e com várias etapas eliminatórias para superar, os candidatos ao Prémio FAQtos terão no final a avaliação de um júri composto por representantes da Direção Geral de Educação, Direção Geral de Saúde, da Faculdade de Farmácia, do IST e do INOV-INESC. Os três melhores projetos têm garantidos prémios entre os 500 e os 1.500 euros, que incluem os professores orientadores e as escolas que representam.

Submissão de Candidaturas ao Prémio FAQtos 2018 em www.faqtos.pt
O FAQtos nas Redes Sociais em fb.com/faqtos e twitter.com/faqtos

O INOV-INESC Inovação é uma infraestrutura tecnológica nacional no domínio das Tecnologias de Informação, Eletrónica e Comunicações. Herda um importante capital decorrente das inúmeras experiências e sinergias subjacentes ao seu ambiente de incubação, o INESC, e disponibiliza uma organização orientada para a criação de competências tecnológicas, assim como para o estabelecimento de laços de cooperação com os diferentes atores económicos: Universidades, Indústrias, Empresas e Operadores de Telecomunicações.Premios FaqtosTecnico LisboaFaqtosFonte: INOV

Lisboa, 16 de outubro de 2017. O World Life Experience já escolheu os 12 participantes desta aventura, que os irá levar desde a Europa até à América do Sul.

Com mais de 40,000 participantes, o evento, que incluí uma estadia de 10 dias em cada país, irá começar a 8 de Janeiro de 2018.

A partir desta semana, a identidade dos 12 escolhidos será anunciada diariamente.

O projeto World Life Experience irá levar estes 12 participantes numa aventura por 30 países, durante um ano. Esta é uma experiencia única para cada participante, enquanto inserido num grupo, de mostrar o seu ponto de vista nesta historia, ainda por escrever.

Os 12 participantes irão partilhar com uma audiência internacional não só as suas ações de solidariedade social, como também as atividades que irão experienciar a nível cultural e turístico.

Sobre o World Life Experience

António Coelho Dias representa a empresa privada TOP EXPERIENCE, Lda., sediada em Lisboa, Portugal, responsável pela promoção e organização do projeto World Life Experience.

O empreendedor português e fundador do projeto World Life Experience, lançado em abril de 2017, acredita que é possível desenvolver um projeto comercial sustentável, socialmente responsável, que tenha um papel ativo na sociedade.World LifeExperFonte: worldlifeexperience

A Unidade de Controlo Costeiro, através de militares destacados na ilha de Kastellorizo na Grécia, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), no dia 14 de outubro, no mar Egeu, resgatou 52 pessoas, das quais 20 crianças, dez mulheres e 22 homens.

O resgate ocorreu durante uma ação de patrulhamento marítimo, quando os militares detetaram, no mar Egeu, uma embarcação de borracha à deriva e a naufragar, repleta de migrantes. A situação obrigou a uma rápida intervenção da GNR, uma vez que, já se encontravam dezenas de pessoas a boiar no mar, correndo o perigo de afogamento. Das 52 pessoas, 29 são provenientes Iraque e 23 da Síria.

Os migrantes foram resgatados para a embarcação portuguesa em segurança e encaminhados para as autoridades helénicas.

O principal objetivo desta operação FRONTEX é prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas no mar através de missões de busca e salvamento.GNR Div Com Rel PublicasFonte: GNR-DCRP

De 7 a 22 de outubro, crianças, jovens, adultos, pais, professores, empresários e responsáveis políticos reunir-se-ão uma vez mais em eventos, salas de aula e bibliotecas, em toda a Europa e no resto do mundo, para aprender a servir-se da programação informática enquanto instrumento de criação.

A Semana Europeia da Programação é uma iniciativa levada a cabo por voluntários que promovem a programação informática e o pensamento computacional nos seus países, na qualidade de «embaixadores» da Semana da Programação.

Desde 2013, a Semana Europeia da Programação organizou mais de 33 000 eventos, que tiveram lugar em mais de 50 países, dentro e fora da Europa. Na edição de 2016, participaram quase um milhão de pessoas, das quais 46% foram raparigas ou mulheres.

Esta iniciativa procura demonstrar como é possível dar vida a ideias e encontrar soluções através da programação informática. Ao mesmo tempo pretende dar visibilidade à programação e motivar as pessoas à sua aprendizagem.

Todos podem organizar eventos no âmbito da Semana Europeia da Programação e todos os organizadores – escolas, organizações sem fins lucrativos, empresas, bibliotecas, grupos de programadores, etc. – podem adicionar esses eventos ao mapa no website codeweek.eu, que funciona como um catálogo de iniciativas.

Bruno Ferreira, embaixador português da Semana Europeia da Programação, explica: “O pensamento computacional é uma competência crucial para os desafios atuais da sociedade e do mercado de trabalho. Se pensarmos que, segundo um estudo do Fórum Económico Mundial, 65% das crianças que hoje entram na escola terão profissões que ainda não existem, é fácil de antever preponderância destas competências no futuro”.

No âmbito desta iniciativa foi ainda lançada uma petição para o reconhecimento dos Algoritmos como Património Cultural Imaterial da UNESCO.

Semana Europeia da Programação — Programe o seu percurso!

Todos podem criar com a programação. As escolas, crianças, jovens, pais, professores, empresas e programadores podem consultar os nossos recursos e começar a organizar o seu próprio evento. Os eventos podes ser registados no mapa da Semana Europeia da Programação em http://codeweek.eu.

  • Crianças, jovens e adultos: podem participar nas várias atividades propostas ou organizar eventos destinados a mostrar de que forma a programação pode ser um instrumento de criação.
  • Programadores: podem organizar workshops em escolas, laboratórios tecnológicos (hacklabs) ou centros comunitários.
  • Professores: podem dar aulas de programação, partilhar os seus planos de aulas, organizar seminários para os colegas e convidar os pais e encarregados de educação, que saibam programar, a partilhar as suas experiências e a participar no desafio CodeWeek4All.
  • Pais: podem incentivar os filhos a participar em workshops de programação.
  • Empresase organizações sem fins lucrativos: podem acolher workshops de programação, deixar que membros do seu pessoal deem formação, organizar passatempos lúdicos de programação para jovens ou patrocinar atividades relacionadas com a programação.
  • Qualquer pessoa que participe numa atividade deste tipo pode contar a sua experiência e motivar outras pessoas a participar!

Porquê aprender a programar?

Vivemos num mundo caracterizado pela rápida evolução da tecnologia. A nossa forma de trabalhar, comunicar, fazer compras e pensar alterou-se radicalmente. Para fazer face a estas mudanças e compreender o mundo que nos rodeia, precisamos não só de perceber o modo como funcionam as novas tecnologias, mas também de desenvolver as competências e capacidades necessárias para nos podermos adaptar a esta nova era. 

Aprender a programar ajuda-nos a perceber como o mundo funciona, a desenvolver ideias e a conceber, tanto para fins profissionais como lúdicos. Além disso, a programação torna-nos mais criativos e permite-nos colaborar com pessoas cativantes, independentemente de estarem perto de nós ou espalhadas por todo o mundo. É importante tornar a programação acessível a todos. A Semana Europeia da Programação visa cativar todos, independentemente da idade e do género. Em 2016, cerca de 46 % dos participantes nos eventos de programação eram do sexo feminino!

A programação é o passo em frente para as competências digitais, no trabalho e na vida

A economia e a sociedade atuais exigem que tenhamos, pelo menos, competências digitais básicas. Independentemente do seu modo de vida ou tipo de trabalho, as competências digitais e a programação são ou serão necessárias. Além disso, os profissionais das TIC são um pilar fundamental da força de trabalho moderna em todos os setores da economia europeia. A procura tem um crescimento anual de 3% e o número de licenciados em informática não tem a tem podido acompanhar. Como tal, e apesar do elevado nível de desemprego na Europa, muitos lugares para informáticos estão ainda por preencher. Se não fizermos face a este problema a nível europeu e nacional, poderemos deparar-nos com uma escassez de cerca de 825 000 profissionais das TIC em 2020.Bruno Ferreira

A Associação de Turismo do Algarve irá realizar uma visita de familiarização com um grupo de clientes de MI, de 7 a 9 de outubro, com o objetivo de dar a conhecer a oferta do destino Algarve, na vertente reuniões e incentivos.
 
Com esta ação, espera-se aumentar as vendas neste segmento.
 

Produto: Meeting Industry
Mercado: Reino UnidoATA AlgarveFonte: ATA

ATA - Associação Turismo do Algarve, em conjunto com 6 dos seus associados, participa na edição de 2017 da IFTM que é a principal Feira de Turismo na França, de 26 a 29 de setembro, e conta com a visita de cerca de 31.763 de profissionais, integrada no stand de Portugal que este ano volta também a marcar presença neste certame, sendo o maior stand institucional de 2017 na feira.

Até ao final de 2016, o mercado francês registou um crescimento de 37% face a 2015 relativamente ao numero de hóspedes e no primeiro semestre de 2017 já contava com um crescimento de19.3% comparativamente ao período homólogo.

Quanto ao numero de dormidas, houve um crescimento de 41%, face a 2015 com uma variação homologa absoluta de 258.209 dormidas em hotelaria classificada. No primeiro semestre de 2017, mantém-se a tendência de crescimento deste mercado na ordem dos 19,7%, posicionando-se como o 5ºmercado para o Algarve relativamente ao numero de dormidas.

Produto: Sol e Mar
Mercado: FrancêsIFTM Top ResaATA AlgarveFonte: ATA

 

A ATA - Associação de Turismo do Algarve, participa no The Meeting Space Autumn 2017, de 28 a 30 de setembro, que contará com a presença 60 buyers provenientes de mercado europeus.

A presença neste evento proporcionará à ATA, não só a interação com os diversos agentes deste sector através das reuniões, mas também a oportunidade de participar em diversas atividades coordenadas pela organização, potenciando a captação de negócio para o Algarve e para os associados.

Produto: Meeting Industry
Mercado: EuropaMeetings S Autumn 2017ATA AlgarveFonte: ATA

 


Ana Cabecinha está nomeada pela redação da revista Atletismo para o prémio Atleta do Ano. Esta nomeação surge no culminar de uma das melhores épocas para a marchadora do Clube Oriental de Pechão. A votação é feita online pelos leitores da revista e os prémios são entregues a 16 de novembro.

A época que agora terminou trouxe inúmeros títulos a Ana Cabecinha, com destaque para o sexto lugar obtido em agosto nos 20 quilómetros marcha dos Mundiais de Atletismo, em Londres.
 
Mas já antes disso, a marchadora obteve a medalha de prata nos 20 quilómetros marcha na Taça da Europa da modalidade, na República Checa, conquistou o seu 5º título nacional de 20 quilómetros marcha em São João da Madeira e voltou a sagrar-se campeã regional no Campeonato Regional de Corta-Mato, em Pinheiros de Marim.
 
Atleta do Clube Oriental de Pechão desde 1996, Ana Cabecinha conta já no seu palmarés com 6 recordes nacionais.
 
“Motivos mais que suficientes para que todos nós votemos na ‘nossa’ Ana Cabecinha para o título de Atleta do Ano”, considera o presidente da Câmara Municipal, António Miguel Pina, que sublinha que “esta é uma distinção mais do que merecida e um reconhecimento pelo trabalho verdadeiramente exemplar que esta atleta leva a cabo, dia após dia, sempre procurando suplantar-se a si própria”.
 
A votação decorre online, no site da revista Atletismo, em https://revistaatletismo.com/atleta-do-ano-2017/.
Ana Cabecinha
Fonte: Mun de Olhão

Com diferentes tipos de formatos, metodologias e formas de organização, o Faro Aventura tem vindo a ajustar-se a novas necessidades e motivações. Realiza-se dia 21 de outubro, sábado.

Este ano, o conteúdo apresenta atividades existentes no Centro Náutico da Praia de Faro e permite a exploração de inúmeras “aventuras” na Ria Formosa, utilizando-a como obstáculo natural.

Condições de Participação
• Maiores de 16 anos.
• Praticante de actividade física de carácter regular.
• Saber nadar.
• Saber fazer canoagem e SUP.

Inscrições
As inscrições podem ser efectuadas por email ou ficha própria entregue no Centro Náutico da Praia de Faro, sendo só definitivamente efectivadas após o pagamento da mesma. A data limite de inscrição será no dia 16 de Outubro.

Link para inscrições aqui»»»

Programa

Dia 20 de Outubro
9:00 – 20:00 – Entrega de dorsais e esclarecimento de questões no secretariado da prova (Centro Náutico da Praia de Faro)

Dia 21 de Outubro
8:00 – Entrega de dorsais de última hora
8:45 – Reunião de preparação
9:00 – Aquecimento Gymnasium
9:15 – Partida da 1.ª série
9:45 – Reunião de preparação
10:15 – Aquecimento Gymnasium
10:30 – Partida da 2.ª série
12:00 – Chegada dos últimos participantes
12:30 – Entrega dos prémios
12:45 – Fotografia de grupo
13:00 – Almoço convívio

Objetivos
• Aumentar o número de utilizadores do Centro Náutico da Praia de Faro / Praia de Faro e Praias de Faro.
• Dar a conhecer que o Centro Náutico da Praia de Faro e outros agentes desportivos desenvolvem atividades todo o ano na Praia de Faro.
• Reeditar um dos bons momentos de contacto ativo e “radical” com a Ria Formosa proporcionados pela Divisão de Desporto da CMFaro e seus parceiros.Faro Avventura Centro NauticoFonte: Mun de Faro

 

Numa iniciativa promovida pelo Moto Clube de Albufeira, com o apoio da Câmara Municipal de Silves, a localidade do Enxerim recebe no próximo dia 12 de novembro, domingo, pelas 10h00, aquela que já é a 17.ª edição da Subida Impossível.

É um fim de semana de emoções fortes, onde se irão reunir largas dezenas de pilotos e milhares de espetadores, naquela que é considerada prova única na Península Ibérica ao convidar os mais arrojados e destemidos das duas rodas a percorrer no menor espaço de tempo 100m de uma subida quase impossível.

Paralelamente, no dia 11 de novembro, sábado, a partir das 12h00 decorrerá, também, no mesmo local, a 6.ª prova de Endurocross, modalidade que resulta da mistura entre Motocross e Enduro e onde os participantes são desafiados a, com regularidade e rapidez, transpor os obstáculos existentes numa pista.

Para os vencedores destas provas serão atribuídos prémios monetários que poderão variar entre os 100 e os 600 euros no âmbito da Subida Impossível e entre os 100 e os 300 euros na vertente Endurocross.

O período de inscrições decorre até dia 10 de novembro através dos seguintes contactos do Moto Clube de Albufeira: telefones 963 443 931 e 964 122 279, fax 289 514 874 ou email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..Subida ImpossivelFonte: GIRP do Mun Silves

Destinado a todas as pessoas que procuram novos desafios, o Minigolf Tour 2017 visa alargar a vertente competitiva da modalidade a todos os amantes do minigolfe.

A competição irá contar com três etapas, em outubro, novembro e janeiro, sendo a primeira jogada já a 28 e 29 de outubro no campo das Ilhas d’Aventura Minigolfe, nos Açores.

A segunda etapa passará por Vilamoura, Algarve, de 11 e 12 de Novembro onde será jogada no Family Golf Park. A competição irá terminar em Aveiro, no Minigolfe da Costa Nova, no início de 2018, de 6 a 7 de Janeiro.

Esta é a primeira edição da prova organizada pelo Minigolfe.pt, numa parceira com os campos de minigolfe que vão acolher a competição.

Cada etapa será jogada no sistema strokeplay, onde vence o jogador com o menor número de tacadas. No final de cada etapa apuram-se os vencedores a quem serão entregues as medalhas. Em cada etapa os jogadores serão pontuados de acordo com o seu resultado. A pontuação conta para o Ranking Geral que é apurado pelo somatório de pontos das três etapas, sendo o vencedor o jogador com mais pontos.

As inscrições estão abertas, tendo cada uma das etapas uma taxa de inscrição no valor de 10€. Todas as etapas têm Prize Money garantido para o vencedor. No final das 3 etapas haverá ainda Prize Money para quem disputou todas as etapas, para os 5 melhores do Ranking Geral. 

Para inscrições e/ou mais informações: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.Mini GolfeFonte: Minigolfe

A Autarquia de Loulé continua a apostar num programa de formação desportiva diversificado e, neste âmbito, nos próximos dias 10 e 11 de novembro, a Sala da Assembleia Municipal de Loulé recebe a formação “Treino da Liderança para Treinadores”.

Dotar os formandos de melhores competências comportamentais e habilidades no âmbito da liderança, bem como a capacidade de treinar-se a si próprio, identificando e construindo um plano de desenvolvimento individual é o principal objetivo desta iniciativa coordenada por Rui Lança.

Do programa desta formação constam áreas como o perfil de competências de um Treinador, estilos de Treinador e Liderança, competências fundamentais e comportamentais como a Comunicação, Motivação, Gestão de Conflitos, Definição de Objetivos, Autonomia, Coaching e Liderança, recursos individuais vitais para o sucesso e plano individual de desenvolvimento de competências, entre outras.

A formação destina-se fundamentalmente a treinadores mas também a todos os interessados e decorre no seguinte horário: 10 de novembro, das 19h30 às 23h00 (inclui pausa), e 11 de novembro, das 09h00 às 12h45 e das 14h00 às 17h45 (inclui pausas de manhã e de tarde).

As inscrições estão abertas até 1 de novembro e terão os seguintes valores: até 25 de outubro – 60€ e após 25 de outubro – 75€.

Rui Lança é Consultor e Formador em Coaching, Liderança e Dinâmicas de Equipas em diversas empresas dos mais diversos ramos e no Ensino Universitário. Licenciou-se em Ciências do Desporto e obteve o Mestrado em Gestão do Desporto, ambos pela Faculdade de Motricidade Humana, da Universidade Técnica de Lisboa. É formado em Coaching Individual, Organizacional e de Equipas pela ICF e Variations, é pós-graduado em Liderança e Gestão de Pessoas pelo INA, Executive Master na Universidade Católica e EGE em Auditoria de Gestão.

Foi formador e facilitador no Conselho Europeu, de 2002 a 2008. É autor de diversos livros, o último “Como formar equipas de elevado desempenho”.

Fonte: GECI da CM Loulé

O Baixo Guadiana recebe, no próximo, dia 21 de outubro, sábado, a V edição do «Triatlo Ibericman», a única prova de longa distância do mundo a unir dois países.

A competição de 216 quilómetros, de dificuldade elevada, integra as modalidades de natação, ciclismo e corrida, colocando à prova os atletas com uma série de percursos que incluem uma extensão ao Alentejo e uma incursão a Espanha.

O circuito de natação tem partida às 7h30, da praia de Monte Gordo, onde os participantes irão percorrer aproximadamente 4 quilómetros no mar.

Com um percurso em linha de 170 km, segue-se o setor de ciclismo, que irá unir as localidades de Monte Gordo e Ayamonte.

Esta viagem pelas margens do Guadiana percorre diversas localidades algarvias como Odeleite e Alcoutim. Já no Alentejo, a competição integra uma passagem por Mértola e Pomarão, onde será feita a travessia da fronteira até Espanha. É na margem oposta do rio que se inicia a descida até Ayamonte, com passagem por Granado e Villablanca.

Após a chegada à Costa Esury, em Ayamonte, os triatletas têm pela frente a prova de maratona, com um percurso de 42,1 quilómetros. O trajeto inclui a travessia da Ponte Internacional do Guadiana, uma passagem por Castro Marim e Vila Real de Santo António, terminando depois na meta instalada no Passeio Marítimo de Monte Gordo.

Este ano, o programa é complementado com uma prova de média distância, que decorrerá apenas em solo português, com partida e chegada a Monte Gordo, que conta com 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida.

Prevê-se que o primeiro atleta a chegar à meta cumpra os 216 quilómetros oito horas depois da partida, ou seja, perto das 15h15. Tendo em consideração a dureza do desafio, a meta estará aberta até às 01h30 do dia 22 de outubro, onde os participantes se converterão em finalistas desta autêntica prova de fogo.

A entrega de troféus será efetuada no dia 22 de outubro, às 12h30, no Hotel Yellow, em Monte Gordo.

O Triatlo «Ibericman» é organizado pelo «Club Deportivo Iberman» e conta com a colaboração da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António e da Federação de Triatlo de Portugal.

A V edição do triatlo longo «Ibericman» faz parte do calendário de provas que pretende transformar os municípios da Eurocidade do Guadiana (Vila Real de Santo António, Castro Marim e Ayamonte) na capital internacional do triatlo.

Para atingir este objetivo, as localidades fronteiriças estão a desenvolver um conjunto regular de competições de média e longa distância, cujos percursos incluem a travessia da fronteira do Guadiana, internacionalizando o triatlo.Triatrlo Ibericman 1Fonte: GCSP do Mun VRSA

Previsão Meteorológica | "on line"

Faro Portugal Ventos Fortes, 20 °C
Condições atuais
Nascer sol: 7:43 am   |   Pôr sol: 6:50 pm
81%     40.2 km/h     34.203 bar
Previsão
QUA. Min: 16 °C Max: 21 °C
QUI. Min: 18 °C Max: 23 °C
SEX. Min: 17 °C Max: 23 °C
SáB. Min: 18 °C Max: 25 °C
DOM. Min: 14 °C Max: 23 °C
SEG. Min: 16 °C Max: 24 °C
TER. Min: 17 °C Max: 23 °C
QUA. Min: 18 °C Max: 23 °C
QUI. Min: 17 °C Max: 23 °C
SEX. Min: 18 °C Max: 23 °C

Parceiros

Mais Kizomba
UF Faro
Gente Gira Algarve
LOGOTIPO_Small
Faro 1540
Pens USB