Banner Alto Página

Notícias

Grid List

A quarta edição do “espetáculo de rua” “Estátuas Vivas no Natal”, promovida pelo Município de Lagoa, e que decorreu no passado fim-de-semana no centro desta cidade, reuniu um total de 14 quadros artísticos idealizados por 16 dos mais relevantes artistas nacionais desta arte urbana, várias vezes premiados em festivais nacionais e internacionais.

Ao longo de dois dias, milhares de visitantes, nacionais e estrangeiros, invadiram a “passadeira vermelha” que delimita o circuito das estátuas humanas, ao longo da Rua 25 de Abril e do Jardim 5 de Outubro. Os quadros permitiram observar abordagens artísticas ligadas à história, música, cartoon, religião, cinema, literatura e natureza.

Esta manifestação artística de imobilidade expressiva tem como objetivo, para além de divulgar e dignificar a criação artística desta arte urbana, o de animar o centro de Lagoa com uma proposta de animação diferenciada na época de natal, procurando um contacto mais próximo com a população.

Fonte: GC do Mun Lagoa(Algarve)EstatuasHumanasEstatuasHumanas2

A 1 de janeiro, a Orquestra Clássica do Sul apresenta dois concertos no Cine-Teatro Louletano, pelas 16h00 e pelas 18h00, dando assim as boas-vindas a 2019. Dada a entusiástica adesão de público a este espetáculo de Ano Novo que já vem sendo habitual no Cine-Teatro, a Orquestra faz novamente, à imagem dos dois últimos anos, duas apresentações musicais de comemoração do advento do novo ano.

Contando com a maestrina convidada Joanna Slusarczyk, espera-se um espetáculo contagiante e pleno de vivacidade e envolvimento do público, à imagem dos dois concertos que a prestigiada Orquestra apresentou em Loulé no primeiro dia de 2018, os quais obtiveram um assinalável sucesso.

Do programa constam os temas As Bodas de Fígaro de W. A. Mozart, Ballet nº 2 de F. Schubert, Danças Húngaras n.º 16 e 7 de J. Brahms, F. Schubert, Valsa Triste de J. Sibelius, entre outros.

O espetáculo dirige-se ao público em geral, terá uma duração máxima de 70 minutos e custará 10 euros sem a aplicação de quaisquer descontos, sendo que têm entrada gratuita, mediante a disponibilidade da sala, os jovens com 18 anos ou que ainda venham a fazer 18 anos no presente ano no âmbito do projeto “És Cultura 18!”.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

O Cine-Teatro Louletano é uma estrutura cultural no domínio das artes performativas da Câmara Municipal de Loulé e está integrado na Rede Azul – Rede de Teatros do Algarve e na Rede 5 Sentidos.

Fonte: GAP da CM LouléOrquestraCSulLoule

 

A solidariedade aquece a consoada dos lares são-brasenses mais vulneráveis. O Município de São Brás de Alportel, em parceria com a Junta de Freguesia de São Brás de Alportel e com a colaboração de entidades locais, está a promover um conjunto de iniciativas no âmbito de mais uma edição do Natal Solidário.

Entre estas iniciativas está integrada a distribuição do Cabaz Solidário da Consolada, composto por um vasto conjunto de alimentos, um contributo essencial para que as famílias mais vulneráveis do concelho possam ter uma ceia de Natal condigna.

Os cabazes da consoada, com produtos alimentares e brinquedos para os mais pequenos estão a ser entregues a perto de 300 famílias do concelho. 

Uma iniciativa conjunta da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, em parceria com o núcleo local da Cáritas Paroquial de São Brás de Alportel e a colaboração do núcleo de São Brás do Exército de Salvação, que torna possível juntar a este cabaz de alimentos a distribuição de presentes a todas as crianças e jovens que integram estas famílias, mediante uma ação dos “Anjinhos de Natal”, mediante a colaboração da ACA, Associação de Ajuda às Crianças Carenciadas do Algarve.

O mesmo espírito e a mesma vontade permitem que o programa do Natal Solidário 2018 conte novamente com o Jantar Solidário de Reis, que terá lugar no próximo dia 11 de janeiro, iniciativa que pretende aquecer os corações dos agregados familiares mais carenciados do município, com a organização de um convívio e de uma refeição condigna e saudável. Uma iniciativa possível com o apoio de muitas entidades e empresas do concelho que todos os anos se unem a esta manifestação solidária.

Fonte: GI da CM SBACabazNatalSBA

A Câmara Municipal de Lagoa ofereceu, no passado dia 14 de dezembro, aos seus 300 trabalhadores e respetivos familiares um Jantar de Natal, no Centro de Congressos do Arade, no Parchal. O presidente do Município, Francisco Martins, aproveitou a ocasião para prestar os seus votos de Natal a todos os presentes e anunciou, entre outras surpresas ao longo da noite, um pacote de medidas que visam a conciliação entre as dimensões profissional, pessoal e familiar da trabalhadora e do trabalhador da autarquia.

Esta valorização profissional e do mérito surge no âmbito do Pacto de Conciliação, integrado no programa nacional “3 em Linha”, subscrito pelo município no passado dia 5 de dezembro, e que colocará sob consulta dos trabalhadores da edilidade medidas como a implementação do teletrabalho, bolsas de natalidade ou de estudo para filhas/os de trabalhadoras/es até aos 19 anos que ingressem no ensino superior com a nota mais elevada, entre outras medidas de apoio ao cuidado de ascendentes e/ou dependentes.

Ao longo da noite, o convívio, no qual participaram 600 pessoas, contou com números de magia, saltimbancos, ginástica acrobática e muitas surpresas/desafios num ambiente informal e descontraído. A associação dos trabalhadores dos Serviços Sociais, Culturais e Desportivos da Câmara Municipal de Lagoa angariou várias lembranças para premiar os aventureiros da noite com o apoio de várias empresas locais e a participação de todos foi fundamental para manter a tombola dos prémios a girar.

O momento serviu ainda para mimar os mais pequenos (filhos e filhas dos trabalhadores e trabalhadoras da autarquia até aos 12 anos de idade) com a tradicional lembrança de Natal, e uma fotografia alusiva à época natalícia.

Este evento foi ainda marcado pela homenagem aos trabalhadores e trabalhadoras que se aposentaram no ano 2018, bem como pela homenagem póstuma àqueles que faleceram no ano corrente e se dedicaram com zelo e dedicação à causa pública.

Nos dias anteriores, o Município distribuiu entre os seus trabalhadores/as os já tradicionais Cabazes de Natal.

Fonte: GC do Mun Lagoa(Algarve)JantarNatalLagoa1

Membros da Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) reuniram ontem com o recém-empossado Secretário de Estado da Energia, João Galamba, para questionar sobre a existência – e pedir acesso – do ofício que confirma a renúncia das petrolíferas Galp e ENI dos contratos para o “furo de Aljezur”. A Plataforma interrogou ainda o Secretário de Estado sobre a estratégia do novo Ministério quanto à transição energética que foi recentemente incluída nas competências do mesmo.

De acordo com informações veiculadas pelos órgãos de comunicação social, a 29 de Outubro, o “Ministério do Ambiente confirmou (...) que o consórcio ENI/Galp apresentou (...) um ofício a solicitar a renúncia do contrato de prospeção, pesquisa, desenvolvimento e produção de petróleo para as áreas denominadas por “Santola”, “Lavagante” e “Gamba””.

A PALP considera imperativo que seja tornado público o ofício mencionado pelos media e cuja existência foi confirmada pelo SE da Energia. A PALP pediu acesso imediato a esta documentação e não terá outra alternativa que não a de formalizar uma queixa junto da Comissão de Acesso a Documentos Administrativos (CADA) caso não se verifique a publicação do documento. Já anteriormente, e logo após a publicação das notícias sobre a desistência, a PALP fez seguir um pedido para a Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) que ainda não foi atendido.

Sobre a razão pela qual os contratos (entretanto objecto de renúncia) ainda figuram no website desta entidade como “em vigor”, foi adiantado que é uma questão de formalidade e que só serão retirados no dia 31 de Janeiro de 2019, data em que expiram os mesmos.

Questionado sobre a intenção da tutela quanto a uma revogação ou a proceder a alterações de fundo ao Decreto-Lei n.º 109/94 – que está na base da constituição dos contratos em vigor –, o responsável confirmou que tal não está nos planos do Governo. A PALP não pode deixar de expressar frustração perante a falta de vontade política de revogar um decreto que pretende "dar um novo impulso às actividades de prospecção e pesquisa de petróleo e, consequentemente, de desenvolvimento e produção” e ainda fornecer "condições de acesso mais favoráveis, simplificando procedimentos administrativos e estabelecendo regras claras ao seu exercício de modo ajustado à realidade e à prática da indústria"2. A PALP lamenta a inércia de um Governo que anunciou publicamente que tem metas concretas para atingir a neutralidade carbónica e que emitiu uma moratória à emissão de novas licenças de pesquisa de petróleo. Colocamos, pois, reservas quanto ao grau de empenho do Governo quanto aos compromissos assumidos internacionalmente, sobretudo quando se tem em conta o recente relatório do Painel Intergovernamental sobre Alterações Climáticas (IPCC) que alerta para a necessidade de mudanças drásticas a nível global nos próximos 10 a 12 anos, de modo a “atenuar os efeitos nefastos do aquecimento global no ambiente, na saúde, biodiversidade, produção de alimentos e condições de vida”. Ainda nesta matéria, foi adiantado que vai ser submetido a discussão alargada, no início de 2019, o Plano Nacional de Energia e Clima que não prevê uma proibição da pesquisa e produção de petróleo. Novamente, a PALP não pode deixar de expressar surpresa quanto à forma como esta omissão pretende articular-se com o compromisso assumido pelo Governo relativamente à neutralidade carbónica até 2050, o que implicará sempre um corte muito acentuado das emissões.

Houve ainda oportunidade para questionar a tutela sobre os contratos “Batalha” e “Pombal”, na Zona Centro, celebrados entre o Estado e a Australis Oil & Gas em 2015, quatro dias antes das eleições legislativas. É importante lembrar que a empresa pretende realizar dois furos em terra, nas localidades de Aljubarrota e Bajouca, já em 2019, e que, à semelhança do que tem acontecido no Algarve, os municípios, as associações e os moradores se têm manifestado fortemente contra. Sobre este assunto, e especificamente sobre os contratos abrirem a possibilidade de haver fracturação hidráulica (i.e., fracking), foi apenas afirmado que o Ministério não atribuirá licenças para esta actividade profundamente lesiva, nada mais tendo sido adiantado.

A PALP mantém-se em tribunal com o processo que requer a suspensão do Título de Utilização do Espaço Marítimo (TUPEM) atribuído às concessionárias. Este processo, que visa directamente o Ministério do Mar e as concessionárias, continua em vigor pelo que todos os donativos são bem-vindos para cobrir os custos legais.

Fonte: PALPPlataformaALP

 

 

A Turma Ap4 da Escola Eb1 de Armação de Pêra foi a vencedora do concurso de postais de Natal promovido pela Câmara Municipal de Silves. A imagem criada pelas crianças faz agora parte do postal que autarquia habitualmente cria nesta quadra, para desejar as boas festas e para acompanhar a mensagem da Presidente da autarquia, Rosa Palma.

Este concurso envolveu todas as escolas EB 1 e Jardins de Infância do concelho, tendo sido realizadas várias dezenas de trabalhos individuais e coletivos.

A edil silvense, dirigindo-se aos munícipes e a todos os algarvios, deseja que «as nossas árvores de Natal de 2018, construídas para abrigar o Menino Jesus no presépio, possam suspender, nos seus ramos, muitos bons desejos, muitas alegrias, mas sobretudo muita determinação, para que o Ano Novo que ai vem seja um ano bom e repleto de conquistas, de progressos, de obras que possam ser úteis e importantes para todos!». Rosa Palma salienta a necessidade de tudo «ser envolvido no papel de embrulho do afeto, pois sem ele nada vale» e, citando o estadista Benjamim Franklin, afirma que «seremos donos de «uma boa consciência», que «é um Natal contínuo» e perpetuaremos a construção de boas memórias, que existirão porque, em conjunto, fomos capazes de fazer crescer a nossa terra, as nossas gentes».

MENSAGEM DA PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SILVES, ROSA PALMA

Nesta altura do ano todos ficamos nostálgicos: olhamos para o tempo que passa e sorrimos, porque o tempo não é nada mais que memórias, memórias felizes ou nem por isso, mas memórias que construímos e que nos constroem, por sua vez. Somos o que vivemos, o que fazemos, somos aquilo que, com o nosso esforço e empenhamento, criamos. Somos parte das pessoas que passam pelas nossas histórias e as histórias que concebemos com elas.

Charles Dickens, o famoso escritor britânico, que imortalizou o espírito natalício no seu famoso A Christmas Carol (Canção de Natal ou Um conto de Natal) dizia que um feliz Natal é aquele «que nos possa levar de volta às ilusões dos dias da nossa infância, recordar ao idoso o prazer da sua juventude, e transportar o viajante de volta à sua própria lareira e ao seu lar tranquilo». E mais: que honrar o Natal em cada coração é manter vivo o seu espírito ao longo de todo o ano.

Por isso, desejo que as nossas árvores de Natal de 2018, construídas para abrigar o Menino Jesus no presépio, possam suspender, nos seus ramos, muitos bons desejos, muitas alegrias, mas sobretudo muita determinação, para que o Ano Novo que ai vem seja um ano bom e repleto de conquistas, de progressos, de obras que possam ser úteis e importantes para todos! E que tudo isto possa ser envolvido no papel de embrulho do afeto, pois sem ele nada vale. E assim, fazendo jus ao que Benjamim Franklin propunha, seremos donos de «uma boa consciência», que «é um Natal contínuo» e perpetuaremos a construção de boas memórias, que existirão porque, em conjunto, fomos capazes de fazer crescer a nossa terra, as nossas gentes.

Feliz Natal com Saúde, Alegria, Paz, Amor, Amigos, Família! Boas Festas!

Rosa Cristina Palma - Presidente da Câmara Municipal de SilvesPostalNatalCMSilves

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 7 dezembro e 13 de dezembro, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 301 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 127 por condução sob o efeito do álcool;
  • 48 por condução sem habilitação legal;
  • 22 por tráfico de estupefacientes;
  • 19 por furto e roubo;
  • 11 por posse ilegal de armas;
  • Seis por violência doméstica;
  • Um por pesca e caça ilegal;
  • Um por ofensas à integridade física;
  • Um por contrafação.
  1. Apreensões:
  • 5 352 doses de cocaína;
  • 3016 doses de heroína;
  • 1 500 doses de haxixe;
  • 86 armas de fogo;
  • 4 armas brancas;
  • 14 000 munições;
  • 233 artigos contrafeitos;
  • 555 quilos de pescado;
  • 3 500 quilos de bivalves;
  • 19 veículos;
  • 10 000 unidades de cigarros contrafeitos;
  • 33 719 euros em numerário.
  1. Trânsito:

Fiscalização: 7 498 infrações detetadas, destacando-se:

  • 2 137 excessos de velocidade;
  • 451 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 337 relacionadas com tacógrafos;
  • 265 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 258 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 242 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 174 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 168 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Fonte: GNR-DCRPGNR Div Com Rel Publicas

A Guarda Nacional Republicana (GNR), na sua área de responsabilidade, durante o período de 14 a 24 de dezembro, realiza a operação "Comércio Seguro", com o objetivo de garantir a segurança dos comerciantes e clientes, fruto do aumento de fluxo de pessoas em espaços e áreas de comércio, que tradicionalmente caracteriza esta época natalícia.

Durante a operação serão empenhados militares das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC), militares da estrutura de Investigação Criminal e militares dos Postos Territoriais, que realizarão ainda ações de sensibilização junto de comerciantes, através da distribuição de folhetos, alertando-os sobre os procedimentos de segurança a adotar, com o intuito de evitar que sejam alvo de ilícitos criminais.

Será ainda reforçado o patrulhamento nas zonas de comércio, com o objetivo de aumentar o sentimento de segurança dos lojistas e clientes, considerando que nesta época existe um aumento significativo de transações monetárias.

Aos comerciantes, a GNR aconselha:

  • Tenha as entradas/saídas do estabelecimento bem iluminadas;
  • Antes de fechar o estabelecimento, verifique se as portas e janelas estão devidamente fechadas;
  • Não tenha grandes quantidades de dinheiro no interior do estabelecimento;
  • Não tenha uma rotina para a realização dos depósitos bancários;
  • Tenha sempre disponível o contacto telefónico da GNR da sua área do estabelecimento;
  • Em caso de assalto mantenha a calma, não reaja, memorize os traços fisionómicos do assaltante, a roupa que o mesmo vestia e a direção de fuga, contactando de imediato a GNR.

Aos compradores/clientes, a GNR aconselha:

  • Evite trazer consigo grandes quantias de dinheiro e objetos de valor;
  • Numa rua movimentada leve a sua mala de mão ou pasta do lado oposto à berma, mantendo-se junto dos edifícios;
  • Evite circular em locais isolados e pouco iluminados;
  • Em caso de um encontrão com alguém, verifique se a carteira, o telemóvel e os restantes objetos de valor continuam consigo.

Fonte: GNR-DCRPGNR ComercioSeguroGNR Div Com Rel Publicas

A Guarda Nacional Republicana, de 5 a 9 de dezembro, realizou uma operação, de âmbito nacional, direcionada para o exercício da atividade de segurança privada e para as medidas de segurança de adoção obrigatória, de forma a detetar situações passíveis de configurar ilícitos criminais ou contraordenacionais.

Esta operação incidiu na fiscalização do pessoal e meios de segurança privada; nas medidas de segurança a adotar impostas por lei; o controlo do cumprimento das proibições e regras de conduta no plano da execução de serviços de segurança privada.

Durante a operação foram empenhados cerca de 700 militares dos Comandos Territoriais, que realizaram 660 ações de fiscalização em recintos desportivos e em estabelecimentos comerciais, nomeadamente em estabelecimentos de restauração ou de bebidas, tendo sido registado:

  • Dois detidos por posse de armas proibidas;
  • 39 contraordenações no âmbito da segurança privada, de onde se destaca:
  • Falta de sistema obrigatório de videovigilância;
  • Falta de aviso da existência de sistema de videovigilância;
  • Sistema videovigilância em funcionamento com hora errada;
  • Incumprimento do dever de conservação das gravações de imagem por um período de 30 dias;
  • Falta de afixação de alvará da empresa de segurança que presta o serviço.

    Fonte: GNR-DCRPGNR Div Com Rel Publicas

 

O apresentador e locutor de rádio Pedro Fernandes é embaixador da iniciativa Quartel Electrão, da Amb3E - gestora da Rede Electrão, e um dos protagonistas do pequeno filme de divulgação da campanha, em que explica que “se tem electrodomésticos que não funcionam, pilhas gastas ou lâmpadas fundidas, leve-os para o quartel de bombeiros da sua área de residência”. No final, lança o desafio: “Seja o herói do dia! Salve o ambiente e vista a farda da sua corporação”.

Com o apoio institucional da Liga dos Bombeiros Portugueses e do Corpo Nacional de Escutas, a Amb3E lançou a 4ª edição do Quartel Electrão, desafiando quartéis a recolherem o maior volume de resíduos em troca de prémios que os ajudam a superar os desafios do dia-a-dia.

A mecânica desta campanha de sensibilização ambiental baseia-se na entrega de todo o tipo de equipamentos eléctricos, pilhas e lâmpadas usadas, nas Corporações de Bombeiros Voluntários aderentes, para que estas acumulem a maior quantidade e recebam prémios. Desde 1 de Dezembro e até 30 de Abril de 2019 poderá entregar os seus equipamentos eléctricos e pilhas usadas no quartel aderente mais próximo.

Prémios para o quartel que recolher o maior volume de resíduos. Aos vencedores, o Electrão vai entregar os seguintes prémios:
 
1º prémio absoluto
Ambulância de Transporte de Doentes
2º prémio absoluto
2.500 € em equipamento
1º prémio Pilhas
2.500 € em equipamento
1º prémio Lâmpadas
2.500 € em equipamento
Prémios per capita
8 cartões pré-pagos de combustível
 
Este ano, o Corpo Nacional de Escutas também se juntou ao Quartel Electrão para levar ainda mais longe a mensagem e ajudar os Bombeiros na sua missão de recolher o máximo de resíduos ao longo do tempo da campanha. Assim, também é possível entregar equipamentos como máquinas de lavar, torradeiras, microondas, computadores, telemóveis ou berbequins em Agrupamentos de Escuteiros para contribuir para esta causa.
Sob o mote #TUDOproQUARTEL, esta campanha pretende sensibilizar a população para a necessidade de reciclar correctamente os equipamentos eléctricos e de pilhas e acumuladores usados, realçando também o papel das Corporações de Bombeiros Voluntários como agente de apoio às comunidades locais.
Ajudar os bombeiros e o ambiente agora é mais fácil! Vamos fazer como o Pedro Fernandes e levar #TUDOproQUARTEL.
 
Sobre a Amb3E:

A Amb3E – Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos, gestora da Rede Electrão, é a entidade gestora de resíduos líder na gestão dos equipamentos elétricos, eletrónicos e pilhas usadas. Criada em 2006, tem hoje 66% de quota de mercado e presta serviços de gestão de resíduos a mais de 1.500 agentes económicos do setor elétrico e eletrónico.

A Rede Electrão, tem cerca de 2.500 locais de recolha destes resíduos em todo o País e, em 12 anos de atividade já recolheu mais de 400.000 toneladas de resíduos. Em 9 de Agosto de 2017 foi-lhe atribuída a sua terceira licença de atividade para gestão de embalagens resíduos de embalagens, permitindo-lhe vir a disponibilizar um serviço integrado na gestão de três fluxos de resíduos: equipamentos elétricos, pilhas e embalagens. A Amb3E arranca o ano de 2018 com 7% de quota de mercado na reciclagem de embalagens.

Fonte: LIFTQuartelEletrao


 

 

Arranca no dia 17 de dezembro, nas farmácias aderentes de todo o país, a campanha solidária “Dê Troco a Quem Precisa”. A iniciativa, que termina no dia 25 de dezembro, é promovida pelo Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, e convida os portugueses a doar o troco das compras ao Fundo Solidário abem:. O montante angariado será integralmente aplicado na aquisição de medicamentos dos beneficiários abrangidos.

“As estatísticas indicam que cerca de um milhão portugueses não consegue comprar os medicamentos que lhes são prescritos. Não podemos ficar indiferentes a esta realidade, que afeta também uma parte considerável da população infantil. Com esta campanha pretendemos ajudar a combater um problema de emergência social: a falta de acesso ao medicamento por insuficiência de rendimentos disponíveis”, adianta Maria de Belém Roseira, coordenadora-geral da Associação Dignitude – entidade dinamizadora do Programa abem:.

O lançamento oficial da campanha decorrerá na Farmácia Carvalho (R. João Pires Correia em Alcabideche), no dia 17 de novembro, às 10h00 e contará com a presença de Maria de Belém Roseira.

O abem: está presente em todos os distritos do país e regiões autónomas e assenta numa rede de parcerias com entidades locais que referenciam ao programa as famílias em risco. Estas pessoas, quando se tornam beneficiárias do abem:, recebem um cartão que passam a usar na farmácia para levantar os medicamentos de que necessitam, sem qualquer custo.

A nível nacional, o programa já apoiou 6.769 beneficiários de 3.503 famílias, dos quais 25% são crianças. Já foram adquiridas, ao abrigo do abem: 161.293 embalagens de medicamentos desde a sua origem, em maio de 2016**.

Sobre a Associação Dignitude:

A Associação Dignitude nasceu no dia 4 de novembro de 2015, em Coimbra, onde está sedeada. É uma instituição particular de solidariedade social que tem por missão o desenvolvimento de programas solidários de grande impacto social, que promovam a qualidade de vida e o bem-estar dos portugueses. O abem: Rede Solidária do Medicamento é o primeiro Programa promovido pela Associação Dignitude.

São Associados Promotores a Cáritas Portuguesa, a Plataforma Saúde em Diálogo, a Associação Portuguesa de Indústria Farmacêutica e a Associação Nacional das Farmácias. Através de protocolos institucionais, juntaram-se ao projeto a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, a União das Misericórdias Portuguesas, a Associação de Farmácias de Portugal e a Associação Nacional de Municípios Portugueses.

São Embaixadores Dignitude: António Ramalho Eanes; Francisco Carvalho Guerra; João Gonçalves da Silveira; João Cordeiro; Maria de Belém Roseira.

Sobre o Programa abem:

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento é um projeto inovador, lançado pela Associação Dignitude. Tem como objetivo permitir o acesso, de forma digna, aos medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir, cobrindo, no receituário, o valor não comparticipado pelo Estado.

O abem: assenta numa rede de parcerias que assegura o circuito solidário do medicamento. Qualquer pessoa em situação de carência pode ser referenciada ao programa pelas entidades locais, que vão desde juntas de freguesia e câmaras municipais, a IPSS e outras instituições da área social. Depois de referenciado, o beneficiário tem acesso ao Cartão abem:, bastando apresentá-lo numa farmácia abem: para poder adquirir os medicamentos comparticipados que lhe forem receitados. A despesa realizada é coberta pelo Fundo Solidário, 100% dedicado à co-comparticipação de medicamentos dentro do Programa, alimentado por uma campanha permanente de fundraising.

A avaliação de Impacto formal do projeto, segundo a metodologia SROI – Social Return on Investment – revela que o programa gerou nos dois primeiros anos um retorno social de 6,9 milhões de euros, mostrando que cada 1 euro investido teve um impacto social valorizado em 7,8 euros.

**Dados referentes ao mês de novembro de 2018

Fonte: LPMAbemDignitude

A Fundação Francisco Manuel dos Santos acaba de actualizar o site Portugal Desigual. Com base na recente publicação dos principais indicadores de desigualdade, pobreza e exclusão social pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o site permite uma leitura actualizada sobre a evolução das condições de vida da população e a identificação dos principais factores de vulnerabilidade social no nosso país.

Graças ao seu formato interactivo, com gráficos acompanhados de textos explicativos da autoria do professor do ISEG, Carlos Farinha Rodrigues, a consulta ao Portugal Desigual permite analisar a realidade portuguesa e compará-la com a situação na Europa.

O QUE MOSTRAM OS NOVOS DADOS?

  • A incidência da pobreza atingiu, em 2017, 17,3% da população total. Assim, mais de cem mil portugueses abandonaram a situação de pobreza no último ano, apesar da linha de pobreza ter subido cerca de 3%.
  • A proporção de crianças e jovens em situação de pobreza diminuiu de forma ainda mais significativa, reduzindo-se a sua taxa de incidência de pobreza de 20,7% para 18,9%, uma descida de 1,8 pontos percentuais (p.p.).
  • A taxa de pobreza das famílias monoparentais e das famílias alargadas com 3 e mais crianças, dois dos grupos sociais mais vulneráveis à situação de pobreza, diminuiu em 4,9 p.p. e 9.8 p.p., respectivamente. Esta evolução registada em 2017 não evita, no entanto, que estes dois grupos continuem a ter das mais altas taxas de incidência da pobreza (28,2% e 31,6%, em 2017).
  • A intensidade da pobreza (que avalia quão pobres são os pobres) desceu de 27,0% para 24,5%.
  • A taxa de privação material severa baixou de 6,9% para 6,0%.
  • O indicador síntese do Eurostat, que aglutina a proporção de famílias em situação de pobreza e de exclusão social, passou de 23,3% para 21,6%.
  • Todos os índices de desigualdade registam uma diminuição: o coeficiente de Gini desceu de 33,5% para 32,6% e o indicador que mede a distância dos rendimentos entre os 20% mais ‘ricos’ e os 20% mais ‘pobres’ diminuiu de 5,7 para 5,3.

Em contraciclo com a evolução dos principais indicadores, observa-se o comportamento dos seguintes indicadores:

  • A taxa de pobreza da população idosa registou um agravamento de 0,7 p.p., fixando-se em 2017 nos 17,7%.  
  • Igualmente no que concerne à situação de pobreza da população desempregada registou-se um ligeiro agravamento. Apesar da população em situação de desemprego ter diminuído, tal como o número de desempregados em situação de pobreza, a taxa de incidência dos desempregados aumentou 0,8 p.p., fixando-se em 45,7%, um dos valores mais elevados e mais preocupantes do conjunto da população.
  • Igualmente no que concerne à situação de pobreza da população desempregada registou-se um ligeiro agravamento. A sua taxa de pobreza foi de 45,7% em 2017, tendose mesmo agravado face à verificada em 2016 (44,8%).
  • A incidência da pobreza entre a população empregada em 2017 reduziu-se ligeiramente face ao ocorrido em 2016, tendo-se fixado nos 9,7%. A permanência de uma proporção tão elevada de ‘working poors’ não pode deixar de reflectir as fragilidades do nosso mercado de trabalho.

Carlos Farinha Rodrigues, faz o balanço global destes números: “É indiscutível que traduzem uma melhoria relevante da condição social do país mas não nos podem fazer esquecer que Portugal continua a ser um dos países com maior pobreza e com maiores níveis de desigualdade na Europa.” Acrescentando que “permanecem em situação de pobreza mais de 1,7 milhões de cidadãos, e que uma parte significativa destes são crianças e jovens. Se alguma lição podemos tirar dos números agora conhecidos é a de que as políticas públicas, e a sociedade no seu conjunto, ainda têm um longo caminho a percorrer para construirmos uma sociedade mais coesa, socialmente mais justa, com menos pobreza e menos desigualdade.”

Fonte: JLMAPortugalDesigual

 

 

 

No âmbito da consulta pública "Voice for the Ocean", a Surfrider Foundation Europe, organização mundial sem fins lucrativos dedicada à proteção e valorização de lagos, rios, oceanos, ondas e do litoral, conseguiu já reunir cerca de 4.500 respostas à consulta pública. De toda a Europa, Portugal foi o segundo a obter mais respostas, revelando a preocupação dos portugueses com o ambiente.

A campanha que teve início em Junho deste ano com questões relacionadas com o oceano identificadas como prioritárias para a agenda política dos futuros deputados europeus eleitos nas próximas eleições parlamentares de 2019, pretende alertar os políticos para que tenham estes resultados em consideração e integrem ações no seu programa de campanha.

As questões ambientais tornam-se permentes na vida dos portugueses. Desde a manifestação do passado sábado sobre a prospeção de petróleo na costa portuguesa, às últimas declarações prestadas pelo Ministro do Ambiente na conferência do clima COP24 que decorreu na Polónia em que sublinhou a dificuldade no consenso sobre financiamentos, urge a tomada de medidas de proteção e valorização do ambiente.

"Temos consciência da importância das questões ambientais e dos vários assuntos que se têm levantado acerca do tema. O próximo ano será crucial para os mares da Europa, uma vez que se esperam várias mudanças ao nível das políticas da UE e a nível internacional, com a eleição e nomeação do novo Parlamento Europeu." comenta Antidia Citores, chefe do Departamento de Lobbies e Campanhas da Surfrider Foundation Europe.

O questionário online que pretende dar voz aos oceanos estará disponível para preenchimento até meados de Janeiro, tendo sido alargado o prazo inicialmente previsto. A organização pretende obter as 5.000 respostas de forma a captar a atenção dos futuros líderes parlamentares. Os resultados serão processados ​​por profissionais, de modo a identificar as principais prioridades apontadas pelos cidadãos e a identificar as medidas que receberam o maior apoio dos cidadãos. Estes resultados, analisados ​​na íntegra, servirão de base para a argumentação apresentada pela Surfrider Foundation Europe aos candidatos europeus. 

Todos os dados obtidos serão mantidos em sigilo pela Surfrider, não sendo em nenhuma circunstância transmitidos a terceiros.

Sobre a Surfrider Europe
A Surfrider Foundation Europe é uma organização ambiental sem fins lucrativos, criada em 1990 em França (Biarritz). Durante a sua existência, adquiriu experiência nas áreas de investigação e ação local, bem como na criação e distribuição de ferramentas educativas. Hoje tornou-se numa rede de 700 voluntários, 10.500 membros e 120.000 apoiantes em aproximadamente quarenta capítulos locais, que estão ativos em nove países europeus. Saiba mais: www.surfrider.eu

Fonte: Canela PROceanoPortugalOceanoPortugal1

 

 

A Guarda Nacional Republicana, no dia 20 de novembro, realizou uma cerimónia de entrega de fardamento doado às forças de segurança de São Tomé e Príncipe.

A cerimónia, onde foram doadas quase 1 500 peças de fardamento para equipar a Polícia Nacional e a Polícia Fiscal e Aduaneira, contou com a presença do Ministro da Defesa e Administração Interna da República Democrática de São Tomé e Príncipe e do Embaixador de Portugal.

A doação efetuada à Polícia Fiscal e Aduaneira surgiu na sequência de uma ação de formação ministrada pela GNR em maio deste ano em São Tomé, sendo o corolário do reforço da cooperação existente entre as duas forças de segurança.

No caso da Polícia Nacional, para além das peças de fardamento foram ainda entregues capacetes para motociclistas.

Na cerimónia, foi destacado o importante contributo de Portugal e, em particular, da Guarda Nacional Republicana, no apoio às forças de segurança Santomenses.

Fonte: GNR-DCRPGNR FardasSTome1GNR Div Com Rel Publicas

A ATA volta a marcar presença numa das mais importantes feiras do sector, a IBTM,a ter lugar em Barcelona, de 27 a 29 de novembro.

Com o objectivo de realizar o maior número de contactos possível com potenciais clientes finais ou influenciadores de decisão, pretende-se desta forma aumentar a visibilidade do destino neste segmento e a captação de eventos para o Algarve

Para mais informações aceder ao website oficial da feira: www.ibtmworld.com

Produto: Meeting Industry
Mercado: Multimercados

Fonte: ATAATA

A Guarda Nacional Republicana (GNR), no âmbito do protocolo de cooperação bilateral estabelecido com a Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL), realizou o 2.º Curso de Missões Internacionais, em Díli.

Este curso, que teve a duração de dois meses e terminou hoje, dia 22 de novembro, teve como objetivo capacitar a PNTL, nomeadamente a sua Unidade Especial de Polícia, para o desempenho de missões, militares ou civis, de gestão internacional de crises.

O Curso de Missões Internacionais é um curso de especialização na área policial, cujo plano curricular abrange diversificadas matérias, transmitindo conhecimentos sobre as Organizações Internacionais e Direitos Humanos, assim como, formação específica policial, destacando-se:

  • Armamento e tiro;
  • Proteção química, biológica e radioativa;
  • Topografia e navegação;
  • Defesa pessoal policial;
  • Técnicas de sobrevivência;
  • Técnicas de transposição de obstáculos;
  • Relacionamento com os Órgãos de Comunicação Social;
  • Escoltas de segurança;
  • Socorrismo em ambientes hostis;
  • Segurança de altas entidades;
  • Restabelecimento e manutenção da ordem pública.

Neste segundo curso participaram 30 formandos, das categorias de oficiais, sargentos e agentes, estando ainda prevista a realização de quatro outros cursos em 2019.

A GNR já formou mais de 1200 agentes, que correspondem a 30% do efetivo total da PNTL, ministrando diversos cursos de formação geral policial e de especialização e qualificação, nas áreas da ordem pública, segurança rodoviária e do direito.

Fonte: GNR-DCRPGNR PNTimorGNR Div Com Rel Publicas

 

A ATA participa nos Workshops a ter lugar nas cidades polacas de Wroclaw e Warsaw, organizados pelo Turismo de Portugal, em colaboração com a Câmara de Comércio Polónia-Portugal, nestas cidades Polacas, de 21 a 22 de novembro.

Nestas iniciativas, a ATA faz-se acompanhar de alguns dos seus associados que irão reunir-se com agentes de viagens, operadores turísticos e jornalistas daquele mercado.

A Polónia, manteve o ritmo de crescimento em relação a 2016, continuado a ser um dos mercados em crescimento para o Algarve. Em 2017 registou um aumento de +13.6% face ao período homólogo, correspondendo a +7.188 hóspedes. Em 2018, até ao mês de Agosto, existe um ligeiro decréscimo de 1,8% YoY. No que se refere ao número de dormidas aumentou +9,9% no mesmo período, correspondendo a +24.877 dormidas em relação a 2017.

Produto: Sol e Mar
Mercado: Polónia

Fonte: ATAATA

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através de militares destacados na ilha de Samos-Grécia, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (FRONTEX), dia 03 de novembro, através de sistemas de visão térmica, detetou 70 migrantes que efetuaram a travessia do mar Egeu.

A equipa terrestre de vigilância marítima da UCC, designada de Thermal Vision Vehicle (TVV), após ter recebido um pedido de apoio, por parte das autoridades gregas, para participar numa operação de busca e resgate, para localizar uma embarcação com 45 migrantes, os militares percorreram a zona de costa, na ilha de Samos, tendo detetado os migrantes já em terra.  

Ainda no decurso do patrulhamento a equipa manteve a vigilância marítima com recurso aos equipamentos de visão térmica, acabando por detetar no mar Egeu, rumo à fronteira da Grécia, uma pequena embarcação insuflável com 25 migrantes a bordo.

A deteção por parte dos militares da GNR possibilitou que os 70 migrantes fossem resgatados em segurança e encaminhados para as autoridades helénicas.

A GNR, nesta missão da FRONTEX, desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas.

Fonte: GNR-DCRPGNR Div Com Rel Publicas

O Técnico da ACD FERRAGUDO Manuel Pedro Noites, foi convidado pela Federação Portuguesa de Basquetebol para integrar os trabalhos da Selecção Nacional de Sub 16 Femininos na qualidade de Treinador Convidado.
Entretanto esta Colectividade ultrapassou esta época e até ao momento, a fasquia dos 200 atletas federados (207), cotando-se como uma das referência do basquetebol na região.
Por sua vez a sua atleta BEATRIZ SANTOS (Campeã Nacional de 1x1) que, desde o início da época, frequenta o Centro de Alto Rendimento no Jamor, foi convocada pela FPB para um estágio de observação com vista à sua integração na Selecção Nacional de Sub 16 Femininos que irá disputar o Campeonato Europeu.
Finalmente a Associação de Basquetebol do Algarve convocou 11 jovens atletas da Colectividade para os trabalhos das várias Selecções Regionais da modalidade.
Trata-se por parte da FPB e da ABA do reconhecimento pela excelência do trabalho desenvolvido nos últimos anos na Colectividade pelos seus Dirigentes e Técnicos em prol da modalidade.
Fonte: ACD Ferragudo
BasqueteManuelNoites
 
 

Depois do sucesso das 7 edições, a cidade de Quarteira volta a estar em destaque no desporto nacional com a realização da 8ª São Silvestre de Quarteira, no próximo dia 28 de dezembro, a partir das 20h30, na Praça do Mar.

Começou em 2011, criada e mantida pelos Quarteira Night Runners (Grupo informal de corrida e caminhada). No início contou com cerca de 50 participantes e agora são mais de 1000 atletas a percorrer as avenidas de Quarteira junto ao mar para queimar as calorias do Natal, numa noite fria de dezembro.

Podemos chamar-lhe "Prova" mas é de cariz popular, dos 8 aos 80 anos de idade e de participação gratuita. Existe controlo de tempos e classificação mas é meramente informativo, serve apenas para os atletas que não estão habituados a participar em provas oficiais poderem participar juntamente com atletas de elite.

Este evento integra a parte de caminhada (5km) e corrida (10km).

Uma das características da São Silvestre de Quarteira é o famoso bolo-rei e o chá quente no final.

Esta prova continua a ser uma organização conjunta dos Quarteira Night Runners, Free Challenge, Junta de Freguesia de Quarteira e apoio da Câmara Municipal de Loulé.

Fonte: GAP da CM LouléQuarteiraSaoSilvestre1QuarteiraSaoSilvestre2

Realizou-se este fim de semana, o Torneio Zonal de Juvenis – Zona Sul, nas Piscinas Municipais de Tomar. Estiveram presentes 8 clubes da Associação de Natação do Algarve (ANALGARVE), com um total de 41 nadadores e com boas prestações.

Os nadadores medalhados foram os seguintes:

* Laura Estevens (CN Olhão): campeã zonal dos 100 e 200m bruços, terceira classificada dos 400m livres e 400m estilos;

* Angelo Nascimento (CN Olhão): vice-campeão zonal dos 200m mariposa;

* José Rodeia (CN Faro): terceiro classificado dos 200m mariposa;

* João Carrasco (Portinado): terceiro classificado nos 200m bruços;

A nadadora Laura Estevens (CN Olhão) ainda fez parte do top5 das melhores performances do Torneio, com 596 pontos, efetuados na prova dos 400m livres, e com o tempo de 4:38.66.

Fonte: ANALGARVENatacaoAlgarve1NatacaoAlgarve

A 11ª edição da Corrida São Silvestre de Santa Luzia será organizada pelo Clube Recreio e Desporto Santaluziense. A prova realiza-se no dia 22 de dezembro de 2018 (sábado) na vila de Santa Luzia, concelho de Tavira.

15h15: concentração na Rua da Terra Estreita - 16h00: início das provas. O inicio da prova seguinte terá lugar após a chegada do último atleta da prova anterior.

As inscrições entre os Escalões Minis e Juvenis são gratuitas, já os Escalões entre Juniores e Veteranos, terão um custo de 2€ porque este ano, a prova terá um caráter solidário, revertendo 1 € de todas as inscrições para a Associação "Centro de Apoio Integrado à Criança - CAIC A GAIVOTA" do Concelho de Tavira, sendo este valor angariado para a ajuda na aquisição de equipamentos necessários à Instituição.

As Inscrições, terão que dar entrada até ao dia 20 de dezembro.SaoSilvestreStaLuzia

 

Faro irá receber, no dia 5 de janeiro, mais uma edição do Grande Prémio dos Reis, prova de importância histórica do atletismo regional, que conta já com 58 edições e que reunirá atletas da modalidade de relevo nacional e internacional.
Associada a este evento realizar-se-á a 4.ª edição da Grande Corrida da Água (com o lema “Beba Água de Faro”), uma competição de caráter lúdico e competitivo para atletas não federados, aberta à população em geral.
A prova, promovida pela Câmara Municipal de Faro, Associação de Atletismo do Algarve e FAGAR E. M. terá partida e chegada no Jardim Manuel Bivar e contará com passagens pela cidade velha, Largo de São Francisco, Praça da Pontinha e Rua de Santo António.

As inscrições para a “Grande Corrida da Água” estão abertas até 3 de janeiro em www.crono.aaalgarve.org.

Mais informações através dos seguintes contactos:
Divisão de Desporto e Juventude da Câmara Municipal de Faro
Telefone: 289 870 843
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Associação de Atletismo do Algarve
Telefone: 289 824 946
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Fonte: Mun de FaroCorridaAguaReisFaro

A Fundação do Desporto promoveu, no dia 16 de novembro do corrente, no Centro de Alto Rendimento de Rio Maior, os eventos de encerramento do projeto INTERNACIONALIZAÇÃO DA REDE NACIONAL DE CAR DE PORTUGAL | HIGH PERFORMANCE SPORTS CENTERS OF PORTUGAL – POCI-02-0752-FEDER-015171.
Tratou-se do momento final que teve por objetivo promover a apropriação do conhecimento e know-how.
Foram promovidos dois eventos:
1. "Sessão de Encerramento Institucional do Projeto" que decorreu no período da manhã do dia 16 e que contou com a presença institucional do Senhor Ministro da Educação, Doutor Tiago Brandão Rodrigues, do Senhor Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Dr. João Paulo Rebelo, com a presença de convidados internacionais, especialistas na gestão de Centros de Alto Rendimento (CAR) e promoção internacional, para validação e avaliação das boas práticas do projeto e ainda com a intervenção de responsáveis dos CAR para a determinação de estratégias futuras para o processo de internacionalização, fortalecendo dessa forma a dinâmica da Rede CAR Nacional, estabelecendo metodologias para a sua dinamização e sustentabilidade no futuro.
2. No período da tarde apresentou-se a promoção da atividade "Sessão Pública de Apresentação dos Resultados", cujo objetivo foi a disseminação e divulgação dos produtos resultantes do projeto.
Esta sessão foi dinamizada por consultores especialistas das empresas consultoras que desenvolveram os serviços adjudicados, os quais apresentaram e fundamentaram os resultados e os respetivos produtos, contribuindo dessa forma para a divulgação da estratégia de internacionalização da rede CAR.
"Esta promoção, esta valorização internacional destas instalações revela-se fundamental para a sua viabilidade económica, mas também para a viabilidade desportiva", referiu Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação.

Tiago Brandão Rodrigues sublinhou a "mais-valia" da promoção internacional para atletas e federações, mas também para a monitorização "do potencial de rentabilização dos CAR" e da "afirmação de Portugal como destino desportivo".
Paulo Frischknecht, Presidente do Conselho de Administração da Fundação do Desporto sublinhou que "O projeto, cuja sessão de encerramento decorreu hoje no CAR de Rio Maior, vai potenciar a promoção dos 14 centros de alto rendimento no país (abrangendo 18 modalidades desportivas) em dez novos mercados internacionais". Saiba Mais

No âmbito dos protocolos de apoio desportivo, a Fundação do Desporto celebrou recentemente acordos de conceção de verbas para apoiar a participação da Seleção Nacional de Surf Adaptado no Campeonato do Mundo da modalidade. Este apoio, concedido à Federação Portuguesa de Surf, destina-se aos 3 atletas em competição e representação de Portugal no mundial, são eles – Camilo Abdula, Nuno Vitorino e Marta Jordão Do Paço.
A Fundação deseja sorte e sucesso aos nossos atletas no Campeonato do Mundo de Surf Adaptado, que decorre de 9 a 17 de dezembro 2018, em San Diego, Califórnia.
Prosseguindo no contexto da inclusão no Desporto, a Fundação aprovou o pedido de financiamento do Comité Paralímpico e da Federação de Desportos de Inverno para a aquisição da primeira cadeira de esqui adaptado, designada à prática desta modalidade desportiva, em Portugal.

Através deste apoio a Fundação do Desporto confere, não só, a oportunidade a pessoas com mobilidade reduzida de praticar esqui adaptado, como o desenvolvimento da modalidade no país.

Fonte: Fundação DesportoCentroAltoRendimento1CentroAltoRendimento2CentroAltoRendimento3

Previsão Meteorológica | "on line"

Faro Portugal Cloudy, 16 °C
Current Conditions
Sunrise: 7:39 am   |   Sunset: 5:17 pm
89%     24.1 km/h     34.507 bar
Forecast
TER. Low: 8 °C High: 16 °C
QUA. Low: 8 °C High: 16 °C
QUI. Low: 8 °C High: 16 °C
SEX. Low: 8 °C High: 16 °C
SáB. Low: 10 °C High: 17 °C
DOM. Low: 10 °C High: 17 °C
SEG. Low: 8 °C High: 17 °C
TER. Low: 10 °C High: 16 °C
QUA. Low: 8 °C High: 16 °C
QUI. Low: 8 °C High: 16 °C

Parceiros

Mais Kizomba
UF Faro
Gente Gira Algarve
LOGOTIPO_Small
Faro 1540
Pens USB