Loulé recebe perto de mil Peregrinos na Pré-Jornada Mundial da Juventude’23

0
880
Loulé-Dias-Diocese-1

De 26 a 31 de julho, Loulé vai receber um momento preliminar da Jornada Mundial da Juventude que acontece em Lisboa, em agosto.

Perto de mil jovens vindos da Polónia, Itália, Alemanha, Eslovénia, Kuwait e França vão estar na cidade algarvia para dias de partilha cultural e espiritual.

A ideia é proporcionar aos 989 jovens peregrinos um primeiro encontro e convívio, antes do grande evento de Lisboa. Para tal, participantes de todo o mundo ficarão integrados nas comunidades paroquiais das várias dioceses do país. Os “Dias na Diocese” são como um caminho de preparação para os peregrinos e para a comunidade anfitriã dos dias da Jornada.

Além de Loulé, no Algarve, a iniciativa “Dias na Diocese”, promovido pelo Comité Organizador Diocesano e que conta com o apoio dos municípios, irá acontecer também em Faro, Portimão e Tavira. 60 países, 2 cardeais, 1 bispo, 140 padres e 70 consagrados são os números apontados pela organização para as quatro cidades.

Durante esses dias, os participantes ficarão a conhecer melhor a região, bem como a Igreja local e as suas especificidades, numa verdadeira experiência de evangelização e missão. Momentos de oração e eucaristias permitirão também reforçar o lado espiritual desta iniciativa.

Em Loulé, o culto mariano da Nossa Senhora da Piedade – Mãe Soberana – será um dos elementos inspiradores para os jovens, até porque a Jornada decorre sob o tema de “Maria, a Mãe e a Mulher”. Daí que uma romaria ao Santuário seja um dos pontos mais relevantes do programa de atividades. Mas há muito mais.

Além do acolhimento por parte de 11 famílias do concelho, os grupos ficarão alojados na Escola EB2,3 Padre João Coelho Cabanita e no Pavilhão Desportivo Municipal Professor Joaquim Vairinhos.

O evento é da responsabilidade da Diocese do Algarve e contará com o apoio da Câmara Municipal de Loulé, de diversas juntas de freguesia, das Escolas EB 2,3 Padre João Coelho Cabanita e Engenheiro Duarte Pacheco, das empresas municipais, assim como da participação de mais de 80 voluntários.

O Município, por seu lado, atribuiu um subsídio de 50 mil euros à Fábrica da Igreja Paroquial de S. Sebastião para apoio a toda a logística do evento e será responsável pela higienização dos espaços e pelo transporte para as atividades da semana.

A receção, a 26, acontece no Santuário. Já no dia 27, os peregrinos participam numa sessão de boas-vindas pelo pároco de Loulé, Carlos Aquino, e pelo presidente da Autarquia, Vítor Aleixo, junto ao Monumento Engº Duarte Pacheco. Este será um dia de descoberta já que os jovens terão a oportunidade de conhecer alguns pontos da cidade, assim como os diversos locais onde decorrerão as eucaristias: Centro Paroquial, Igreja Matriz, Convento do Espírito Santo e Igreja de S. Francisco.

À noite há um encontro de partilha de culturas, junto ao Monumento.

O dia 28 será marcado por ações de voluntariado em diversas instituições de solidariedade social da cidade ou iniciativas de carácter ambiental.

Às 22h00, acontece a procissão para o Santuário da Nossa Senhora da Piedade, num momento em que os jovens irão percorrer o trajeto da Festa da Mãe Soberana, vivenciando um pouco aquela que é a maior manifestação religiosa a Sul de Fátima. A Banda Filarmónica “Artistas de Minerva” acompanhará o percurso e, no final, os peregrinos serão presenteados com um espetáculo de fados, num contacto com uma das maiores expressões da nossa cultura.

Um itinerário cultural, com passagem pelo principal património da cidade como os Banhos Islâmicos, o Mercado ou o Castelo, e a realização de algumas atividades desportivas, são as propostas para a manhã de 29, dia que culminará com um baile de verão (aberto à comunidade), no Monumento Engº Duarte Pacheco.

No domingo, 30 de julho, os 2700 peregrinos que nestes dias estarão na região reúnem-se no Estádio Algarve para participar numa eucaristia conjunta e num concerto com a banda internacional Gen Verde. Uma banda que teve origem em 1966, em Itália, composta por 19 artistas de 14 países, que tem como pontos de força o talento, internacionalidade, riqueza cultural e experimentação artística. Um grupo todo feminino, que quer dar voz às pessoas deste tempo, aos povos e à história da humanidade, rumo à fraternidade. O Gen Verde fez parte do programa oficial da Jornada Mundial da Juventude no Panamá e também já atuou em Loulé.

O dia 31 de julho marca a partida dos grupos de Loulé rumo à Jornada Mundial da Juventude. De 2 a 6 de agosto Lisboa será o palco deste evento que contará com a presença do Papa Francisco. As Jornadas foram um sonho de outro Papa, João Paulo II, e têm em vista reunir jovens de todo o mundo, “num encontro profundo consigo mesmos, norteados pela presença de Jesus Cristo, e sempre acompanhados também pela presença tão significativa na vida cristã que é a da Nossa Senhora”, como explicou o pároco Carlos Aquino.

Os votos deste responsável pela Paróquia de Loulé são de que os jovens partam muito enriquecidos com as dimensões culturais que a cidade oferece, mas que possam sobretudo fazer uma “experiência eclesial, bonita, de humanidade, até porque este é um encontro religioso, profundamente evangelizador”.

“Do ponto de vista espiritual, que sintam a presença de Maria e o exemplo dela como discípula!”, exortou Carlos Aquino. E nada melhor do que Loulé para este “encontro” até porque esta cidade é o “centro da peregrinação no Algarve”.

Já o autarca Vítor Aleixo mantém a confiança neste desafio organizativo uma vez que o Município tem uma “máquina oleada” em termos da realização de outros eventos desportivos e culturais.

“Vamos receber com muita alegria, carinho e amor estes jovens que nos visitam de vários pontos do mundo. Vai ser um momento muito positivo para eles como pessoas, vão conhecer o que é a Igreja Católica na sua organização local e vão ter também uma oportunidade única de conhecer a nossa cultura, os nossos hábitos, a forma como recebemos. Queremos que seja um momento que eles levem pela sua vida fora e que partam com a vontade de regressar e de nos conhecer ainda melhor”, sublinhou.

CM Loulé

Loulé-Dias-Diocese