Reabriu Ex-Libris do Museu Municipal de Faro

0
208
mosaico
No passado Sábado dia 12 de Abril reabriu finalmente a sala do mosaico romano do Deus Oceano, após o encerramento para obras de remodelação desde Agosto do ano passado.

Esta peça extraordinária que expressa bem o poder económico e comercial da cidade de Ossónoba nos séculos II e III surge agora numa sala renovada, não só no seu aspeto visual, mas também nos seus conteúdos informativos, no conjunto de peças arqueológicas antes guardadas e também na acessibilidade ao público. Recorde-se que, neste mosaico de generosas dimensões, o Deus Oceano é representado em tom majestoso e com motivos marinhos. A restante decoração, preenchida por temas geométricos e vegetalistas, bem como a legenda dos patrocinadores que financiaram esta obra, oferece múltiplas leituras e uma aproximação ao que era a Ossónoba naquele passado longínquo.

A reabertura foi marcada pela atuação do guitarrista João Cuña, pela apresentação da peça teatral “Por uma questão de vírgulas”, protagonizada pelo Grupo DoisUniversidade do Algarve e pela visita guiada à exposição pelo comissário científico João Pedro Bernardes, docente na Universidade do Algarve, finalizando-se o programa cultural com um porto de honra apoiado pela Direção Regional da Cultura do Algarve.

mosaico

Em representação dos mecenas que tiveram um papel decisivo na concretização deste projeto assinala-se a presença do presidente do conselho de administração da Fundação Millennium BCP, Fernando Nogueira, do diretor comercial de Faro da Delta Cafés, Teófilo Dinis, do diretor comercial da Metalofarense, Manuel Salvador e do presidente do conselho de administração da Arga Tintas, André Vieira de Castro. Acrescenta-se que a reestruturação da sala contou também com o apoio do Consulado de Angola em Faro.

Fonte: CMF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui